ROAR Before The Rolex 24: vitória no Motul Pole Award para Nasr e Derani

R

RIO DE JANEIRO – A Whelen Engineering/AX Racing agora é – de fato e direito – a pole position para a edição 2021 das 24h de Daytona, no próximo fim de semana. Eliminada da posição de honra do Motul Pole Award por conta de um erro da equipe – que colocou no Cadillac #31 um bico com 800 gramas a menos e o carro foi pego na vistoria – a equipe dos brasileiros Felipe Nasr e Pipo Derani se recuperou durante a disputa de 1h40min e os dois, mais Mike Conway e Chase Elliott terão a primazia de largar na posição de honra do grid que terá 49 carros na corrida.

A disputa deste domingo aconteceu no início com a pista ainda molhada pela chuva e muitas equipes não sabiam que pneus escolher. De fato, as primeiras voltas foram ‘amarradas’ com algumas rodadas e saídas de pista. Depois que a corrida fluiu, Nasr deixou para trás o #5 da JDC-Miller Motorsports partilhado por Loïc Duval e Tristan Vautier e entregou o carro para Derani, que rumou à vitória.

A Whelen Engineering/AX Racing terá nas 24h de Daytona, além dos brasileiros Pipo Derani e Felipe Nasr o campeão da Nascar Chase Elliott e Mike Conway, piloto da Toyota no WEC

O Motul Pole Award também já rendeu pontos para as equipes e marcas participantes do campeonato, obedecendo ao critério adotado pela IMSA até o ano passado. A cada corrida, o vencedor terá não 35 pontos no máximo, mas dez vezes mais. Americanos adoram superlativos…

Oliver Jarvis e Harry Tincknell ainda levaram o Mazda RT24-P DPi ao segundo lugar e se garantiram na primeira fila do grid. Depois virão o Cadillac da JDC-Miller Motorsports e o Acura da Meyer-Shank Racing. A Wayne Taylor Racing, que alinha entre outros o atual campeão da série, Hélio Castroneves, partilha a terceira fila do grid com o outro Cadillac da AX Racing, que terá a bordo o heptacampeão da Nascar Jimmie Johnson. A Ganassi falhou ontem na estratégia – chegou inclusive a liderar – mas parte de sétimo entre os DPi.

A vitória e a pole para as 24h de Daytona na LMP2 ficaram com o Oreca #52 da PR1/Mathiasen

Na LMP2, a luta pela vitória envolveu o improvável Dallara da Cetilar Racing, guiado por Roberto Lacorte e Antonio Fuoco, além da PR1/Mathiasen, que sobreviveu a uma penalização drive through por Ben Keating rodar na volta de apresentação e fazer ultrapassagens – o que não e´ permitido pelas regras – Fuoco, com quem Mikkel Jensen brigou pela liderança, acabaria em sexto na classe e o #52 venceu a corrida classificatória.

A segunda posição do grid da classe mais numerosa de protótipos – 9º lugar na geral – será da High Class Racing, seguida por Tower Motorsport by Starworks, Racing Team Nederland e DragonSpeed USA, com o carro #81.

Pegando a mão da pista: Moritz Kranz/Laurents Hörr triunfaram na LMP3 e levaram a pole para a divisão no Motul Pole Award 100

Entre os novos LMP3, mais uma vez destaque para Moritz Kranz e Laurents Hörr, que venceram na véspera a prova inaugural do IMSA Prototype Challenge, fizeram a pole para a prova do Motul Pole Award e dominaram tranquilos a disputa, enquanto os adversários ou tiveram problemas ou não largaram. Os modelos Duqueine M30-D08 triunfaram em dobradinha, pois a Forty7 Motorsports chegou em segundo na classe à frente da CORE Autosport, com a Sean Creech Racing (que não chegou ao final) em quarto e a Performance Tech Motorsports (idem) em quinto.

A Corvette sai na frente em 1-2 na GTLM, com o triunfo do #4 partilhado por Alexander Sims e Nick Tandy na prova classificatória deste domingo

Na GTLM, a BMW (uma delas de Augusto Farfus) saltou na frente, mas não conseguiu traduzir em resultado a performance dos treinos. Os bávaros ficaram com as duas últimas posições da divisão na corrida classificatória e a pole será do Corvette #4 de Nick Tandy/Alexander Sims/Tommy Milner, que chegou à frente do #3 e do Porsche da Weathertech Racing – este chegou a liderar o Motul Pole Award com Kévin Estre a bordo.

Diversidade: serão cinco construtores diferentes no top 5 da GTD, entre eles a Porsche com o #9 da Pfaff Motorsports

A GTD verá cinco marcas diferentes no top 5 do grid: ganhou a BMW de Bill Auberlen/Robby Foley (que nas 24h terá Aidan Read e Colton Herta), seguida pelo Porsche da Pfaff Motorsports com Zach Robichon e Laurens Vanthoor, do Lamborghini #111 da GRT Grässer com Mirko Bortolotti e Rolf Ineichen; Aaron Telitz e Oliver Gavin no Lexus #14 da Vasser Sullivan e o Mercedes-AMG #57 de Russell Ward e Phillip Ellis.

A Ferrari que terá Marcos Gomes a bordo ficou em oitavo com Ed Jones e Bret Curtis disputando o Motul Pole Award pela Scuderia Corsa. Simon Mann e Nicklas Nielsen não foram além do 16º lugar com o carro da AF Corse – equipe de Daniel Serra – por conta de um furo de pneu que os atrasou na disputa.

As 24h de Daytona começam neste sábado às 17h40 de Brasília.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

7 Comentários

  • Nasr e Derani já mostrando serviço e certamente serão postulantes ao título. Infelizmente, o site oficial não liberou o streamming. Assim, é torcer para o grupo Disney transmitir ao menos uma parte da corrida, embora eu , sinceramente, não conte com isso.

  • Será que o meu maior temor de confirmará??? O fim das transmissões da série IMSA e do WEC? Assistir em inglês não terá a mesma graça. Isso é inaceitável!

    • Não vejo nenhum problema. Eu vou renovar minha assinatura do WEC, até porque acho bem pouco difícil que o Grupo Disney mantenha o mesmo padrão de transmissão de automobilismo em 2021.

      • Boa tarde Rodrigo Mattar! Pois também acredito que o padrão cairá, isso se tiver transmissão. A sua saída da emissora foi mais uma grande baixa nas transmissões automobilísticas para o Brasil, pois, são pouquíssimos narradores esportivos que narram corridas com domínio no assunto.
        A assinatura do WEC é realizada pelo site da FIA WEC?
        Grande abraço.

      • Sim, André. É realizada direto no site e deve ficar disponível no primeiro final de semana da temporada 2021. Contempla Le Mans, inclusive.

    • Boa tarde.

      Primeira resposta à sua primeira pergunta: não trabalho mais lá, então não sei lhe responder.

      Segunda resposta: não há streaming disponível para o Brasil por ‘geoblock’. Sugiro que baixe o aplicativo Modbro pra celular e assista à transmissão da NBCSN, se assim quiser.

Por Rodrigo Mattar

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames