MENU

10 de fevereiro de 2020 - 16:43Asian Le Mans Series

Asian Le Mans Series: inédita corrida noturna com 23 carros na Malásia

RIO DE JANEIRO – Sábado de manhã veloz aqui no blog: a partir de 5h30 de Brasília, será disputada a 3ª etapa do Asian Le Mans Series na temporada 2019/20. Pela primeira vez na história, uma corrida da categoria terá desfecho noturno.

As 4h de Sepang infelizmente não terão o mesmo plantel das duas primeiras provas do campeonato na China e Austrália. Alguns forfaits fazem o plantel cair para um total de 23 bólidos esperados para a pista da Malásia – sendo nove LMP2, oito LMP3 e seis GTs.

Aliás, para a RLR MSport, o campeonato acaba antes do previsto. Destruído pelo fogo em Tailem Bend, o Oreca 05 do time britânico não será recuperado para as provas finais, que serão disputadas num espaço inferior a dez dias.

Também a ARC Bratislava, por problemas extrapista, não leva seu protótipo à Malásia, o que deixa a LMP2-AM apenas com a Rick Ware Racing contra os demais sete protótipos com motor Gibson V8 – incluindo a K2 Uchino Racing, de volta após a ausência forçada na Austrália por doença do titular Haruki Kurosawa.

A epidemia do Coronavírus que se alastra na China também foi responsável direta pela ausência das duas BMW M6 da Astro Veloce Motorsport e também do carro do FIST Team AAI. Só pôde se deslocar para a Malásia quem não é daquela região.

A organização do AsLMS está igualmente monitorando a grave situação pela qual o país vizinho vem passando e Cyrille Taesch-Wahlen garantiu que as duas corridas de Sepang e Buriram, esta fechando o certame dia 23, estão asseguradas.

Apesar das ausências forçadas, o plantel tem novidades. Uma delas é a adição de um segundo protótipo LMP3 via Graff para o finlandês Rory Penttinen e Matthias Kaiser, que vem do principado do Liechtenstein.

A Eurasia levou Shane Van Gisbergen para Tailem Bend, mas desta vez é Masataka Yanagida que estará no #1 junto a Daniel Gaunt e Nick Cassidy.

Outras novidades são o anúncio de Dan Wells/Phillip Kadoorie como dupla do #14 da Inter Europol Competition e a vinda de Takashi Kogure no #88 da JLOC no lugar de André Couto.

Após as duas primeiras provas, James French/Roman Rusinov/Leonard Hoogenboom somam duas vitórias e 50 pontos na classificação, dando a liderança à equipe G-Drive with Algarve Pro Racing na principal divisão do Asian Le Mans Series; na LMP2-AM, tudo indica que Cody Ware e a equipe da Nascar Rick Ware Racing conseguirão a vaga direta para as 24h de Le Mans deste ano.

Na LMP3, Colin Noble/Tony Wells lideram a classificação apenas um ponto à frente de Martin Hippe/Nigel Moore, numa bela batalha pelo título entre as tripulações da Nielsen e da Inter Europol Competition.

E entre os pilotos de Grã-Turismo, a disputa nas principais posições é muito equilibrada. Takeshi Kimura/Kei Cozzolino lideram com a CarGuy Racing, mas as tripulações de D’Station Racing, HubAuto Corsa (do brasileiro Marcos Gomes) e Spirit of Race (de Oswaldo Negri) estão na briga. São apenas oito pontos separando os quatro primeiros colocados.

 

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *