Novo Porsche 963: um recado direto à Toyota

N
Para seguir o legado de vitórias iniciado com o 917 e as gerações seguintes, até os 956/962 de Grupo C, sem contar o 919 Hybrid, a Porsche apresentou hoje oficialmente o modelo 963 construído dentro do regulamento LMDh. Carro terá motor biturbo V8 derivado do Spyder 918

RIO DE JANEIRO – Oficial: a Porsche anunciou hoje o codinome do seu protótipo LMDh com que volta ao Endurance nas classes principais do FIA WEC, IMSA e às 24h de Le Mans no ano do Centenário da disputa na qual é a maior vitoriosa, com 19 triunfos.

O construtor alemão revelou às 19h30 da Europa, 14h30 de Brasília, mais detalhes sobre o Porsche 963 – assim escolhido para sair do escopo do 919 Hybrid e voltar à gênese de uma geração tremendamente vitoriosa, dos modelos 956 e 962 de Grupo C. Ainda que o 963 seja construído – dentro da premissa da regra instituída – na plataforma Riley-Multimatic de LMP2 – que inclusive já está dentro das regras técnicas para a divisão a entrar em vigor no ano de 2025.

O novo carro terá motor 4,6 litros V8 biturbo, derivado do seu modelo esportivo 918 Spyder. Será dotado, logicamente, do sistema híbrido padrão a todos os construtores que adotarem o regulamento LMDh, no conjunto Bosch + Williams Technologies + XTrac, que fornecerá a caixa de câmbio.

A reboque do anúncio oficial do carro que, na decoração lembra vagamente o livery do 917 da Porsche Salzburg que venceu pela primeira vez na geral em 1970 com Dick Attwood e Hans Herrmann, a junção Porsche-Penske Motorsport teve enfim seus pilotos anunciados. Dois deles já eram conhecidos: o brasileiro Felipe Nasr e o estadunidense Dane Cameron.

Os demais não se constituem em surpresas, muito embora o mais experiente deles não tenha sido dos mais proeminentes nomes quando defendeu a marca no WEC em 2017 – refiro-me ao alemão Andre Lotterer, que faz 41 anos em novembro e dos oito nomes é o único remanescente dos programas Audi e Porsche com motores diesel e alta tecnologia de sistemas híbridos.

Os franceses Kévin Estre e Mathieu Jaminet, o australiano Matt Campbell, o belga Laurens Vanthoor e o dinamarquês Michael Christensen vão compor as tripulações de FIA WEC e IMSA, ainda não distribuídas conquanto indefinidas. Nomes adicionais serão indicados para as provas do IMSA Michelin Endurance Cup, notadamente 24h de Daytona e 12h de Sebring.

A Porsche já percorreu quase 7,9 mil km de testes só no primeiro semestre e o Team Penske interrompeu sua presença com um Oreca LMP2 no WEC após Le Mans, justamente para que Nasr e Cameron, além dos demais pilotos da marca e outros nomes envolvidos no desenvolvimento do protótipo sigam trabalhando para deixar o 963 no chamado “ponto de bala” para sua estreia.

Acabou a brincadeira: a Toyota agora tem um concorrente sério. Peugeot e Ferrari – esta última ainda sequer realizou o ‘rollout’ de seu Hypercar para o próximo ano – que abram o olho. Roger Penske não entra em nada para perder. Nem a turma do cavalo empinado de Stuttgart.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

4 Comentários

  • Apesar de Lotterer e grandes pilotos de GT, achei que faltou um nome de peso internacional como foi o Mark Webber em 2014, confesso que esperava ver o Hulkenberg entre eles, veremos os dois faltantes.

  • Linda a barata.
    Principalmente se compararmos com o que temos hoje, onde predomina um visual estranho e por vezes até desproporcional.
    Se a beleza for um bom sinal, promete muito.

Por Rodrigo Mattar

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames