IMSA com 34 carros no grid em Mid-Ohio

I

RIO DE JANEIRO – Quinto evento da temporada 2022 do IMSA Weathertech SportsCar Championship, o Lexus Grand Prix of Mid-Ohio será disputado domingo no traçado do Mid-Ohio SportsCar Course em Lexington, com quatro categorias presentes das cinco que constam na série de Endurance dos EUA – a única exceção é a GTD Pro, que vai ficar fora nas próximas duas etapas – esta e a de Detroit.

Com a volta da LMP3 após ficar fora em Long Beach e Laguna Seca, o grid compreende 34 carros, sendo seis DPi, seis LMP2, nove LMP3 e 13 GTD.

A corrida será o tira-teima das duplas líderes da temporada: Oliver Jarvis/Tom Blomqvist, da Meyer-Shank Racing e Ricky Taylor/Filipe Albuquerque, da Wayne Taylor Racing, somam os mesmos 1325 pontos e quem chegar à frente da outra evidentemente pode passar à dianteira – ou não, pois a 17 pontos deles estão Tristan Vautier/Richard Westbrook, da JDC-Miller Motorsports.

Pelo retrospecto pregresso e características mais travadas do circuito, a pista é mais favorável aos Acura ARX-05C que aos Cadillac DPi-V.R. Mas tudo pode acontecer na disputa que terá duração de 2h40min.

Pipo Derani volta à ativa na IMSA após a disputa do WEC em Spa-Francorchamps pela Glickenhaus. Ele e o parceiro Tristan Nunez estão em quinto na série com 1249 pontos e dois pódios, com terceiros lugares em Sebring e Long Beach.

Na LMP2, estarão na pista os mesmos carros que participaram do GP de Laguna Seca. Dwight Merriman/Ryan Dalziel (Era Motorsport) defendem a liderança da classificação com 33 pontos de vantagem – 675 a 642 – contra John Farano e Louis Déletraz. Curiosidade: em princípio, Juan Pablo Montoya está inscrito no carro #81 da DragonSpeed junto ao sueco Henrik Hedman – porém, o colombiano tem o compromisso com a Fórmula Indy no mesmo fim de semana no misto de Indianápolis. A ver…

O retorno da LMP3 à ativa após Sebring – quase dois meses fora, portanto – signfica também a volta de Felipe Fraga ao campeonato com o Ligier JS P320 da Riley Motorsports na dupla com Gar Robinson. A novidade para a próxima etapa é a participação conjunta dos atuais campeões do IMSA Prototype Challenge, com uma nova organização na categoria, a MLT Motorsports. Dakota Dickerson e Josh Sarchet vão guiar o carro com o dorsal #58. Serão dois Duqueine M30-D08 no plantel, alinhados por Forty7 Motorsports e AWA contra sete Ligier.

Na classificação do campeonato, João Barbosa e Lance Willsey (Sean Creech Motorsport) chegam a Mid-Ohio no topo, com 374 pontos contra 343 de Ari Balogh, Dakota Dickerson e Garett Grist, que competiram em Sebring pela Jr III Racing. Dependendo da performance com Sarchet nesta corrida, Dickerson pode sair líder do campeonato. Fraga é o 7º somente porque abandonou naquela corrida, somando 275 pontos.

A GTD tem a disputa da quarta etapa do Weathertech SportsCar Championship e também a terceira do campeonato paralelo Sprint Cup – que terá ainda mais cinco eventos. Em relação à etapa passada, a novidade maior vem da Vasser Sullivan, que vai alinhar dois Lexus RC-F, sendo o segundo com o dorsal #17 e confiado a Richard Heistand e ao britânico Jack Hawksworth, que normalmente forma dupla com Ben Barnicoat na GTD Pro – ausente nesta etapa.

Mike Skeen deve retornar ao cockpit do #32 do Team Korthoff – ele esteve ausente por Covid e na etapa passada foi substituído por Dirk Müller. Outra novidade é o retorno de Jordan Pepper ao carro #70 da Inception, no lugar de Frederik Schandorff, que terá compromissos na Europa.

Jan Heylen e Ryan Hardwick chegam líderes na classificação: a dupla da Wright Motorsports soma 985 pontos contra 955 de Stevan McAleer (Team Korthoff) e 783 de Bill Auberlen/Robby Foley (Turner Motorsport). Na Sprint Cup, Madison Snow/Bryan Sellers (Paul Miller Racing) são os ponteiros, com 690 pontos.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

1 Comentário

Por Rodrigo Mattar

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames