IMSA: 43 carros na decisão em Road Atlanta

I
Decisão da IMSA terá brasileiros na pista: Felipe Nasr e Pipo Derani lutam pelo titulo da DPi e além deles, Hélio Castroneves, Felipe Fraga e Augusto Farfus participam da 24ª edição deste clássico do automobilismo no Endurance

RIO DE JANEIRO –  Confirmada a lista de entradas da edição 2021 da Petit Le Mans, corrida que encerra a temporada deste ano no IMSA Weathertech SportsCar Championship no próximo sábado, e que será realizada no circuito de Road Atlanta pela 24ª vez.

A invenção do saudoso Don Panoz, que impulsionou a criação da American Le Mans Series e hoje faz parte do calendário das principais provas de Endurance do mundo, contará com 43 carros na disputa divididos nas cinco categorias presentes na competição – DPi, LMP2, LMP3, GTLM (esta, pela última vez) e GTD.

Numa corrida de despedidas, a Mazda sai de cena com seu protótipo baseado na plataforma Multimatic e despede-se da categoria neste fim de semana. O #55 será conduzido pela última vez por Oliver Jarvis, Harry Tincknell e Jonathan Bomarito.

Em relação à temporada completa, exceto pela inclusão do Cadillac #48 da AX Racing/Ally Racing para Kamui Kobayashi/Jimmie Johnson/Simon Pagenaud, a única alteração é a participação de Hélio Castroneves no #60 da Meyer Shank Racing em substituição a Olivier Pla, afastado por alegada falta de ritmo a bordo do Acura ARX-05C. O piloto cometeu diversos erros nas últmas provas e ironicamente o time terá antigos pilotos do Team Penske na corrida do próximo sábado – Helinho, Dane Cameron e Juan Pablo Montoya.

A batalha pelo título promete: de um lado, Ricky Taylor e Felipe Albuquerque lideram e terão Alexander Rossi a lhes ajudar no #10 da Wayne Taylor Racing. Do outro, estão Pipo Derani e Felipe Nasr, juntos pela última vez no #31 da AX Racing/Whelen Engineering, tendo a companhia de Mike Conway. São apenas 19 pontos (3071 a 3052) separando os pilotos postulantes ao campeonato deste ano.

A LMP2 terá cinco carros com a adesão da United Autosports, que leva um Oreca 07 para Jim McGuire, o veterano Guy Smith e Wayne Boyd. Os demais são os mesmos que vinham competindo nas provas anteriores do certame. Ben Keating e Mikkel Jensen, que terão a companhia de Scott Huffaker na última prova da temporada, comandam a classificação com 1807 pontos.

Desta vez, a LMP3 terá o maior grid entre os Esporte-Protótipos – uma dezena de modelos com motor Nissan V8 5,6 litros participará da etapa final da IMSA, com várias estreias e carros extras, como o da United Autosports para Nicklas Krütten/Tom Gamble/Andy Meyrick e a inscrição da Fast MD Racing com Max Hanratty/James Vance/Todd Archer.

Alguns carros ainda têm nomes em aberto e a Andretti Autosport traz nada menos que Oliver Askew e o bom australiano Josh Burdon para a disputa junto a Jarett Andretti.

Pelo campeonato, Gar Robinson chega à final como líder, tendo vantagem de 50 pontos sobre Colin Braun e Jonathan Bennett. O brasileiro Felipe Fraga, após ter problemas de visto para a disputa das 8h de Indianápolis, foi confirmado no carro #74 que terá também Scott Andrews.

A Petit Le Mans verá o canto do cisne do regulamento técnico GTLM, herdado do ACO/FIA e usado na American Le Mans Series também. Com o desinteresse dos fabricantes, a IMSA não viu mais sentido nessa plataforma e a ideia será substituí-la, em decisão tomada desde o início do ano, pela GTD Pro.

Seis carros e três equipes vão disputar a última prova dentro dessas regras: a Corvette Racing, a BMW Team RLL e a Weathertech Racing – que com o suporte da Proton Competition terá um segundo Porsche 911 RSR-19 inscrito com o dorsal #97. Na BMW, Augusto Farfus participará da prova final do modelo M8 GTE.

A tabela de pontos mostra que Jordan Taylor e Antonio Garcia, que virão para a última etapa com Nicky Catsburg, têm 3269 pontos enquanto os colegas de equipe Nick Tandy e Tommy Milner, com Alexander Sims fechando o trio em Road Atlanta, vêm em segundo com 3142.

Por fim, a GTD terá o maior plantel entre todas as classes – 15 carros no total, sendo nove os construtores com a participação da Inception Racing e um McLaren que será confiado a Ben Barnicoat/Brendan Iribe/Ollie Milroy. Também a Winward, campeã das 24h de Daytona neste ano, regressa com Phillip Ellis/Russell Ward/Maro Engel e sua Mercedes-AMG.

A lista de inscritos mostra vagas em aberto em três times, mas a Alegra Motorsports terá Dani Juncadella junto a Michael de Quesada e Daniel Morad no #28. Sendo assim, Grässer e NTS são os únicos times com terceiros pilotos a confirmar.

Na classificação do campeonato, Zach Robichon e Laurens Vanthoor lideram com a soma de 2938 pontos – cinquenta a mais que Madison Snow/Bryan Sellers. Roman de Angelis e Ross Gunn, que venceram a série Sprint Cup, estão em 3º lugar com 2761 e ainda têm chances remotas, desde que os rivais enfrentem problemas.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

2 Comentários

Por Rodrigo Mattar

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames