WEC, 6h de Spa-Francorchamps: Toyota apresenta armas no TL3

W

RIO DE JANEIRO – Uma certa ‘normalidade’, enfim, no último treino livre e preparatório para a definição do grid de largada das 6h de Spa-Francorchamps: a Toyota fez 1-2 pela primeira vez no fim de semana com seus GR010 Hybrid em simulações de classificação.

O #7 com Kamui Kobayashi a bordo fez a melhor volta de todo o fim de semana até aqui – 2’03″225, 0″202 abaixo do #8 guiado por Brendon Hartley. Lembrando que o #7 é um chassi novo depois da porrada de “Pechito” López em Sebring.

A Prema ficou com o 3º tempo absoluto e a melhor marca da LMP2 – Louis Déletraz virou em 2’04″254, com o Alpine de Matthieu Vaxivière em quarto e a mais de um segundo e meio acima da melhor volta da sessão. Robin Frijns fechou o top 5 do último treino com o carro #31 da WRT.

Felipe Nasr continua como o mais rápido dos três pilotos do Team Penske – o brasileiro foi o 8º da sessão final de treinos livres com 2’05″045, um décimo abaixo do melhor LMP2 Pro-Am, da AF Corse, guiado por Alessio Rovera.

O carro da Glickenhaus andou pouco no TL3, pois uma saída de pista mandou o Hypercar do construtor estadunidense para a caixa de brita. Antes disso, Romain Dumas fez o tempo de 2’05″525, acima do que Olivier Pla virara mais cedo.

Gianmaria Bruni fez a melhor volta da LMGTE-PRO, confirmando o favoritismo dos Porsche 911 RSR-19 neste fim de semana. O italiano virou em 2’13″545 e superou em meio segundo o tempo do compatriota Ale Pier Guidi, da Ferrari. Miguel Molina foi o 3º com o outro carro da AF Corse, com Nick Tandy em quarto a bordo do Corvette e Kévin Estre em quinto.

Na LMGTE-AM, Mikkel Pedersen estabeleceu a volta mais rápida do treino em 2’15″351, com Harry Tincknell em segundo – mais um domínio Porsche com 1-2 – quebrado pelo Aston Martin da TF Sport com Marco Sorensen. Ben Barnicoat pôs o segundo carro do Team Project 1 em quarto, seguido por Jan Heylen no outro carro da Dempsey Racing-Proton. Toni Vilander, em sexto, foi o melhor entre os pilotos com Ferrari.

As Iron Dames ficaram com o 9º tempo entre os 13 carros inscritos: a britânica Doriane Pin, estreante no WEC, fez a melhor volta do carro em 2’16″948.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames