Cadillac LMDh já faz primeiros quilômetros

C
Ainda sem codinome definido pela fábrica, o Cadillac LMDh que será visto no WEC, 24h de Le Mans e IMSA andou em Putnam Park com o neozelandês Earl Bamber

RIO DE JANEIRO – Chega logo, 2023! A sensação é de ansiedade a cada momento em que aparece um carro novo com vistas ao próximo ano no Endurance mundial. Já chegou o inovador Peugeot 9×8. Foi lançado o Porsche 963 LMDh. A Ferrari Hypercar andou em Fiorano.

Agora foi a vez do novo Cadillac LMDh completar seus primeiros quilômetros para verificação de sistemas, tendo a bordo o neozelandês Earl Bamber, antigo piloto oficial da Porsche e hoje vinculado à marca estadunidense via Chip Ganassi Racing.

O novo protótipo, ainda sem codinome definido pela montadora, foi testado em Putnam Park, a mesma pista do estado do Wisconsin onde o primeiro DPi do construtor andou há seis anos. As primeiras voltas aconteceram na última quinta-feira.

A foto dá nas vistas o seguinte: o Cadillac LMDh que aí está é absolutamente diferente daquele visto há meses no vídeo e no lançamento oficiais do projeto, onde confirmou-se que a Chip Ganassi Racing e a AX Racing serão os times representantes na IMSA e FIA WEC (neste último, somente a Ganassi).

Concebido sobre a plataforma Dallara, o carro causou excelente impressão em Earl Bamber.

“Foi emocionante entrar e sentar no Cadillac pela primeira vez e ter uma ideia de como será o futuro. Tanto trabalho foi feito no carro para 2023 e mal posso esperar para vê-lo ‘decolar’ na próxima temporada. Esse teste foi um esforço monumental de grupo entre Dallara, Chip Ganassi Racing e Cadillac”, disse o neozelandês.

O carro será dotado de uma unidade mecânica 5,5 litros V8 DOHC, coligada ao sistema híbrido padrão dos competidores que optaram pela plataforma LMDh e desenvolvido conjuntamente entre Bosch, Williams Technologies e X-Trac.

“Esse foi só o começo de uma série de treinos de preparação para o próximo ano, com um viés bem agressivo e muita quilometragem”, garante a gerente de motorsport do Grupo General Motors, Laura Wontrop-Klauser. “Nossa equipe de trabalho está dedicada a continuar a rica herança de vitórias da Cadillac na pista”, assentiu.

Após a construção do primeiro carro, a Cadillac dedicar-se-á ao trabalho de finalização dos outros exemplares e assim iniciar de forma mais intensiva os testes de desenvolvimento da máquina que estreia oficialmente em janeiro de 2023, nas 24h de Daytona.

Sobre os demais construtores LMDh, a Acura fará o primeiro rollout do seu ARX-06C em até dez dias e o novo BMW V8 LMDh testa pela primeira vez no fim deste mês.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

2 Comentários

Por Rodrigo Mattar

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames