Montoya no WEC

M

RIO DE JANEIRO – Deu no Sportscar365: o colombiano Juan Pablo Montoya já se ajeitou para a temporada 2021 após o fim das operações do Acura Team Penske na IMSA e a posterior dispensa do seu contrato com a escuderia.

O piloto de 45 anos será o principal nome da equipe DragonSpeed na campanha que marca o retorno da organização de Elton Julian ao Campeonato Mundial de Endurance (FIA WEC).

Ausente da competição neste ano, tendo disputado apenas as 24h de Le Mans além de eventos selecionados da IMSA e grande parte do European Le Mans Series, a equipe – com sede em novas instalações em Montmelò, próximo à Barcelona – se prepara para o retorno após a campanha na temporada bienal 2018/2019, em que competiram com um protótipo BR01 de motor Gibson V8 na LMP1 e um Oreca 07 na LMP2.

A DragonSpeed retorna para esta divisão também com um Oreca 07. O carro será, como todos os Esporte-Protótipos desta divisão, dotado de pneus Goodyear e o motor Gibson V8 de 4,2 litros trabalhará com 560 cavalos – 40 a menos que nos últimos três anos – já que a ideia do ACO e da FIA é deixar a LMH, a classe principal do FIA WEC, rodando tempos em La Sarthe na casa de 3’20”. O recorde de um LMP2 em Le Mans é 3’23”, só para começo de conversa.

Nos primeiros testes visando o próximo ano no Algarve, com os carros ‘capados’ em 40 cavalos e os novos pneus Goodyear, a performance foi de três a quatro segundos pior em relação à pole position obtida pela G-Drive Racing em Portimão.

A formação da equipe já é oficial: Montoya dividirá a pilotagem com o sueco radicado nos EUA Henrik Hedman e o veloz e experiente britânico Ben Hanley. A LMP2 passa a ser obrigatoriamente Pro-Am em 2021, com a necessidade de um piloto bronze nas trincas.

A DragonSpeed se concentrará nos protótipos a tempo pleno no próximo ano com o fim de suas atividades na Fórmula Indy. O time também assegurou presença na próxima edição das 24h de Daytona, visando o tricampeonato daquela prova. O único piloto confirmado, entretanto, é Eric Lux.

O WEC, a princípio, começa em março com a disputa das 1000 Milhas de Sebring, marcadas para o dia 19 daquele mês.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

2 Comentários

Por Rodrigo Mattar

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames