“Normal”: Team WRT sai da pole para a vitória nas 3h de Imola

&

RIO DE JANEIRO – Se ‘ganhar Fla-Flu é normal’, como dizem os eufóricos tricolores – eu que o diga… – o Team WRT também considera ‘normal’ ganhar provas no GT World Challenge Europe na série de Endurance, inaugurada hoje na temporada de 2022 com a disputa das 3h de Imola, na Itália.

O #32 guiado por Dries Vanthoor, Kelvin Van der Linde e Charles Weerts partiu da pole e só não esteve no comando quando no primeiro stint, com Weerts a bordo, houve um ligeiro despiste do belga e o #25 da Saintèloc, com Christopher  Mies ao volante, esteve no comando por algumas voltas. De resto, a equipe de Yves Weerts, René Verbist e Vincent Vosse foi absoluta ao longo da disputa, encerrada com 94 voltas percorridas e quatro entradas do Safety Car, pelos mais variados motivos.

Com a pista lotada por 51 carros – o Audi #33 de Ryuchiro Tomita, Arnold e Maxime Robin não alinhou – os incidentes começaram cedo e logo antes da primeira volta, bateram a Ferrari das Iron Dames com a belga Sarah Bovy e o McLaren da JP Motorsport que tinha o polonês Patryk Krupinski escalado para o primeiro turno.

Seria o primeiro acidente dentre outros que atrapalhariam a disputa. Outros competidores ficaram pelo caminho e no total uma dezena dos 51 que alinharam não viram a quadriculada preta e branca na Itália.

A corrida foi assistida por um bom público nas arquibancadas, muitos certamente movidos pela estreia de Valentino Rossi como piloto regular da categoria: aos 43 anos, o “Doutor” acertou com o Team WRT e fará o campeonato inteiro com Nico Müller e Fred Vervisch. O começo foi discreto, com o trio largando de 14º lugar e nunca indo muito além disso – mas com um ritmo decente. Müller fez a primeira parte da prova e entregou a Rossi, que apesar de alguns errinhos, conduziu bem o Audi com o indefectível dorsal #46 – único com autorização da SRO a fugir do padrão da categoria na decoração dos carros.

Mas foi um período de Safety Car, se não me engano o terceiro, que deitou por terra a corrida do trio. E porque Rossi, com o pitlane lotado de carros, passou ‘voado’ pela equipe que já o esperava para a troca de pilotos. No rebosteio, Valentino teve de completar mais um giro atrás do Safety Car e depois acertou o local da parada. Vervisch entrou e não foi o suficiente para uma recuperação: a trinca terminou em 17º lugar.

O erro de Rossi não foi, contudo, a maior patacoada da disputa: pouco antes de o Safety Car retornar a boxes com a pista limpa após um problema com outro carro, o “Boatley” guiado por Matthieu de Robiano foi vítima de um autêntico ‘brake test’ promovido por Jordan Witt, piloto da Leipert Motorsport. Detritos de todos os tipos se espalharam pela pista – a fibra de carbono, se não for retirada do asfalto, corta como faca qualquer pneu – e o carro de segurança acabaria em ação por mais alguns minutos.

Após o Audi triunfante, chegou o Mercedes-AMG da ‘nova’ organização Akkodis-ASP Team, com Raffaele Marciello dividindo as honras com Dani Juncadella e Jules Gounon. O último degrau do pódio teve outra equipe do construtor da estrela de três pontas, já que Luca Stolz, Steijn Schothorst e Maro Engel fizeram boa corrida com o #2 da GetSpeed, que veio da 10ª posição do pelotão.

Daniel Serra e seus camaradas de Iron Lynx fizeram uma prova discreta, mas foram aos pontos: o brasileiro tricampeão da Stock Car, mais Antonio Fuoco e Davide Rigon, chegaram em oitavo lugar. Augusto Farfus recuperou bem após um desastroso segundo turno em que a nova BMW #98 da ROWE Racing que dividiu com Nicky Catsburg e Nick Yelloly chegou a andar em 24º – acabaram em décimo-primeiro, a menos de um segundo do McLaren da Jota, que fechou o top 10 da Pro Cup.

Na Silver, o Team WRT tam´bem venceu: o #30 de Benjamin Goethe, Jean-Baptiste Simmenauer e Thomas Neubauer completou a disputa em décimo-quarto na geral. Após um começo muito forte – com a pole da divisão e um bom período no top 10 geral, o Audi da Attempto guiado por Marius Züg, Alex Aka e Nicolas Schöll fechou em segundo na subclasse e décimo-sexto na geral. A Garage 59 fechou o pódio com a penalização à Mercedes da Al Manar Racing by HRT – Ethan Simioni, Manuel Maldonado e Nikolai Kjegaard tiveram boa atuação e ficaram com o terceiro lugar na categoria.

A nova Gold Cup começou com triunfo da Herberth Motorsport e o Porsche de Ralf Böhn, Alfred e Robert Renauer bateu a Ferrari da AF Corse com Alessandro Balzan, Cédric Sbirazzuoli e Hugo Delacour. O trio da Haupt Racing Team formado pelo patrão Hubert Haupt, além de Florian Scholze e Arjun Maini fechou o pódio da divisão.

Já na Pro-Am, deu Mercedes-AMG e SPS Automotive Performance com Ian Loggie, Dominik Baumann e Valentin Pierburg. Mesmo com o esforço final de Henrique Chaves, que terminou a oito décimos do 2º colocado da classe, a AF Corse levou a melhor com o carro guiado por Louis Machiels, Stefano Costantini e Andrea Bertolini nessa disputa de posição. O português, mais o compatriota Miguel Ramos e o sueco Alexander West se contentaram em completar a festa dos três primeiros em Imola.

A próxima etapa do GT World Challenge Europe Endurance será a disputa dos 1000 km de Paul Ricard, com duração limite de 6h, em Le Castellet, no próximo dia 5 de junho.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames