Para quem não viu: Michelin Le Mans Cup, etapa de Monza

P

RIO DE JANEIRO – Hora do blog trazer como foi a 5ª e penúltima etapa da temporada 2020 do Michelin Le Mans Cup. Após a rodada dupla em La Sarthe, a categoria voltou ao formato de provas com 2h de duração em mais uma preliminar do European Le Mans Series.

Largaram 24 inscritos com a dupla da Cool Racing formada por Edouard Cauhaupe/Nicolas Maulini na pole position – só que na corrida, deu DKR Engineering na cabeça: vitória do Duqueine M30-D08 do time sediado no Grão-Ducado de Luxemburgo e guiado por Jean Glorieux/Laurents Hörr, que completaram 59 voltas pelos 5,793 km do lendário circuito italiano.

Maulini/Cauhaupe se conformaram com o 2º posto ao final da disputa, menos de três segundos atrás dos vencedores, enquanto Rory Penttinen/Matthias Kaiser subiram no último degrau do pódio. O brasileiro Daniel Schneider, que vinha de bons desempenhhos em provas anteriores, não terminou a disputa na dupla com Andy Meyrick.

Na GT3, mesmo largando da última posição, o Porsche da equipe PZöberer Zurichsee by TFT levou a melhor e embolsou os pontos da disputa com Niki Leutwiler/Julien Andlauer fechando a disputa em 8º na geral, antecedendo duas Ferrari da Iron Lynx – a de Emanuele Maria Tabacchi/Niccolò Schirò e de Giacomo Piccini/Rino Mastronardi.

Faltando apenas a prova de Portimão no dia 31 deste mês, Glorieux/Hörr estão a dois pontos do título. Um ponto extra da pole e um 10º lugar ou a 9ª posição bastam para que eles consigam 27 pontos de frente para Maulini/Cauhaupe. Schneider/Meyrick estão em oitavo com 29,5 pontos somados.

Na GT3, Rino Mastronardi também precisa da mesma conta por fazer. Aliás, talvez nem necessite, a menos que a Iron Lynx coloque Giacomo Piccini, que é seu parceiro das últimas etapas, noutro carro. A diferença entre eles é de 25 pontos. Se a equipe mantiver a dupla, Mastronardi já entra campeão de pilotos antes mesmo do apagar das luzes no Algarve.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames