Para quem não viu: Pirelli GT4 Series 2021, rodada de Sebring

P

RIO DE JANEIRO – Vamos agora à íntegra das duas corridas da penúltima rodada do Pirelli GT4 Series, outro dos certames organizados pela SRO em território ianque e parte da programação do GT World Challenge America.

A primeira de duas provas do fim de semana e disputada ‘flag to flag’ sem amarelas pelos 29 carros inscritos foi conquistada pelo Mercedes-AMG de Colin Mullan e Michai Stevens, inscrito pela Conquest Racing West. A dupla venceu também a disputa na Silver Cup, cabendo o triunfo na Pro-Am à NOLASport e um de seus Porsche 718 Cayman Clubsport guiados por Matt Travis e Jason Hart. Al Carter e Paul Sparta fizeram as honras na Am Cup, a bordo de uma BMW M4 GT4 inscrita pela Random Vandals Racing.

Na segunda corrida, Mullan e Stevens repetiram o triunfo da véspera, conquistando assim a pontuação máxima da categoria Silver Cup no fim de semana de Sebring. Novamente em 2º lugar, Matt Travis e Jason Hart ganharam a disputa na Pro-Am, fazendo também o ‘back-to-back’ na Flórida. Kevin Conway e John Geesbreght ganharam mais uma com o Toyota da Smooge Racing na divisão Am Cup.

A etapa final em Indianápolis serve para cumprir tabela, já que os títulos de pilotos vieram de forma antecipada em Sebring, para todas as três classes: na Silver Cup, Kenny Murillo e Christian Szymczak chegaram ao total de 209 pontos e não podem mais ser alcançados por Cole Ciraulo e Tim Barber, uma vez que a vantagem é de 60 e a pontuação máxima por fim de semana só atinge 50.

Matt Travis e Jason Hart levaram o troféu da Pro-Am: a dupla soma 217 pontos, praticamente o dobro dos vice-líderes Sean Quinlan e Greg Liefooghe.  E na divisão Am Cup, tudo resolvido também: a dupla John Geesbreght e Kevin Conway chegaram a 253 pontos com sete vitórias em 12 corridas. O vice-líder Kris Wilson soma 148 e não reúne mais nenhuma chance.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames