Para quem não viu: Império Endurance Brasil, 4h do Velopark

P

RIO DE JANEIRO – Normalmente este blog sempre coloca ao vivo as provas do Império Endurance Brasil – mas nesse último fim de semana eu estive tão focado no retorno às transmissões da Fórmula Indy na TV Cultura que isso ficou em segundo plano. Peço desculpas aos fãs da categoria e até eu, um entusiasta da competição, fiquei triste comigo mesmo.

Mas nunca é tarde: e agora chegamos com a íntegra da 3ª etapa, disputada no último sábado. Após o problema de câmbio na corrida de Curitiba, foi a vez de Vicente Orige/Gustavo Kiryla darem o troco para derrotar os vencedores da corrida anterior – o trio formado por Lucas Köhl/Emílio Padron/Marcelo Vianna na disputa das 4h do Velopark, após 240 voltas percorridas.

A corrida, aliás, foi merecidamente batizada de “GP Aldo Pastore”, como homenagem ao mais uruguaio dos brasileiros, que há mais de três décadas tornou-se referência em cronometragem moderna no país com sua Cronomap. Aldo, o “Charrúa”, já deixou muitas saudades em nós.

Nas demais classes, Marcelo Hahn/Allam Khodair ganharam na GT3 com o McLaren 720S; Ricardo Mendes/Marçal Müller na GT3 Light com a Ferrari 458 Italia GT3; Átila Abreu/Leo Sanchez na GT4 com a Mercedes-Benz GT4.R; Chico Horta/Nelson Monteiro/Renan Guerra/Ramon Alcaraz foram os vencedores da GT4 Light a bordo do modelo Ginetta G55; Bruno Smielevski e Aldoir Sette triunfaram na P3 com o protótipo Sette-MRX Honda e na P2 deu o MCR Ford Coyote com Fernando Poeta e Cacau Ricci.

A próxima etapa está marcada para Interlagos em 7 de agosto.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

1 Comentário

  • Não esquenta Mattar. Você já fez bastante pela divulgação da categoria. Tanto que eu a conheci aqui mas agora vou atrás e acompanho sempre que posso.

Por Rodrigo Mattar

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames