Para quem não viu: GT World Challenge Europe Endurance, 3h de Barcelona

P

RIO DE JANEIRO – Chega ao fim o Fanatec GT World Challenge Europe, com a etapa final de Endurance que, congregada com a série Sprint, completou o calendário de dez eventos organizados no território europeu pela SRO de Stéphane Ratel.

Se Charles Weerts e Dries Vanthoor, já eram consagrados campeões “Overall”, somando as duas séries, faltava definir os donos do cetro na temporada de Endurance. E a vitória das 24h de Spa-Francorchamps muito contribuiu para que Alessandro Pier Guidi/Nicklas Nielsen/Côme Ledogar conquistassem o troféu do certame de provas longas, defendendo a equipe italiana Iron Lynx e as cores da Ferrari.

Um 7º lugar nas 3h de Barcelona foi o bastante para a trinca do #51 levantar o cetro numa corrida dominada pelo Team AKKA-ASP, que soube gerenciar muito bem a degradação dos pneus numa pista abrasiva feito a da Catalunha. O trio Jules Gounon/Raffaele Marciello/Felipe Fraga riu por último no final do campeonato, completando a disputa com pouco mais de dois segundos sobre o Porsche da Dinamic guiado por Matteo Cairoli/Chris Engelhart/Klaus Bachler.

Aliás, essa trinca deveria estar correndo neste fim de semana nas 8h de Indianápolis, para a qual Fraga fora inscrito e confirmado. Mas de última hora o brasileiro não pode viajar por um suposto problema no visto de entrada dele no país e Dani Juncadella, que não correria nos EUA, foi recrutado para o lugar de Felipe. Uma pena.

Os campeões Weerts e Vanthoor tiveram a companhia luxuosa do piloto da Fórmula E Robin Frijns no último evento do ano em razão da coincidência de datas entre o GTWC Europe e o DTM, que fechou seu campeonato também no mesmo fim de semana. O trio da equipe WRT completou o pódio da etapa final.

A vitória da classe Silver Cup nas 3h de Barcelona foi de outro Mercedes-AMG do Team AKKA-ASP, este guiado por Thomas Drouet/Simon Gachet/Konstantin Tereschenko, que fechou a disputa em 11º lugar na geral. Mas o título da temporada foi para as mãos do trio da Emil Frey Racing e o Lamborghini guiado por Ricardo Feller/Alex Fontana/Rolf Ineichen.

Mais um Mercedes-AMG venceu na Espanha, desta vez na Pro-Am e com a SPS Automotive Performance: o carro de Valentin Pierburg/Martin Konrad/Dominik Baumann triunfou na última disputa, que consagrou o britânico Chris Froggatt, da Sky Tempesta Racing, o novo campeão de Endurance nesta subdivisão.

O resultado da última etapa confirmou o título geral desta divisão para os portugueses Miguel Ramos e Henrique Chaves, que defenderam a Barwell Motorsport, enquanto Alex Fontana levou sozinho o título na Silver Cup, deixando Ricardo Feller como vice-campeão e Konstantin Tereschenko em 3º lugar na classificação.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames