WTCR: Ehrlacher sai líder do Hungaroring

W
À frente do Cupra de Mikel Azcona na prova #1 no Hungaroring: liderança do WTCR está nas mãos do atual campeão, Yann Ehrlacher

RIO DE JANEIRO – Atual campeão do Mundial de Carros de Turismo (FIA WTCR), o francês Yann Ehrlacher assumiu a liderança da temporada de 2021 após a rodada da Hungria, disputada no último fim de semana em conjunto com o Pure ETCR, o campeonato de Carros Elétricos de Turismo, no Hungaroring.

O piloto da Lynk&Co. foi beneficiado pela punição aplicada ao argentino Néstor “Bebu” Girolami, que fora ao pódio com um dos Honda da equipe de René Münnich, mas acabou perdendo o posto por conta de um pênalti de cinco segundos que derrubou o sul-americano de 3º para 5º, na corrida ganha por outro representante do continente, o uruguaio Santi Urrutia, também da Lynk&Co.

“Bebu” cometeu a falta grave – na visão dos locais, claro, de tirar do caminho o ídolo magiar Norbi Michelisz, que chegou em 14º. Os comissários não gostaram do que viram e o penalizaram. Com o quarto lugar, Ehrlacher passou a 12 pontos na prova #2 e assim chegou a 103 no campeonato, dois adiante de Urrutia. O pódio já tinha Fréderic Vervisch como 2º colocado e passou a ter Mikel Azcona, da Cupra, como terceiro.

Na prova #1, o belga Gilles Magnus, com o Audi da Comtoyou, beneficiou-se da inversão dos 10 primeiros do Q2 e venceu pela primeira vez no ano. Aliás, registre-se que o FIA WTCR teve até agora oito pilotos diferentes vencendo as oito corridas realizadas.

Nessa corrida, Magnus teve Azcona e Ehrlacher a dividir o pódio com ele – aliás, o espanhol teve um ótimo fim de semana, porque também no Pure ETCR teve ótimas apresentações e o novo líder do campeonato está muito longe de ter que se queixar do resultado alcançado.

O resto do campeonato será todo realizado inclusive na Europa: a organização do WTCR não terá condição de levar a comitiva da série para fora do continente e as provas previstas para Inje na Coreia do Sul, Ningbo na China e também em Macau foram canceladas. Portanto, não haverá sequer o FIA GT World Cup e tampouco a prova de monopostos tradicional no circuito da Guia.

A próxima rodada será em Most, na República Tcheca, dia 10 de outubro.

Classificação do campeonato após quatro rodadas e oito corridas:

1. Yann Ehrlacher – 103 pontos
2. Santi Urrutia – 101
3. Jean-Karl Vernay – 87
4. Gilles Magnus – 84
5. Fréderic Vervisch – 82
6. Yvan Muller – 78
7. Thed Björk – 73
8. Mikel Azcona e Estebán Guerrieri – 72
10. Néstor Girolami – 67
11. Attila Tassi – 66
12. Tiago Monteiro – 65
13. Gabriele Tarquini – 62
14. Norbert Michelisz e Nathanël Berthon – 55
16. Luca Engstler – 45
17. Tom Coronel – 34
18. Rob Huff – 27
19. Jordi Gené – 5
20. Bence Boldizs – 3
21. Jessica Backman – 2
22. Andreas Backman – 1

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames