24h de Le Mans: dobradinha Toyota no último treino livre

2

RIO DE JANEIRO – A última atividade de pista antes do warm-up de sábado para a 90ª 24h de Le Mans transcorreu sem grandes sustos para a Toyota. Dona da primeira fila, a montadora oriental fez a dobradinha no TL4 disputado na noite desta quinta-feira em La Sarthe .

José María López foi o mais rápido com o GR010 Hybrid #7, marcando 3’28″322, 0″362 abaixo do tempo de Sébastien Buemi, que demorou um pouquinho mais que o sul-americano para se aproximar do colega de equipe. A Glickenhaus veio a seguir, com Pipo Derani registrando o terceiro tempo e Richard Westbrook o quarto. O Alpine A480 veio a seguir, mas a 2″717 da melhor volta do dia.

Na LMP2, a United Autosports superou por quase dois décimos de segundo a marca do #65 da Panis Racing. Alex Lynn foi o autor da melhor volta em 3’32″226 e Job Van Uitert cravou 3’32″422. Jonathan Aberdein fechou o top 3 com o carro #28 da Jota.

O #38 teve um entrevero sem grandes consequências com o carro da DKR Engineering guiado por Alexandre Cougnaud, a não ser uma ligeira saída de pista. Já a Graff teve o segundo despiste do dia: após o acidente de Sébastien Page no treino #3, David Droux teve uma colisão com as barreiras na altura de Mulsanne.

Por falar na LMP2, a TDS Racing x Vaillante, que não andou neste quarto treino, terá de conseguir – isso se conseguir – um piloto bronze de última hora: além de reconstruírem o carro danificado no TL3 com outro chassi, o piloto acidentado – Philippe Cimadomo, um novato francês de 62 anos – foi vetado pelos comissários por ‘oferecer riscos de segurança’ aos demais pilotos. Ele se envolveu em três incidentes em separado ao longo dos treinos e o último foi a gota d’água.

Não é novidade essa prática: em 2019, Satoshi Hoshino aprontou tantas que foi ‘convidado a se retirar’ do evento. Dez anos antes, Stuart Hall jogou um competidor que guiava um protótipo Radical LMP2 para fora e igualmente acabaria ‘saído’ da disputa. Também por outros motivos, naquele mesmo ano de 2009, Jan Magnussen (doença) e Narain Kartikheyan (ombro deslocado) foram impedidos de seguir e deixaram os carros respectivos com apenas dois pilotos. Enfim, isso é outra história…

Sigamos: o Team Penske de Felipe Nasr ficou em 18º nesta última sessão com 3’34″603, enquanto a Inter Europol de Pietro Fittipaldi, com bom ritmo, foi décima-primeira na categoria, marcando 3’33″701.

Sem a Ferrari da Riley, que ficou na garagem, o plantel da LMGTE-PRO foi liderado por Nicky Catsburg com o tempo de 3’52″710, apenas 0″021 melhor que o #64 conduzido por Tommy Milner. Numa polaroide da Hyperpole, os Porsches e as Ferraris de fábrica escudaram os modelos estadunidenses.

Na LMGTE-AM, que teve três dos 23 carros sem tempo cronometrado na última sessão, Harry Tincknell liderou o 1-2 da Dempsey-Proton, tendo marcado 3’55″067, 0″198 abaixo do colega de time. Louis Prette Jr. ficou em terceiro com a Ferrari da AF Corse, pole position da categoria para a corrida deste fim de semana.

E assim os carros ficam nas garagens nesta sexta-feira – é dia de Desfile dos Pilotos, após três anos ausente, voltando para uma última checagem sábado no warm-up e a corrida larga às 16h locais, 11h de Brasília.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames