Panis Racing vence enfim no ELMS nas 4h de Monza

P

RIO DE JANEIRO – Custou, mas saiu: após praticamente cinco anos desde a estreia no Endurance, a equipe do antigo piloto de Fórmula 1 Olivier Panis, que trabalha sob a estrutura da Tech 1 Racing de Simon e Sarah Abadie venceu enfim uma corrida de longa duração,

Com uma atuação impecável do trio Will Stevens/Julien Canal/James Allen, o Oreca 07 #65 do time francês levou as 4h de Monza, numa performance simplesmente dominante da equipe na segunda metade em diante da disputa, encerrada com um total de 125 voltas percorridas pelos 5,793 km do circuito italiano.

Pole position, o carro #26 guiado por Franco Colapinto/Roman Rusinov/Mikkel Jensen desta vez ficou devendo em termos de performance e o trio da G-Drive Racing chegou apenas em oitavo na geral numa disputa onde só os quatro primeiros completaram na mesma volta.

Diferentes estratégias também minaram a performance de algumas equipes e, no fim das contas, a única que ainda tentou algo diferente em relação aos vencedores foi a United Autosports, que concentrou seus esforços num único carro – o #32 foi retirado porque Job Van Uitert houvera contraído Covid – e chegou em 2º com Phil Hanson/Tom Gamble/Jonathan Aberdein.

Vários times do WEC estiveram com carros extras nas 4h de Monza e a JOTA se sobressaiu bem mais que as rivais: chegou em 3º na geral com Jazeman Jaafar correndo apenas com o indonésio Sean Gelael. Porém, como não marcam pontos para o campeonato, a pontuação correspondente ficou com o Team WRT, que lidera após quatro provas com 75 pontos. Robert Kubica/Yifei Ye/Louis Déletraz fizeram o bastante para se manter à frente de Colapinto e Rusinov na tabela.

Se o trio do #26 não foi bem, Roberto Mehri/Rui Andrade/John Falb abiscoitaram mais um triunfo para o #25 do time russo na divisão LMP2 Pro-Am. A trinca chegou em 6º na geral, superando o Racing Team Turkey – com Logan Sargeant e tudo – além da Ultimate, vencedora da subclasse nas 4h de Barcelona.

Mathieu De Barbuat teve um belo batismo de fogo na disputa das 4h de Monza na LMP3. E saiu-se bem: ajudou Laurents Hörr a levar o Duqueine M30-D08 #4 da DKR Engineering ao topo do pódio na disputa da categoria inferior de protótipos. Antes, a equipe tivera um entrevero com o carro da Nielsen Racing, que provocou o primeiro período de neutralização da disputa. Mas os vencedores não sofreram danos e venceram com 21″ de vantagem sobre Ross Wheldon/Wayne Boyd/Edouard Cauhaupe, da United Autosports.

A boa briga foi pelo último lugar no pódio. No final, a Inter Europol Competition levou a melhor sobre o trio da Cool Racing e o antigo piloto de Motovelocidade Mattia Pasini fez seu melhor resultado na temporada, junto a Ugo de Wilde e Martin Hippe. Apesar do 4º lugar na etapa, Matt Bell/Nicolas Maulini/Nicklas Krütten são os líderes do campeonato.

Entre os Grã-Turismo, só deu Ferrari nas seis primeiras posições e, depois de uma dura disputa e uma diferença inferior a três segundos, a Spirit of Race chegou à vitória com o trio formado nesta etapa por Duncan Cameron/Alessandro Pier Guidi/David Perel. A tripulação do braço suíço da AF Corse reduziu em sete pontos a diferença para o #80 da Iron Lynx, que chegou em segundo com Matteo Cressoni/Rino Mastronardi/Miguel Molina. Nesse momento, a pontuação dá uma vantagem de seis pontos de Cressoni/Mastronardi/Molina sobre Perel e Cameron.

Alessio Rovera/François Perrodo/Manu Collard completaram o pódio, enquanto as Iron Dames terminaram em 6º na classe. O melhor Porsche foi sétimo, trazendo a seguir o único Aston Martin inscrito.

O ELMS não tem etapa em agosto: começam os preparativos para a 89ª edição das 24h de Le Mans, com a presença de diversos times daquele certame. A próxima etapa será em setembro, a disputa das 4h de Spa, dia 19.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

1 Comentário

  • Por conta de um problema de internet que perdurou até a tarde de ontem eu não consegui assistir esta prova. Só vendo depois uma reprise. E eu cheguei a pensar que teríamos mais um triunfo do Team WRT…

Por Rodrigo Mattar

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames