Team WRT emplaca mais uma vitória no ELMS em corrida ‘aquática’ na Áustria

T

RIO DE JANEIRO – Primeira metade das 4h do Red Bull Ring com pista seca – e depois, com uma água pra ninguém botar defeito: a 2ª etapa do European Le Mans Series teve esse ingrediente a mais para mexer com as emoções da disputa e foi exatamente o que aconteceu. O problema é que a chuva não impediu mais uma vitória do trio Louis Déletraz/Yifei Ye/Robert Kubica – a segunda seguida do carro #41 do time de Yves Weerts e Vincent Vosse na temporada 2021 da série.

A disputa, aliás, começou acidentada. Logo no início da segunda volta, houve uma ‘panca’ daquelas entre dois protótipos da classe LMP3. Bateram o #18 da 1 AIM Villorba Corse e o #20 do Team Virage – Rob Hodes perdeu o controle na freada do hairpin e bateu em cheio no carro do time italiano.

No início da corrida, a liderança foi do #25 da G-Drive Racing, que perdeu Pietro Fittipaldi no correr da semana. O piloto bronze John Falb sustentou bem a dianteira nos primeiros 20 minutos, mas foi ultrapassado pelos dois carros da United Autosports. O estadunidense, contudo, quase jogou a corrida do time russo fora: foi penalizado com drive through por excesso de track limits e caiu para a 13ª posição.

Com o #32 da United fora de esquadro e o #22 perdendo performance, a segunda parte da corrida viu a batalha entre o Team WRT e o #26 da G-Drive Racing, com a equipe belga sendo bem mais feliz na escolha dos pneus. Não obstante, uma saída coletiva de carros para fora do traçado quando a chuva apertou e determinou mais uma entrada de Safety Car acabou atrapalhando a estratégia da G-Drive.

Ainda assim, Franco Colapínto/Roman Rusinov/Nyck De Vries chegaram em 2º na geral e o trio formado por John Falb/Rui Andrade/Roberto Mehri foi o último a chegar na mesma volta – o 3º lugar deu a vitória a eles na classe Pro-Am.

Pole position, o #34 do Racing Team Turkey foi quarto na geral e segundo na subclasse com pilotos bronze, na estreia de Logan Sargeant nos protótipos. O garoto andou muito bem durante todo o fim de semana e deu conta do recado junto a Charlie Eastwood e Salih Yoluç. Vencedores na disputa em Barcelona, Matthieu e Jean-Baptiste Lahaye, mais François Hèriau, chegaram em quinto na geral e terceiro na Pro-Am.

A chegada na LMP3 foi das mais apertadas já registradas na categoria: somente cento e dezessete milésimos de segundo separaram a Cool Racing da Eurointernational na quadriculada. Mesmo com pneus “sem aderência”, palavras do piloto Matt Bell, ele e seus parceiros Niklas Krütten e Nicolas Maulini fizeram as honras na disputa, superando o trio formado por Andrea Dromedari/Cem Bolubaksi/Joey Alders.

Éric Troulliet/Sébastien Page/David Droux salvaram um belo 3º posto para a Graff, completando na mesma volta dos dois brigões do final. A Inter Europol Competition fechou o top 5 – ficou em quarto com Martin Hippe/Ugo de Wilde/Ulysse de Pauw e quinto com o antigo motociclista Mattia Pasini dividindo a pilotagem com o lituano Gustas Grinbergas e o polonês Mateusz Kaprzyk.

Entre os LMGTE, nenhuma surpresa: o domínio das Ferrari 488 GTE EVO, que se manifestou fortemente na sessão classifica´toria, foi mantido durante a disputa. A AF Corse fez a pontuação máxima e além da pole, venceu sem muitas dificuldades com o trio Alessio Rovera/François Perrodo/Manu Collard completando com uma volta de vantagem para David Perel/Matt Griffin/Duncan Russell Cameron, da Spirit of Race.

Mesmo uma volta atrasados, os vencedores em Barcelona – Miguel Molina/Matteo Cressoni/Rino Mastronardi emplacaram mais um pódio com o #80 da Iron Lynx, enquanto o ator Michael Fassbender alcançou pela terceira vez seu melhor resultado desde a estreia no ELMS: quarto colocado com o Porsche da Proton Competition que partilha com Felipe Fernandez Laser e Richard Lietz. Andrea Fontana/Rodrigo Sales/Jody Fannin colocaram uma quarta Ferrari fechando o top 5 da categoria.

Dessa vez, as “Iron Dames” foram forçadas a desistir: o carro #83 teve problemas na última volta. Como não receberam a quadriculada, não foram classificadas.

A 3ª etapa do ELMS será em 6 de junho – as 4h de Paul Ricard, no circuito de Le Castellet.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames