Para quem não viu: GT World Challenge America, rodada de Sebring

P

RIO DE JANEIRO – Fechando a bateria de corridas na Flórida, vamos de GT World Challenge America e a rodada dupla de Sebring, antecedendo a decisão em Indianápolis com uma disputa em paralelo ao Intercontinental GT Challenge.

As três primeiras horas das 8h de Indianápolis valerão pontos (em dobro) para o GTWC America, Serão dezesseis carros lutando por esses pontos, sendo que 14 deles vão disputar a corrida do IGTC na íntegra, à exceção das inscrições da Rearden Racing e da Zelus Motorsports, ambos Lamborghini Huracán da subclasse Pro-Am.

Em Sebring, a K-PAX Racing não deu hipóteses aos rivais e o título da divisão principal de pilotos foi definido em favor de Jordan Pepper e Andrea Caldarelli, com a dupla conquistando mais dois triunfos, chegando ao total de nove em 12 corridas e atingindo 270 pontos contra 184 dos vice-líderes Corey Lewis e Giovanni Venturini.

Na Pro-Am, a taça também já tem dono: Jan Heylen e Fred Poordad alcançaram 220 pontos com a vitória na prova #1 e o quarto lugar da subclasse na segunda disputa. Mesmo com a prova de Indianápolis no formato ‘double points’, Taylor Hagler não tem mais hipóteses – a diferença é de 52 pontos em relação aos rivais da Wright Motorsports.

Na Am, já campeões, Jean-Claude Saada e Conrad Grünewald tiveram adversários na última rodada, com Charlie Scardina e Onofrio Triarsi inscrevendo outra Ferrari e ganhando a primeira corrida. Porém, um forte acidente destruiu o carro dos vencedores durante a prova #2 e a parceria da AF Corse alcançou onze vitórias em 12 provas, somando 293 pontos de 300 possíveis – já que não tiveram praticamente oposição nenhuma ao longo da temporada.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames