Destino: Japão

D

RIO DE JANEIRO – Reserva de Red Bull e Alpha Tauri na Fórmula 1 este ano – se houver campeonato, claro – Sérgio Sette Câmara tem destino traçado para a temporada. 

O piloto brasileiro foi anunciado pela equipe B-Max Motopark para a disputa da Super Formula, o mais competitivo campeonato de monopostos da Ásia. 

Ele correrá por uma escuderia que conhece bem: a Motopark é do alemão Timo Rumpfkeil, com quem o piloto trabalhou na época de Fórmula 3 europeia e também na épica edição de 2-2017 do GP de Macau, quando protagonizou o histórico acidente com Ferdinand Habsburg, na última curva da última volta.

Sérgio ocupará a vaga que anteriormente estava destinada a outro brasileiro: Pietro Fittipaldi desistiu sob a alegação de “interesses conflitantes de patrocinadores”. E ao contrário do que o blogueiro aqui imaginava, a influência da Red Bull no encaixe do piloto de 21 anos na vaga aberta foi zero. Nenhum. Tanto que o bólido #50 que terá motor Honda está pintado nas cores da Youse.

As duas primeiras etapas da temporada 2020 foram adiadas. Em princípio, o primeiro evento será em Autopolis, na região de Oita, nos dias 16 e 17 de maio. Mas o Covid-19 pode mudar tudo. Menos a pré-temporada: foram realizadas sessões de testes no circuito Fuji Speedway, nas quais Ryo Hirakawa foi o mais rápido com a marca de 1”20″677.

Sette Câmara fez o 16º tempo entre 20 pilotos numa sessão e foi o penúltimo na outra. O campeonato deste ano teria 21 carros, mas a Real Racing desistiu e a lista está fechada com duas dezenas de nomes. O brasileiro é um dos estreantes junto a Charles Milesi, Tatiana Calderón, o franco-argentino Sacha Fenestraz, o estoniano Jüri Vips e o local Toshiki Oyu, que entra na vaga de Álex Palou na TCS Nakajima Racing.

 

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

5 Comentários

  • Segundo o matemático Oswald de Souza, existia 0,5% de possibilidade dos pilotos da Red Bull e da Alpha Tauri terem diarreia brava ou infecção intestinal, possibilitando assim a estréia do Sérgio Sette Câmara.

    Após a chegada do Coronavírus, o matemático refez seus cálculos, e agora essa possibilidade caiu para 0,0%.

    • Jeferson, vc é o tipico brasileiro. Piadista e sempre menosprezando os outros. Se o cara foi contratado para ser piloto de reserva, é por que algum valor deve ter, se não a Red Bull ia gastar dinheiro com outro piloto.

      Mania de torcedor tem de sempre achar que para o cara sentar num F1 tem que ser no mínimo igual ao Senna, caso contrário não presta.

      Por isso que vivemos nessa merda…

      • Marcos, lamento informar que você não entende nada de F-1.Sergio Sette Câmara é MUITO talentoso, um grande piloto. O que eu disse é apenas a verdade: se um dos 4 pilotos não tiver um problema, ele NUNCA pilotará esse ano na F-1.Só lembrando: ele ainda é um piloto reserva.

        Quem está comparando o Sergio S. Câmara com o Senna, é você! Eu não escrevi nada sobre isso.

      • Nunca pensei em trabalhar como humorista, mas isso seria bem complicado.Minhas piadas seriam muito inteligentes, e você não tem capacidade intelectual para compreender.

        Há um outro problema.O presidente da República Federativa do Brasil é humorista e praticamente destruiu essa profissão. Os humoristas veteranos, já estabelecidos na mídia, não conseguem concorrer com o excesso da palhaçada bolsonariana. É muito difícil para alguém fora do meio iniciar uma carreira no humor em 2020.

Por Rodrigo Mattar

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames