FIA WEC, 6h de Monza: Toyota e Glickenhaus lideram últimos treinos livres

F
O Glickenhaus 007 LMH de Pipo Derani, Olivier Pla e Romain Dumas segue como o carro mais rápido em Monza durante os treinos livres, com Dumas na melhor volta do fim de semana na Itália

RIO DE JANEIRO – Toyota e Glickenhaus lideraram na manhã e começo da tarde deste sábado – madrugada e manhã de Brasília, por conta do fuso horário de -5h – as atividades de treinos livres para as 6h de Monza, 4ª etapa da temporada 2022 do Mundial de Endurance (FIA WEC).

Mais cedo, na sessão com 90min de duração, o GR010 Hybrid campeão das 24h de Le Mans liderou o FP2 por 0″083 apenas de vantagem sobre o 9×8 da Peugeot, que vem apresentando desde ontem – aparentemente – um desempenho bem consistente. Brendon Hartley foi o autor da volta mais rápida daquela sessão, seguido por Mikkel Jensen.

O treino #2 foi muito mais apertado que o primeiro. Os seis Hypercar inscritos rodaram dentro de menos de meio segundo – precisamente 0″424.

No FP3 com pista aberta por 60min, todavia, Romain Dumas cravou a melhor volta de todo o fim de semana em 1’36″813, dois décimos abaixo do Peugeot #93 com Jensen novamente como o piloto mais veloz, cravando por fração o escocês Paul Di Resta, que andou melhor no #94 que os demais colegas de time. A Toyota ficou apenas em quarto, superada por quase meio segundo.

A Alpine do brasileiro André Negrão foi 5ª no FP2 e sexta no FP3 a oito décimos do Glickenhaus.

Na classe LMP2, United Autosports e Jota lideraram a tabela de tempos: mais cedo o #22 da equipe de Richard Dean e Zak Brown registrou 1’38″917 pelas mãos de Filipe Albuquerque e Jonathan Aberdein, na sessão livre final, baixou um pouco a marca do luso – 1’38″904 com o #28 do time vencedor em La Sarthe na categoria.

A Porsche marcou a melhor volta do FP2 na LMGTE-PRO com Gianmaria Bruni, mas quem riu por último – por enquanto – foi a Corvette, com Nick Tandy estabelecendo a melhor volta da divisão até agora e único a baixar de 1’46” – 1’45″902. O #92 da dupla Michael Christensen e Kévin Estre saiu do terceiro treino livre com exatos 1’46″000, seguida pela Ferrari de Ale Pier Guidi e James Calado.

Entre os LMGTE-AM, Porsche e Ferrari, Team Project 1 e AF Corse dividiram as honras. Mais cedo, foi o #46 do time germânico o mais veloz – 1’47″738 com Mikkel O. Pedersen. No último treino, deu Nick Cassidy à frente com a #54 da equipe de Amato Ferrari, com 1’47″676, superando por um décimo de segundo o Porsche #77 da Dempsey-Proton.

A definição do grid das 6h de Monza começa 12h30 de Brasília (17h30 hora local).

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames