24h de Le Mans 2020: oito brasileiros confirmados e poucas vagas em aberto

2

RIO DE JANEIRO (Como queria voltar lá!) – Faltam agora 30 dias para a largada da 88ª edição das 24h de Le Mans, penúltima etapa da temporada 2019/20 do Campeonato Mundial de Endurance, o FIA WEC.

Adiada para o próximo mês por conta da Pandemia do Covid-19 – é a primeira mudança de data em mais de meio século – e disputada pela primeira vez em sua longa história quase centenária sem a presença de público, a lendária competição em La Sarthe pouco a pouco vai nos trazendo um panorama bem definido da lista de inscritos.

Como vocês já sabem, após vários forfaits anunciados o plantel será de 60 carros. Serão apenas seis protótipos LMP1, oito LMGTE-PRO e um mar de inscritos das divisões Pro-Am, contabilizando 24 LMP2 e 22 LMGTE-AM. Desse total, 29 vão competir pelos pontos em dobro auferidos aos participantes do Mundial de Endurance.

O total de 180 participantes distribuídos nos carros confirmados é preenchido pouco a pouco e as vagas restantes são mínimas. Para ser mais exato, faltam somente 19 nomes a serem anunciados dentre as escuderias com lugares disponíveis.

E nessa semana, foi confirmada a participação de um oitavo brasileiro: Oswaldo Negri, aos 56 anos, vai disputar sua segunda edição das 24h de Le Mans após a estreia com um protótipo Ligier JS P2 HPD alinhado pela Mike Shank Racing em 2016. Negri estará no carro #61 da Luzich Racing, equipe anglo-suíça que terá uma Ferrari 488 GTE EVO na divisão LMGTE-AM junto ao veloz francês Côme Ledogar e ao diletante Francesco Piovanetti, que alinha com bandeira de Porto Rico.

Seriam nove, na verdade e o país teria seu número recorde em participantes confirmados, já que João Paulo de Oliveira teve de declinar o convite da ByKolles para se juntar a Tom Dillmann e Bruno Spengler na pilotagem do carro #4 do time austríaco. João Paulo não poderia mais voltar ao Japão se saísse para fazer as provas pela equipe que o convidou, uma vez que o governo nipônico impõs sérias restrições a estrangeiros – tanto aos que vêm de outros países quanto aos que moram lá – por conta da Pandemia.

Outro bom nome que não poderá disputar as 24h de Le Mans será o de Nick Cassidy, que teve de declinar o convite em nome de seu xará Foster, que é australiano. Outro piloto da Oceania, Shane Van Gisbergen, também terá de ficar de fora da competição para a qual fora convidado, pela Eurasia Motorsport.

Se minhas contas não falham no momento, o total de estreantes confirmados é de 31. Entre eles, está Marcos Gomes, que disputará a prova com a equipe oriental HubAuto Corsa, de Taiwan. Os parceiros do filho de Paulo Gomes serão Morris Chen, também novato no evento e Tom Blomqvist.

Ao todo, são 29 países com pelo menos um piloto garantido nas 24h de Le Mans 2020. A Grã-Bretanha lidera o ranking com 31 nomes, seguida por França (28), Itália (15), EUA e Suíça (10) e Brasil (8).

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

1 Comentário

  • Depois de um ano tão complicado (pra todos) o WEC vai chegando ao final de um ciclo por baixo, pelo menos na sua classe principal , um campeonato bem meladão(!) devido a alguns exageros que talvez fossem necessários para equalizar os carros , Ainda não me acostumei a este recurso em uma categoria top .
    Vou torcer pelo Bykolles!…..

Por Rodrigo Mattar

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames