Hubert Auriol, “O Africano”

H

RIO DE JANEIRO – Partiu neste domingo um dos maiores nomes da história do off-road mundial e, por conseguinte, do Rally Dakar, do qual participou pela primeira vez na inauguração do evento em 1979 e se tornou o primeiro de todos a ganhar em duas e quatro rodas, feito alcançado – após ele – apenas por Nani Roma e Stéphane Peterhansel.

Nascido em Adis-Abeba, na Etiópia, Hubert Auriol se foi aos 68 anos. Por ter nascido naquele país, ficou mundialmente conhecido como “O Africano”. Lenda do esporte, Auriol venceu duas vezes o Dakar em motos, nos anos de 1981, entremeando dois títulos do compatriota Cyril Neveu e em 1983, na época de predomínio da BMW.

Auriol passou aos carros e após uma derrota para Ari Vatanen, quando ambos eram colegas de Citroën, vingou-se ao se transferir para a Mitsubishi vencendo o Dakar de 1992, que terminou na Cidade do Cabo e foi o mais longo de todos, com 12.427 km percorridos.

Após encerrar sua carreira de piloto, assumiu a direção de prova do evento, a convite de Gilbert Sabine, pai de Thierry, e do ASO. Ficou na função até ser substituído pelo antigo piloto Patrick Zaniroli, em 2004. Fundou também o Rally Africa Eco Race, disputado desde 2008. E está eternizado no Hall da Fama da FIM e da FIA.

Auriol (sem qualquer parentesco com Didier Auriol, antigo piloto do WRC) lutava contra graves problemas de saúde e perdera também a mulher, vítima de Covid-19. Hoje, um acidente cardiovascular o levou. Ele deixou três filhos.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames