WEC, 6h de Spa-Francorchamps: Penske coloca asinhas de fora e Nasr é o mais rápido do TL2

W
Penske no topo de um treino do WEC logo na segunda corrida? Temos. Pior para os adversários, que já começam a ver o que o time de “Capitão” Roger pode fazer futuramente no Endurance. Vai vendo…

RIO DE JANEIRO –  Alguém duvidava da capacidade do Team Penske de que na primeira oportunidade que tivessem mostrariam ao que vinham no WEC? Pois a dúvida foi tirada hoje no TL2 das 6h de Spa-Francorchamps. 2ª etapa da temporada 2022 do Mundial de Endurance.

Felipe Nasr foi o mais rápido da sessão com o “Banana Boat” #5, mesmo que fracionalmente melhor que o Glickenhaus guiado por Olivier Pla – a diferença foi de 0″021, num claro indício de que os Hypercars devem vir à carga e brigar pela pole position mais tarde. Mas o recado do time estadunidense está dado e azar dos adversários da LMP2 e também um sinal de alerta para quem enfrentar Porsche e Penske juntas e ao vivo em 2023 na Hypercar com o protótipo LMDh deles – segura que eu quero ver…

Brendon Hartley fez a 3ª melhor volta da sessão com o Toyota #8 a dois décimos da marca de Nasr. Oliver Jarvis (United Autosports) foi o segundo melhor entre os LMP2 e a Prema ficou em 3º no grupo com Louis Déletraz. O Alpine vencedor absoluto em Sebring fez o 10º tempo no TL2 – André Negrão estabeleceu 2’05″477, a 1″034 da volta de Nasr.

Entre os LMP2 Pro-Am, Alessio Rovera (AF Corse) foi o mais veloz da sessão com 2’05″507, meio segundo abaixo do #45 da Algarve Pro Racing, guiado pelo austríaco René Binder.

Na LMGTE-PRO e LMGTE-AM, os Porsche 911 RSR-19 aproveitam ao máximo as características da pista e vão ditando o ritmo – e deitando e rolando sobre Ferrari e Corvette na classe principal e sobre as rivais da divisão inferior, trocando a Corvette pela Aston Martin.

Michael Christensen fez o melhor tempo do TL2 com o #92 do time oficial de fábrica em 2’14″366, relegando a AF Corse a uma diferença superior a meio segundo, com James Calado e e Antonio Fuoco nas posições subsequentes. Para nenhuma surpresa, o construtor de Weissach liderou em 1-2 na LMGTE-AM com Matteo Cairoli melhor que Seb Priaulx a bordo, respectivamente, do #46 do Team Project 1 e do #77 da Dempsey Racing-Proton, mas a Ferrari do veterano Giancarlo Fisichella se arvorou a mostrar velocidade e o italiano foi o 3º mais veloz, seguido pela Spirit of Race com Gabriel Aubry e a GR Racing, graças a Riccardo Pera.

Na 6ª posição, veio Henrique Chaves, o estreante português, com o melhor dos Aston Martin do plantel. As Iron Dames ficaram em décimo: Rahel Frey marcou 2’17″377, enquanto o giro mais lento da sessão foi do #56 do Team Project 1 – Brendan Iribe fez a melhor volta do Porsche em 2’17″998.

Mais tarde, o blog reporta o resultado do TL3. A sessão de classificação que define o grid de largada para as 6h de Spa-Francorchamps começa 13h20 pelo horário de Brasília, 18h20 hora local na Bélgica.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames