24h de Spa: 56 carros confirmados

2
Muita chuva durante as 24h de Spa ano passado: a disputa foi atrapalhada pelo mau tempo ano passado e o circuito da Bélgica é sempre ameaçado pelas intempéries na Floresta das Ardenas (Foto: Jules Benchou/SRO)

RIO DE JANEIRO – A edição 2020 das 24h de Spa-Francorchamps foi, como a grande maioria das competições esportivas, afetada seriamente pela Pandemia do Covid-19. Adiada em três meses, a 3ª etapa do GT World Challenge Endurance e do Intercontinental GT Challenge não terá o mesmo grid do ano passado, com incríveis 72 carros na lista de entradas.

Mas o total para este ano não é ruim. São poucas as provas de grande vulto no Endurance que, nos dias de hoje, conseguem ter o plantel que o evento no circuito belga terá. Ainda mais reunir grande quantidade de construtores: são dez marcas envolvidas e um total de 56 carros, divididos nas classes Overall, Pro-Am, Silver Cup e Am Cup.

A Pro-Am reúne 14 dos carros inscritos e a Am Cup, três. E dez dos bólidos são da Silver Cup. Desse total geral, 39 – número recorde, inclusive – são concorrentes que disputam os pontos do IGTC entre os carros e equipes indicadas para representar os fabricantes envolvidos nessa disputa, onde a líder é a BMW com um ponto de vantagem sobre a Mercedes-AMG (43 a 42).

Começamos então pelas equipes que representam os construtores envolvidos no IGTC: a Bentley, 4ª colocada entre os fabricantes, terá cinco Continental GT3 distribuídos por suas equipes, a K-PAX Racing, operada pela Flying Lizard Motorsports, a britânica Team Parker Racing e a CMR, a cargo da francesa Chab Evolution.

O brasileiro Rodrigo Baptista esta´ra no carro #9 da K-PAX junto a Álvaro Parente e Andy Soucek, enquanto o trio que disputou a última etapa, as 8h de Indianápolis – Jordan Pepper/Maxime Soulet/Jules Gounon guia o #3.

Pelo carro #11 do Team Parker, da Silver Cup, estarão Frank Bird/Euan McKay/Nikolaj Kjaegäard. Já a CMR aposta em Seb Morris/Pierre-Alexandre Jean/Nelson Panciatici num de seus carros e o outro, inscrito na subclasse Pro-Am, terá Petru Umbrarescu/Romano Ricci/Stéphane Lemeret/Stéphane Tribaudini.

A Mercedes-AMG terá carros a representando via Haupt Racing Team (HRT), CrowdStrike by SPS Automotive Performance, HTP Motorsport e Team AKKA-ASP, sendo o #4 da equipe de Hubert Haupt e o #88 do time de Jerôme Policand com a chancela de fábrica.

No #4 estarão Maro Engel/Luca Stolz/Vincent Abril e o #88 é o trio que terá o brasileiro Felipe Fraga junto a Raffaele Marciello e ao russo Timur Boguslavskiy. A HRT tem uma inscrição Silver Cup para o piloto-proprietário Hubert Haupt junto a Sergey Afanasiev, Gabriele Piana e Michele Beretta.

Os estadunidenses George Kurtz e Colin Braun juntam-se a Valentin Pierburg e Dominik Baumann na inscrição em que a SPS Automotive Performance entra na disputa em associação com a CrowdStrike Racing, que disputou o GT World Challenge America.

O #84 da HTP Motorsport (Silver Cup) alinhará Phillip Ellis/Russell Ward/Indy Dontje, enquanto o Team AKKA-ASP inscreve Alex Fontana/Benjamin Hites/Lucas Légeret no #89, também Silver Cup e competindo pelos pontos do IGTC para a marca da estrela de três pontas.

Líder da competição, a BMW terá apenas três carros nas 24h de Spa: dois via Walkenhorst Motorsport, vencedora em Indianápolis e um da Boutsen Ginion Racing. Esta última, com um carro Pro-Am, terá na pilotagem Gilles Vannelet, Karim Ojjeh, Benjamin Lessennes e o piloto de fábrica Jens Klingmann.

À exceção de Phillip Eng, o #34 da Walkenhorst Motorsport terá Augusto Farfus e Nicky Catsburg, dois dos vencedores da 2ª etapa do IGTC. No #35 o trio é o mesmo da corrida ianque, formado por David Pittard/Nick Yelloly/Martin Tomczyk.

A trinca vencedora via GPX Racing ano passado, formada por Michael Christensen/Kévin Estre/Richard Lietz defenderá desta vez a KCMG na disputa das 24h de Spa

Atual vencedora da prova belga, a Porsche vem com o que possui de melhor entre suas equipes clientes. A marca de Stuttgart estará na disputa do IGTC com seis carros: o #12 da GPX Racing, igualmente a equipe defensora do título, conta com Matt Campbell/Patrick Pilet/Mathieu Jaminet em suas fileiras. No #22 da Frikadelli Racing Team, um trio de respeito, formado pelo atual campeão de pilotos Dennis Olsen, o veterano Timo Bernhard e o francês Fred Makowiecki.

O #47 da KCMG apresenta o trio formado por Michael Christensen/Kévin Estre/Richard Lietz – vencedor, aliás e a propósito, da edição anterior da disputa. Já a Dinamic Motorsport tem uma inscrição Silver Cup correndo pelos pontos com Cédric Sbirazzuoli/Andrea Rizzoli/Mikkel Pedersen/Adrien De Leener.

A ROWE Racing, recém-campeã das 24h de Nürburgring, contará com ninguém menos que dois campeões das 24h de Le Mans em suas fileiras: Nick Tandy e Earl Bamber terão a companhia do belga Laurens Vanthoor. E, por último, a Herberth Motorsport coloca seu carro Pro-Am com Alfred e Robert Renauer, mais Ralf Böhn e Daniel Allemann, inscrito com o dorsal #991.

Ausente nas 8h de Indianápolis, a Lamborghini vem representada por seis de suas inscrições de times clientes da marca de Sant’Agata. Feito a Emil Frey Racing, que leva o #14 com Ricardo Feller/Norbert Siedler/Mikaël Grenier e o #163 de Albert Costa Balboa/Giacomo Altoé/Franck Perera, além do #19 Pro-Am da Orange 1 by FFF Racing Team, que só falta conhecer o quarto piloto. Os demais são Phil Keen, Hiroshi Hamaguchi e Raffaele Gianmaria.

Já o #63 da Orange 1 by FFF vai com Dennis Lind/Marco Mapelli/Andrea Caldarelli, enquanto a Barwell Motorsports confirma no Pro-Am #77 a tripulação formada por Rob e Ricky Collard, mais Leonid Machitski e Sandy Mitchell, além do #78 Silver Cup de Patrick Kujala/Alex MacDowall/Frederik Schandorff.

Outro fabricante com seis inscritos por pontos no IGTC é a Audi, via Saintèloc, Team WRT e Attempto Racing. Cada uma com carros sob a chancela Audi Sport Team e começando com o #25 da Saintèloc entregue a Markus Winkelhock/Christopher Haase/Nico Müller.

O time de Yves Weerts e Vincent Vosse tem carros inscritos para Christopher Mies/Dries Vanthoor/Robin Frinjs, René Rast/Kelvin Van der Linde/Mirko Bortolotti e Rik Breukers/Stuart Hall/Benjamin Goethe – este na classe Silver Cup e alinhado em associação com a Rofgo, de Ronald Goethe.

A Attempto tem em seu carro com assistência direta de fábrica a tripulação formada por Mattia Drudi/Fréderic Vervisch/Patric Niederhauser, enquanto o outro R8 LMS GT3 dos quatrargólicos estará com Alex Aka/Nicklas Schöll/Finlay Hutchison/Kim-Luis Schramm.

Seis Ferrari 488 GT3 vão para a batalha pela competição de construtores, divididas por cinco equipes. A HubAuto Racing conta com o concurso do brasileiro Marcos Gomes para andar junto a Tom Blomqvist e ninguém menos que Kamui Kobayashi no carro #27.

Amato Ferrari terá sua equipe com o #51 de Ale Pier Guidi/Nicklas Nielsen/James Calado, enquanto o #52 da classe Pro-Am vai com o tricampeão da Stock Car Daniel Serra junto a Andrea Bertolini, ao holandês Niek Hommerson e ao belga Louis Machiels.

Na SMP Racing a tripulação é formada por Sergey Sirotkin/Miguel Molina/Davide Rigon, enquanto Jonathan Hui/Chris Froggatt/Eddie Cheever III/Giancarlo Fisichella representarão a escuderia Sky-Tempesta Racing. O único carro da Rinaldi vai com Pierre Ehret/Rino Mastronardi/David Perel/Daniel Keillwitz, alinhado na Pro-Am.

A última das sete marcas que competem pelos pontos no IGTC é a Honda, com um solitário NSX GT3-EVO para Renger Van der Zande/Mario Farnbacher/Dane Cameron.

Com a saída da R-Motorsport, que disputou as 12h de Bathurst, das pistas em 2020, a Garage 59 sobrou como a solitária representante da Aston Martin nas 24h de Spa, com dois carros. A Lexus será representada apenas pela Tech 1 Racing e a McLaren, pela Optimum Motorsport.

Os demais 13 carros da lista de entradas são de KCMG (Porsche #21), Saintèloc Racing (Audi #26), Belgian Audi Club Team WRT (Audi #32), GPX Racing (Porsche #40), Dinamic Motorsport (Porsche #54), RAM Racing (Mercedes-AMG #74), Team AKKA-ASP (Mercedes-AMG #87), Madpanda Motorsport (Mercedes-AMG #90), ROWE Racing (Porsche #99), JP Motorsport (Mercedes-AMG #111), Raton Racing (Lamborghini Huracán #129), Orange 1 by FFF Racing Team (Lamborghini Huracán #555) e Herberth Motorsport (Porsche #918).

Foi defindo também que o evento que será nos próximos dias 24 e 25 será a portas fechadas, ou seja, sem presença nenhuma de público e que a disputa, que larga 15h30 locais no sábado, será mesmo com 24h de duração, mesmo com o fim do horário de verão europeu e o relógio marcando onze horas da noite duas vezes – havia uma expectativa de que a corrida durasse 25 horas. A chegada será às 14h30 locais do domingo.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames