Para quem não viu: British GT Championship, rodada de Snetterton

P

RIO DE JANEIRO – A série de provas Sprint do Intelligent Money British GT Championship se encerrou no último fim de semana com duas baterias no circuito de Snetterton, cumprindo-se assim antepenúltima e penúltima etapas da temporada 2020.

Para manter a tradição do bom automobilismo inglês, choveu nas duas etapas. A equipe Two Seas Motorsport conquistou sua primeira vitória no campeonato com Jordan Witt e Jack Mitchell a bordo de um McLaren 720S GT3 na primeira prova entre os competidores da GT3, enquanto na segunda ganharam Adam Balon e Phil Keen com um Lamborghini Huracán GT3 EVO da escuderia Barwell Motorsport.

Entre os GT4, venceram a TF Sport com Daniel Vaughan/Jamie Caroline a bordo de um Aston Martin na primeira corrida e Jordan Collard/Patrick Matthiesen com o McLaren 570S GT4 da HHC Motorsport.

Daqui a pouco mais de um mês, no dia 7 de novembro, será realizada a última etapa em Silverstone, no formato Endurance. Sam De Haan/Patrick Kujala, da RAM Racing, lideram o campeonato de pilotos da GT3 com 136,5 pontos contra 130,5 de Rob Collard/Sandy Mitchell (Barwell Motorsport) e 125 de Keen/Balon – estes últimos lideram a divisão Pro-Am com 176 pontos, somente um a mais que Ian Loggie/Yelmer Buurman.

Na Silver Cup, De Haan/Kujala também comandam a pontuação paralela, somando 174,5 pontos contra 167,5 de Collard/Sandy Mitchell e 143 de Witt/Jack Mitchell.

A pontuação da GT4 nos mostra Jamie Caroline/Daniel Vaughan líderes na geral com 143 pontos contra 140,5 de Jordan Collard/Patrick Matthiesen e 130 de Connor O’Brien/Patrick Kibble.

Na Pro-Am, sem concorrência, Mia Flewitt/Euan Alers-Hankey já são os campeões de 2020 e na Silver Cup, Caroline/Vaughan lideram com seis pontos e meio de diferença para Collard/Matthiesen. O’Brien/Kibble v^êm em 3º com 132.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames