GT Open: abertura do campeonato com 18 carros em Budapeste

G
O melhor tempo da sexta-feira em Budapeste foi da Mercedes da HTP-Winward Motorsport com Markus Sattler e Nico Bastian liderando o combinado dos treinos

RIO DE JANEIRO – Também fortemente afetado pela Pandemia, o International GT Open abre o campeonato de 2020 com 18 carros em seu plantel de inscritos para a rodada dupla do Hungaroring. Com muitas mudanças de planos das equipes que disputaram a série ano passado, o grid deu uma ligeira esvaziada.

Desse plantel que foi à Budapeste, capital da Hungria, um dos muitos países da extinta Cortina de Ferro, sete são inscritos da classe Pro-Am e seis da Am, somente dos gentleman drivers. Os demais são da categoria mais forte da competição, que nessa abertura tem 12 equipes no total, com sete marcas representadas – Aston Martin, Bentley, Ferrari, Lamborghini, McLaren, Mercedes-AMG e Porsche.

Mais uma vez a dupla formada por Allam Khodair/Marcelo Hahn está na disputa: os pilotos brasileiros vão de McLaren 720S GT3 em nova parceria com a Teo Martin Motorsport, que desta vez enxugou o esquema para dois carros. O segundo será partilhado por Henrique Chaves e Miguel Ramos, de Portugal – o time espanhol é uma autêntica conexão luso-brasileira, ora pois.

Nesta sexta-feira, a dupla que estabeleceu a melhor marca veio da HTP-Winward Motorsport: Nico Bastian e Markus Sattler fecharam o dia em 1’42″587, 0″118 melhor que a Ferrari da equipe AF Corse/APM Monaco alinhada para Vincent Abril e Louis Prette. Fabian Schiller e o seu companheiro “Max” (pseudônimo, obviamente) ficaram com o terceiro lugar no combinado do dia.

Khodair e Hahn registraram 1’43″144, que lhes deu o 5º posto – no segundo treino, os brasileiros ficaram em segundo lugar, atrás do Aston Martin de Salih Yoluç/Charlie Eastwood, pilotos do WEC e da equipe TF Sport, com Aston Martin.

A primeira prova do campeonato de 2020 terá transmissão pelo canal oficial do YouTube da categoria e replicada ao vivo aqui no blog por volta de 9h da manhã deste sábado.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames