IMSA: anunciados 37 carros para a etapa de Road America

I

RIO DE JANEIRO – Marcada para o próximo dia 7 de agosto, a antepenúltima etapa do IMSA Weathertech SportsCar Championship – penúltima para todas as classes de Esporte-Protótipos – volta a reunir as cinco classes da série em Road America, no espetacular circuito de Elkhart Lake, no Wisconsin.

O IMSA Fastlane SportsCar Weekend será disputado por 37 carros, sendo 21 protótipos – seis DPi e igual número de modelos LMP2, além de nove LMP3 e 16 Grã-Turismo, com cinco GTD Pro e onze GTD.

A corrida terá inclusive largada às 12h40 de Brasília para não colidir com horários de grade do grupo de comunicação NBC/Peacock, que também detém os direitos de transmissão da Nascar e da Fórmula Indy. A Stock Car estadunidense corre em Michigan uma prova de 400 milhas. A Indy, em Nashville, no Tennesse.

Na classe principal, com os ‘suspeitos’ de sempre na entry list, o panorama do campeonato aponta Tom Blomqvist e Oliver Jarvis líderes antes do evento de Road America, com 2737 pontos, contra 2681 de Ricky Taylor e Filipe Albuquerque e 2589 para Sébastien Bourdais e Renger Van der Zande, que venceram a rodada do Canadá. Na conta da dupla do #60 da Meyer-Shank Racing, nada menos que cinco segundos lugares nas últimas cinco etapas.

Pipo Derani, único brasileiro da subclasse DPi, vai no #31 da Whelen Engineering/AX Racing com Olivier Pla, o que acontece desde Belle Isle: o atual campeão junto a Felipe Nasr – e atual vencedor no Spa-Francorchamps das Américas – ainda não triunfou em 2022. É o quinto na classificação, com 2463 pontos.

Na LMP2, que não esteve presente em Mosport, o 2º lugar junto a Louis Déletraz e Rui Andrade na etapa anterior em Glen ofertou ao gentleman driver John Farano a liderança solitária do campeonato com 1294 pontos contra 1257 de Juan Pablo Montoya/Henrik Hedman e 1232 de Steven Thomas/Jonathan Bomarito. Das equipes presentes na etapa passada em Watkins Glen, só o Racing Team Nederland, que disputa o IMSA Michelin Endurance Cup, está fora.

A United Autosports só volta na última em Road Atlanta e a prometida inscrição do Team M-Sport ainda não se concretizou e dificilmente acontecerá este ano.

Entre os LMP3, as ausentes serão a Mühlner Motorsports America (o motor do carro #6 explodiu em Glen de forma monumental) e a Forty7 Motorsports, além da Fast MD – esta deve regressar em Road Atlanta, no encerramento do campeonato. Em compensação, a JDC-Miller Motorsports terá um Duqueine D30-M08 inscrito para Scott Andrews e Gerry Kraut – serão dois carros da marca que absorveu a Norma e sete Ligier.

O lineup de algumas equipes tem mudanças: Kyle Marcelli estará no #13 da AWA ao lado de Orey Fidani e Malthe Jakobsen dividirá o #33 com o português João Barbosa.

Com a vitória em Mosport, a segunda em três provas, além do terceiro pódio seguido, Colin Braun e Jonathan Bennett lideram o campeonato com 1391 pontos, contra 1293 de Garett Grist/Ari Balogh e 1253 de Gar Robinson. Felipe Fraga, que não competiu em Mosport por estar envolvido com o DTM, está em 7º na tabela com 958.

A GTD Pro desde Lime Rock foi reduzida a cinco carros de cinco modelos diferentes: Corvette, Porsche, BMW, Aston Martin e Lexus. A Weathertech Racing de Cooper MacNeil ‘caiu’ para a GTD e seguirá por lá até o fim desta temporada.

Restando três provas pois os Grã-Turismo terão outro evento só deles no ViR, marcado para 28 de agosto, a dupla da Pfaff Motorsports formada por Mathieu Jaminet e Matt Campbell comanda o campeonato com 15 pontos de avanço para Jordan Taylor e Antonio Garcia (2241 a 2226), cabendo a Ben Barnicoat o 3º lugar.

Já na GTD a boa notícia é a volta da NTE Sports/SSR e seu Lamborghini Huracán conduzido por Marco Holzer e Jaden Conwright, deixando o plantel com onze inscritos e sete marcas diferentes – Mercedes-AMG, Lambo e BMW são as únicas com mais de dois carros. Outras escuderias ausentes em Elkhart Lake devem voltar somente em Road Atlanta, na etapa final da temporada, em outubro.

A corrida, penúltima etapa da IMSA Weathertech Sprint Cup, terá Stevan McAleer, do Team Korthoff Motorsports, ainda na frente da classificação com 2071 pontos, quarenta a mais que Jan Heylen e Ryan Hardwick, da Wright Motorsports. Em 3º vem o canadense Roman De Angelis, da The Heart of Racing – somando três pódios em sequência e 2010 pontos na tabela.

No IWSC, a liderança é de Bryan Sellers e Madison Snow, da Paul Miller Racing, somando 2039 pontos contra 1827 de Roman De Angelis e 1785 de Bill Auberlen/Robby Foley.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames