MENU

14 de fevereiro de 2020 - 12:25Fórmula 1

W11

RIO DE JANEIRO (Sextou, com Fórmula 1!) – O alvo preferencial da Fórmula 1 está desvendado. Foi apresentado hoje o W11, novo monoposto da Mercedes-Benz para a temporada 2020 que se inicia com o GP da Austrália, em Melbourne.

Convenhamos: se em time que está ganhando não se mexe, para que trazer à luz um carro com novidades, já que o regulamento muda de forma significativa para o ano que vem? Não vale investir rios de dinheiro em um projeto diferente.

O W11 é, à luz do que já se viu com o RB16 da Red Bull (com sutis diferenças), um carro com semelhanças e evoluções em relação ao modelo do ano passado. É no que os alemães confiam para dominar mais uma vez como têm feito nos últimos anos, para dar a Lewis Hamilton a chance de um histórico sétimo título mundial.

O atual campeão volta a ter Valtteri Bottas como fiel escudeiro e a novidade foi a ascensão de Stoffel Vandoorne – que defende a marca no ABB FIA Fórmula E – ao posto de piloto reserva, eventualmente dando ao belga a chance de participar de alguns testes intertemporada com a Flecha de Prata.

Mais detalhes, no GRANDE PRÊMIO.

Compartilhar

2 comentários

  1. Diego disse:

    Vandoorne deixou em segundo plano o Russell? Mudou algo na hierarquia de pilotos que um dia podem ir pra Mercedes?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *