24h de Le Mans: Team LNT desiste e grid baixa – de novo – para 59 carros

2

RIO DE JANEIRO – A edição 2020 das 24h de Le Mans é definitivamente uma das mais estranhas, confusas e complicadas de todos os tempos. Não obstante o adiamento, os tempos de Pandemia e Covid-19 (com os casos tendo uma nova onda na Europa) e uma prova de forma inédita sem a presença de público, um sem-número de forfaits marca a 88ª prova da história do circuito de La Sarthe.

Já com o evento sendo montado no autódromo, chegou a confirmação de que o Team LNT não vai levar o único Ginetta G60-LT-P1 previsto para a corrida, desfalcando o já magro grid da LMP1. Com isso, as 24h de Le Mans chegam ao total de doze desistências de carros da lista oficial de entradas e até de suplentes posteriormente alocados e que acabaram roendo a corda. E o total de carros – antes 62, posteriormente 60 – baixando para 59 – voltando para 60, ficará mesmo em 59.

“O Team LNT com seu Ginetta G60-LT-P1-AER não disputará as 24 horas de Le Mans em 2020″, informou o comunicado oficial.

“Os novos casos de Covid na França estão em seu nível mais alto desde o início da Pandemia e com as regras de quarentena mais recentes em vigor ao retornar, como uma equipe baseada na fábrica, isso significará um fechamento mínimo de 4 semanas da unidade de produção, com um efeito indireto nos principais campeonatos da marca na Grã-Bretanha”, prossegue a nota.

“Isso, juntamente com o calendário significativamente alterado do FIA WEC, significou que, após uma consideração cuidadosa, foi tomada a decisão de que o G60-LT-P1-AER não disputará as 24 horas de Le Mans deste ano. Em vez disso, a fábrica se concentrará em testar e refinar os carros em preparação para a temporada 2020/2021.”
Sendo assim, o plantel de pilotos vencedores da prova francesa na geral, que já não era dos maiores, contará apenas com Romain Dumas, Nick Tandy, Sébastien Buemi, Brendon Hartley e Kazuki Nakajima, já que Guy Smith não disputará a prova novamente. Nem ele e nem Chris Dyson e Mike Simpson, é óbvio.
Há informações que a lista divulgada nesta sexta-feira ainda pode sofrer mais alterações no que concerne a pilotos. Pela relação da LMGTE-AM, foi confirmado o holandês Max Van Splunteren no carro #78 da Proton Competition junto a Michele Beretta e Horst Felbermayr, Jr. – além de uma troca: Hugo de Sadeleer não estará no #99 da Dempsey Racing-Proton, sendo trocado pelo francês Julien Piguet.
Também a participação de Bénoît e Bruno Frétin no Porsche #89 do Team Project 1 segue incerta junto a “Steve Brooks”. Em princípio, formariam um trio de franceses, mas os Frétin chegaram a confirmar que estariam fora. Fontes confiáveis asseguram que, até primeira ordem, pode haver mais alterações de última hora no plantel de inscritos.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

2 Comentários

  • Que decepção , o Ginetta LMP1 era uma das raríssimas atrações da corrida, não pela expectativa , mas pelo fata de dar ares diferente ao magro grid da categoria top , triste. Sinal vermelho , a meu ver , esse pessoal deveria se reunir e jogar as cartas na mesa ,acho que todos devem dar dois passos pra trás e pensar na sobrevivência dos times . A coisa ta feia pra WEC.

Por Rodrigo Mattar

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames