Tag1982

Discos eternos – Escolas de Samba do Grupo 1-A (1982)

D

RIO DE JANEIRO – Quase todo mundo do meio do esporte tem um quê de “entendido” de Carnaval. Não à toa, com uma ou outra exceção, até nas transmissões da televisão, os âncoras são jornalistas esportivos e alguns dos repórteres do mètier são apaixonados pela matéria. Como nunca tive a oportunidade de opinar com o microfone, dou meus pitacos nas redes sociais. E quem me conhece...

Direto do túnel do tempo (392)

D

RIO DE JANEIRO – Nesta quinta-feira, 8 de novembro, faz sete anos que Luiz Pereira Bueno nos deixou. Para toda uma geração, ele é um dos maiores da história do nosso automobilismo. Se a carreira dele não deu certo no exterior é outro departamento, mas que o “Peroba” era bom demais… ah! isso era. A trajetória do Luizinho começou aos 20 anos, no velho Interlagos, a bordo de...

Direto do túnel do tempo (358)

D

RIO DE JANEIRO – Um belo registro do automobilismo brasileiro no ano de 1982: 5ª etapa do Campeonato Brasileiro de Fórmula 2, realizada em Interlagos. Foi o dia em que a principal categoria de monopostos do país decidiu fazer uma corrida no anel externo do lendário circuito paulistano, que tinha 3,278 km de extensão e era muito veloz. Essa corrida teve um público bastante bom, calculado em...

Emblemático…

E

RIO DE JANEIRO – Esse, confesso, é um registro que nunca tinha visto. Dica do amigo e leitor do blog Pedro Migão. Zolder, 1982. No fatídico dia 8 de maio, Didier Pironi caminha pela pista belga com dois capacetes na mão. O casco escuro na foto em preto e branco é o de Gilles Villeneuve, que morreria naquele sábado há 34 anos. E os dois, companheiros de equipe na Ferrari, estavam brigados...

Direto do túnel do tempo (330)

D

RIO DE JANEIRO – Dia 15 de maio de 1986. Testes da Fórmula 1 em Paul Ricard, na França. Esses de La Verrière. De repente, um carro se acidenta a 270 km/h naquele ponto do circuito. Há incêndio. O piloto dentro do carro não resiste aos ferimentos e morre horas depois. A tragédia tira do automobilismo um dos pilotos mais queridos de seu tempo, há exatos 30 anos: Elio de Angelis. Italiano de...

Direto do túnel do tempo (295)

D

RIO DE JANEIRO – Qualquer troca de motor hoje no automobilismo pode parecer uma barbada. Mas em tempos idos, não era. A rapaziada tinha que fazer das tripas coração para pôr um carro em ordem. A foto acima mostra bem que mecânico não tinha moleza e na Fórmula 1 dos anos 80. Cinco integrantes da Osella, todos sem camisa, driblando um possível calor, trabalham sem cessar a céu aberto, sem...

Pequenas maravilhas – Ferrari 512 BB (1982)

P

RIO DE JANEIRO – O blog está de volta com mais miniaturas para o deleite dos leitores e do blogueiro. Primeira – de inúmeras – contribuições enviadas pelo Bruno Serafim, que mandou fotos de modelos aqui para babar na gravata de tão bacanas. A primeira que o blog posta é a Ferrari 512 BB que disputou as 24h de Le Mans de 1982, em escala 1:43 e fabricada pela Ixo. Inscrita pela...

Discos eternos – Barão Vermelho (1982)

D

RIO DE JANEIRO – Nascido do sonho adolescente de dois fãs do Queen, o Barão Vermelho surgiu nos anos 80 como uma das referências do (re)nascente rock nacional, que ganhou corpo nas garagens e com a energia que é peculiar aos jovens roqueiros, mudou de vez a cara da música brasileira. Com o grupo formado por Guto Goffi (bateria), Maurício Barros (teclados e sintetizadores), Dé Palmeira...

Pequenas maravilhas, especial Le Mans: Porsche 956 LH (1982)

P

RIO DE JANEIRO – Mais um ícone do automobilismo mundial e, consequentemente, das 24 Horas de Le Mans, aqui na série de miniaturas especiais de Sarthe aqui no blog, por cortesia do Antoine Haswani Júnior. Eis o Porsche 956 LH que disputou – e venceu – a edição da corrida em 1982, há 33 anos, com Derek Bell e Jacky Ickx. Uma das raras minis com publicidade de cigarro (no caso da...

“Eu vejo um novo começo de era…”

&

RIO DE JANEIRO – Já disse aqui e outra vez repito: Lulu Santos, antes de fazer parte do insuportável programa The Voice Brasil, foi o maior hitmaker deste país. Com parceiros feito Ronaldo Bastos e Nelson Motta, enfileirou dezenas de sucessos nos anos oitenta e um deles, cheio de esperança em sua letra, é “Tempos Modernos”, de seu primeiro e muito bem sucedido disco, auto...

Direto do túnel do tempo (249)

D

RIO DE JANEIRO  – Registro histórico de um Roberto Pupo Moreno ainda jovem e um tanto quanto assustado a bordo do cockpit da Lotus 91 Cosworth, em 1982. Então com 23 anos e um pouco mais de cabelo do que hoje a calvície denuncia, o Baixo arrebentara na Fórmula Ford britânica em seu primeiro ano completo no exterior (1980) e na Fórmula 3 em 1981, impressionando ninguém menos que Colin...

Equipes Históricas – Tyrrell, parte XIV

E

RIO DE JANEIRO – Em 1982, a Tyrrell apostava todas as suas fichas no emergente talento do italiano Michele Alboreto para tentar alguma coisa na Fórmula 1. Com apenas 25 anos, “Il Marocchino” despontava como o melhor piloto de seu país e alguns, com algum exagero, já viam nele o possível sucessor do mito Alberto Ascari. Devaneios à parte, Alboreto teria que lutar muito para...

Direto do túnel do tempo (236)

D

RIO DE JANEIRO – Foto postada no grupo Sportscar Portugal, do qual faço parte no Facebook, pelo Ricardo Grilo. Ele explica também que esses dois carros eram da John Fitzpatrick Racing, em texto que reproduzo mais ou menos ipsis litteris aqui abaixo. Em 1982, primeiro ano do Grupo C, não existiam muitos modelos disponíveis para os concorrentes privados. Por isso, o piloto britânico John...

Direto do túnel do tempo (229)

D

RIO DE JANEIRO – Se você conhece algum Karl Edward Tommy na história da Fórmula 1, então você sabe tudo dos nomes dos pilotos da categoria. Pois esse é o nome de batismo do sueco Slim Borgudd, que disputou uma dezena de corridas entre 1981 e 1982. Esse sueco, que hoje completa 68 anos, é mais conhecido por ter sido o baterista das sessões de estúdio de vários discos do grupo pop ABBA do que...

Equipes históricas – Fittipaldi, parte VIII (final)

E

RIO DE JANEIRO – Mergulhada na maior crise de sua história, após um campeonato em que passou em branco, a Fittipaldi nadava contra a corrente, pela sobrevivência na Fórmula 1. As dívidas se acumulavam e com a inflação brasileira a níveis galopantes, pouco ou nada restava fazer pela equipe dos irmãos Wilsinho e Emerson Fittipaldi – que ainda lutavam para manter o sonho vivo. Eles...

Direto do túnel do tempo (215)

D

RIO DE JANEIRO – Duas das minhas maiores admirações no automobilismo: Gilles Villeneuve e Reginaldo Leme, juntos, em foto histórica tirada em Jacarepaguá, 1982. Tenho as melhores lembranças daquela corrida, a última do “Aviador Maluco” no Brasil. Ele liderou as primeiras 29 voltas com a Ferrari 126 C2 Turbo até perder a freada para a Curva Norte e bater nas cercas de proteção...

Direto do túnel do tempo (190)

D

RIO DE JANEIRO – O piloto a bordo do Theodore TY02, carro da equipe de Teddy Yip, é um dos aniversariantes de hoje, 6 de maio. O taurino Tommy Byrne completa 56 anos de idade. Irlandês de Drogheda, o piloto tinha 24 anos quando fez suas únicas aparições na Fórmula 1 em 1982. Disputava em paralelo a Fórmula 3 inglesa, da qual foi campeão. E foi atirado às feras numa temporada das mais...

Oitava coluna

O

RIO DE JANEIRO – Mais uma coluna Parabólica sai do forno para os leitores do Grande Prêmio. O mote, claro, é a tragédia de Imola e os 20 anos da perda não só de Ayrton Senna e Roland Ratzenberger, traçando um paralelo com o ano de 1982, em que a Fórmula 1 também presenciou a morte de dois pilotos. Tão ídolo quanto Ayrton Senna, Gilles Villeneuve se foi. E tão anônimo quanto Roland...

Direto do túnel do tempo (171)

D

RIO DE JANEIRO – O ano é 1982. Torneio Rio-São Paulo de Fórmula Fiat no Autódromo de Interlagos. A categoria, que herdou os antigos equipamentos da Fórmula Vê e começara um ano antes, com Maurício Gugelmin campeão, disputava em 20 de junho sua 3ª etapa do certame regional. A propósito, o antigo carro de Gugelmin está na foto. É o #11, que foi herdado pelo catarinense Renato Naspolini, que...

Direto do túnel do tempo (156)

D

RIO DE JANEIRO – Neste dia 23 de dezembro, se vivo fosse, Michele Alboreto teria completado 57 anos de idade. Graças a Ken Tyrrell, chegou à Fórmula 1 em 1981 quando ainda competia em paralelo no Europeu de Fórmula 2 pela Minardi. Com pouco mais de meia temporada cumprida em seu primeiro ano na categoria máxima, Alboreto conquistou a confiança do velho Ken e tornou-se primeiro piloto em...

Discos eternos – Video Hits (1982)

D

RIO DE JANEIRO – A série dos discos eternos resenhados pelo blog pouco a pouco abre honrosas exceções e desta vez quem aparece aqui não é um trabalho de um único artista ou grupo. É uma coletânea. E das boas. Lançada pela CBS, hoje Sony Music, em 1982, Video Hits é uma reunião de petardos pop que fizeram muito sucesso no mundo inteiro e que ajudou a lançar vários artistas no mercado...

Esporte-Protótipos Inesquecíveis – Lancia LC1 Spyder (1982)

E

RIO DE JANEIRO – Vamos dar início aqui no blog a uma nova série para lembrar de carros históricos – agora entre os Esporte-Protótipos. O primeiro é este exemplar da foto: o Lancia LC1 Spyder, que disputou o Mundial de Endurance (World Sportscar Championship) em 1982. Com as cores da Martini & Rossi e dos cigarros MS, este protótipo fez estardalhaço ao competir contra os Porsche...

Samurai

S

RIO DE JANEIRO – Com auxílio luxuoso de Stevie Wonder, que gravou os trechos com gaita da canção, Djavan estrondou em 1982 com sua “Samurai”, vista aqui num protoclipe do Fantástico. O alagoano, cuja carreira começou com uma boa forcinha de uma emissora de televisão, que pôs música dele em trilha sonora de novela (“Alegre menina”), despontou em 1975 com “Fato...

Direto do túnel do tempo (101)

D

RIO DE JANEIRO – Em tempos onde se fala de boicote ao GP da Alemanha de Fórmula 1 pela questão da falta de segurança dos pneus Pirelli, no Mundial de Motovelocidade lembro de duas corridas da categoria 500cc onde os principais pilotos se recusaram a competir. Uma foi o GP das Nações de 1989 em Misano Adriático, corrida vencida pelo italiano Pierfrancesco Chili debaixo de muita chuva. A...

“It’s raining again…”

&

RIO DE JANEIRO – O Alexandre Carvalho deu a dica de pôr no blog no clip da semana todos os vídeos de músicas aludindo a coletânea Video Hits, lançada em fins de 1982 pela CBS – e que eu tive em fita cassete. Mas, como hoje chove a cântaros no Rio de Janeiro, vou apelar para essa aqui: “It’s raining again”, do Supertramp, antes de Roger Hodgson deixar o grupo, é o...

Tal filho, tal pai…

T

RIO DE JANEIRO – … ou, quem sai aos seus, não degenera. Os Piquet gostam mesmo de uma briga. Apesar de serem amigos hoje, Nelsão, o pai, perdeu as estribeiras com o chileno Eliseo Salazar no GP da Alemanha de 1982, em Hockenheim. Hoje, foi a vez de Nelsinho, o filho, ser tirado do sério pela primeira vez na Nascar. Na corrida de hoje disputada em Richmond pela Nationwide Series...

Discos eternos – Thriller (1982)

D

RIO DE JANEIRO – Em 1982, Michael Jackson presenteou o mundo da música com um videoclip histórico e um disco idem. Três anos após o excepcional Off The Wall, de músicas maravilhosas como “Rock With You” e “Don’t Stop ‘Til Get Enough”, o artista estrondava com seu sexto álbum, Thriller. Para quem pensa que foi um disco fácil de ser produzido, nada menos...

One on one

O

RIO DE JANEIRO – Música de 1982 que adoro ouvir e cujo nome não sabia. Até ontem. Tinha certeza que era da dupla Darryl Hall & John Oates, pois sua linha melódica remete a “I can go for that (No can do)”, gravada por eles um ano antes e lançada no disco Private Eyes. A matadora baladinha “One on one” foi o carro-chefe do trabalho dos artistas há 31 anos atrás, o...

Saudosas pequenas – Theodore, parte II

S

RIO DE JANEIRO – A Theodore Racing aprendeu a conviver com os fracassos de todas as experiências anteriores na construção e desenvolvimento de carros de Fórmula 1. E por isso, Teddy Yip não quis brincar em serviço quando voltou com sua escuderia no Mundial de 1981. Contratou Tony Southgate, ex-BRM, Shadow e Arrows, para projetar o modelo TY01, visto pela primeira vez no GP da África do Sul...

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames