IMSA: 18 carros no “Roval” de Charlotte

I
Apenas os Grã-Turismo vão correr neste fim de semana no “Roval” de Charlotte: a corrida terá duração de 100 minutos, a mais curta da temporada

RIO DE JANEIRO – No próximo sábado, o IMSA Weathertech SportsCar Championship faz um evento ‘casado’ com a Nascar. A solução para cobrir brechas de provas não-realizadas – e aqui me refiro à etapa de Lime Rock, em Connecticut, cancelada por conta da Pandemia do Covid-19 – foi fazer esta corrida no “Roval” de Charlotte, no mesmo fim de semana de Xfinity Series e Nascar Cup Series definindo suas próximas fases de playoffs.

Será o segundo e último evento sem os Esporte-Protótipos, que voltam na Petit Le Mans, em Road Atlanta. E isto posto, com GTLM e GTD na disputa, o grid terá dezoito carros, com o retorno da Porsche na divisão principal de Grã-Turismo e doze GTD. A etapa terá duração de 1h40min apenas, sendo a mais curta do ano, com largada prevista para 20h05 ET (21h05 de Brasília).

Na GTLM, a lista de entradas não traz qualquer surpresa com relação a nomes e o campeonato vem sendo liderado por Antonio Garcia/Jordan Taylor, que somam 226 pontos – dezessete a mais que os parceiros de escuderia Oliver Gavin/Tommy Milner.

Na GTD, cuja corrida é a penúltima da série paralela Weathertech Sprint Cup, algumas novidades: Michael De Quesada estará no carro #12 substituindo Frankie Montecalvo ao lado de Townsend Bell.

Outra é a estreia de Jeff Kingsley, que compete na Porsche Cup dos EUA, no lugar de Corey Fergus para as provas restantes do campeonato (da Sprint Cup, claro). a bordo do McLaren 720S GT3 da Compass Racing. Fergus está “grávido”, será papai e pediu licença para não voltar até o fim da temporada.

As equipes Weathertech Racing e Paul Miller, que disputaram a corrida do ViR que teve os modelos Grã-Turismo estão fora e devem regressar na Petit Le Mans. A classificação do campeonato aponta liderança de Mario Farnbacher/Matt McMurry com 176 pontos somados, contra 173 do vice-líder Aaron Telitz e 171 do terceiro colocado, Jack Hawksworth.

Nos bastidores e com vistas à Petit Le Mans do próximo dia 17,  há muitas novidades. Três equipes confirmaram presença na disputa – a Pfaff Racing regressa com seu Porsche na classe GTD para Lars Kern/Zach Robichon/Dennis Olsen; a Inter Europol Competition estreia e recebe seu primeiro Oreca 07 Gibson LMP2, que será entregue a Austin McCusker/Kuba Smiechowski/Rob Hodes; e outro retorno é o da Starworks com mais um protótipo LMP2, que pelo menos confirmou Mikkel Jensen para a vaga de Ryan Dalziel – que deixou a equipe.

Mas a bomba é a saída imediata do português João Barbosa do lineup do #5 da JDC-Miller Motorsports: o piloto de 45 anos será substituído por Tristan Vautier nas etapas de Road Atlanta, Laguna Seca e nas 12h de Sebring. Nas provas longas, Vautier e o também titular Sébastien Bourdais – que não fica para 2021, é bom lembrar – terão a companhia de Loïc Duval.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames