TagBottas

A supremacia Hamilton

A

RIO DE JANEIRO – Contagem regressiva: faltam três para chegar a 91. Que vai acontecer de Lewis Hamilton igualar o recorde histórico de triunfos de Michael Schumacher neste ano da graça de 2020, não resta dúvida alguma. As perguntas são: Quando? Em que circuito? Pelo andor e pelo domínio do hexacampeão do mundo, a marca seria igualada em Mugello no GP da Toscana e superada em Sóchi, no GP da...

Faltam seis

F

RIO DE JANEIRO – Está oficialmente aberta a contagem regressiva para que Lewis Hamilton iguale e ultrapasse – ao que tudo indica – o histórico recorde de vitórias de Michael Schumacher, que perdura na Fórmula 1 há catorze anos. O britânico da Mercedes portou-se soberano na pista do Red Bull Ring neste domingo de um GP da Estíria que foi bem menos alternativo que a abertura da...

Início animado

I

RIO DE JANEIRO – Num ano totalmente atípico por conta do Covid-19, a Fórmula 1 começa igualmente atípica. Lembrar de cabeça uma corrida com onze carros apenas no final é difícil – tive que recorrer a uma pesquisa para saber qual fora a última corrida com tão poucos carros na quadriculada. A última que teve quase tantos abandonos quanto este GP da Áustria foi o GP de Singapura, há...

O hexa é logo ali

O

RIO DE JANEIRO – Fica difícil não apostar que Lewis Hamilton leva já no próximo fim de semana o título mundial de Fórmula 1, o sexto da carreira e o quinto nos últimos seis campeonatos. O britânico não tinha – nem de longe – o melhor carro da pista no fim de semana do GP do México. Mas é, disparado, o melhor piloto hoje da categoria. Provou isso ao vencer sua 83ª corrida na...

Uma corrida estranha

U

RIO DE JANEIRO – O GP do Japão deste domingo, madrugada pra nós, foi no mínimo estranho. Primeiro teve toda aquela história do tufão Hagibis e havia que se preocupar muito com os possíveis estragos e com o rescaldo. Felizmente, o plano de contingência deu certo. O treino oficial foi transferido do sábado para o domingo, quatro horas antes da disputa. A Ferrari deu um banho na qualificação e...

Doppietta!

D

RIO DE JANEIRO – Sem computador portátil (meu notebook resolveu pifar quando menos deveria…) e também sem possibilidade de escrever um texto falando do GP da Itália por conta de ter que arrumar as tralhas para voltar ao Rio de Janeiro após um ótimo fim de semana em São Paulo, só agora vou abordar a Fórmula 1 aqui no blog. E que corrida marcante para os tifosi, hein? Monza é o...

Faltam dez!

F

RIO DE JANEIRO – Smartphone na mão, GP da Hungria ainda em seu primeiro terço, Max Verstappen – um sensacional pole position – líder do GP da Hungria. Aí solto a seguinte. “Hamilton vai ganhar esse negócio aí”. Está o print aqui abaixo para não me deixar mentir. Cheguei a duvidar, até, depois que Verstappen, num primeiro momento, deu uma enquadrada no rival, que...

Uma corrida histórica

U

RIO DE JANEIRO – Há pouco tempo atrás, se me lembro bem, não só este escriba aqui como muitos que têm espaço para falar de automobilismo estavam descendo o cacete na Fórmula 1. “Porcaria” foi o que de mais gentil falamos na época do GP da França, em Paul Ricard. Pois a própria categoria se encarregou de calar nossas bocas, diminuir nosso desânimo e mostrar que o esporte respira...

Pedra 80

P

RIO DE JANEIRO – Mesmo com um regulamento que permite o domínio escancarado da Mercedes-Benz, hoje o construtor com mais dobradinhas da história da Fórmula 1, a categoria máxima ainda consegue nos encantar e trazer outra boa corrida para o prontuário. O GP da Inglaterra, descontando algumas bobagens proferidas por Galvão Bueno na transmissão do Grupo Globo, foi muito bom. Do início ao fim...

Bom senso!

B

RIO DE JANEIRO – Até que enfim a FIA e a Fórmula 1 deram uma dentro. Max Verstappen, com merecimento, conquistou a primeira vitória de um piloto que não fosse da Mercedes-Benz neste ano – e também a primeira do motor Honda na categoria em quase 13 anos. Desde o longínquo 2006 que o construtor nipônico não via um carro com seus propulsores cruzando a linha final à frente da...

#FürNiki

#

RIO DE JANEIRO – O Grande Prêmio de Mônaco, como corrida, não cabe mais para a Fórmula 1. Tirando uma tentativa aqui e alhures, não existem ultrapassagens e só situações atípicas poderiam mexer com a corrida. A deste domingo até teve alguns momentos interessantes. Mas, no bojo, como espetáculo ficou devendo. A corrida do Principado segue apenas pelo charme e pela tradição – o que para...

Corridinha chata…

C

RIO DE JANEIRO – A Mercedes-Benz e seus pilotos não têm culpa do regulamento atual da Fórmula 1 ser a bela porcaria que é. E nem da pista da Catalunha, que deve dar adeus ao calendário da categoria já no próximo ano, não proporcionar disputa alguma. Resultado: o GP da Espanha deste domingo foi chato. Muito chato. Em doses cavalares. E não sei como não dormi ao assistir às 66 voltas da...

Invictus

I

RIO DE JANEIRO – Desculpem o atraso em falar do GP do Azerbaijão. Afinal de contas, com o WTCR meio em cima do horário da corrida da Fórmula 1, o que é bastante ingrato (se bem que foi ótima a corrida do Hungaroring que exibimos ao vivo), não deu para observar tudo mais detidamente que teria acontecido em Baku. Então peço novamente desculpas se a análise será mais superficial do que de...

Nasce uma estrela; e outra brilha com a sorte de campeão

N

RIO DE JANEIRO – Foi bom o GP do Bahrein. Muito bom. A corrida de número #999 da história da Fórmula 1 nos trouxe mais uma personagem para o jogo. A temporada passada já dera uma dica de que Charles Leclerc era fera. Não é qualquer piloto que faz o que ele fez com uma equipe mediana feito a Sauber, andando forte em vários treinos classificatórios e tendo a oportunidade de terminar nos...

Bottas… e o resto

B

RIO DE JANEIRO – Poucos poderiam prever e acreditar que pudesse acontecer algo fora do normal na abertura do Mundial de Fórmula 1, o GP da Austrália. Por isso, a vitória de Valtteri Bottas no Albert Park, em Melbourne, não deixa de ser tão surpreendente quanto atípica. Foi um domingo de domínio do finlandês, como raras vezes se viu dentro da Mercedes-Benz. “Estou sem palavras”...

W10 EQ Power+

W

RIO DE JANEIRO – Carro bonito é aquele que vence. Frase imortal do Commendatore Enzo Ferrari que vem constantemente se aplicando aos modelos da Mercedes que vêm dominando a Fórmula 1 nos últimos anos deste regulamento vigente. E tudo indica que a frase seguirá em voga. Não só porque esse carro – com a pomposa sigla W10 EQ Power+ – já nasce vencedor após seu desenvolvimento antes...

Desnecessário… deselegante… indigno…

D

RIO DE JANEIRO – Lewis Hamilton venceu mais uma na Fórmula 1 e encaminhou o pentacampeonato. Até aí, estamos sem manchete. Não é novidade o que o britânico vem fazendo naquela que é talvez a melhor temporada de toda a sua carreira. Mas não havia necessidade de vencer o GP da Rússia deste domingo da forma como se viu. Faltou jogo de cintura à Mercedes-Benz. Não foi o primeiro caso e não será...

Barbas de molho

B

RIO DE JANEIRO – Perdoem o escriba pela demora em falar do GP da Áustria de Fórmula 1. O plantão de Copa do Mundo tem tomado o meu tempo, afora as transmissões das categorias que o Fox Sports exibe e continuará exibindo até a decisão do próximo dia 15. E além de tudo preciso descansar nas (poucas) horas que me restam. Sigamos em frente, pois. Não é toda vez que a gente vê uma corrida com as...

Esperanças em vão

E

RIO DE JANEIRO – Confesso que após algumas corridas muito boas da Fórmula 1, esperava que o GP da Espanha saísse do padrão igual no ano passado e proporcionasse ao público uma briga pela vitória tal qual fizeram Hamilton e Vettel em 2017. Mas como diria Pedro, em “Carga Pesada”, ‘é uma cilada, Bino’! E a corrida deste domingo em Barcelona foi uma cliada. Aliás, a...

Temos um campeonato?

T

RIO DE JANEIRO – Pra começo de conversa, se o Grande Prêmio da China não fosse um pé no saco, a julgar pelo que pareceu ser um domínio da Ferrari após os treinos e a posterior definição do grid, estaríamos contentes. De fato, o que aconteceu no início da 3ª etapa do Mundial de Fórmula 1 sugeriu que a corrida caminhava para a chatice. Vettel pegou a ponta na largada, deixou Bottas e...

Seguidinha

S

RIO DE JANEIRO – Começamos a temporada 2018 da Fórmula 1 com uma impressão pouco positiva da corrida de estreia – talvez por culpa da pista de Albert Park. As regras da categoria são aquelas que a gente conhece, então não dá pra querer que mudem tão já – mas bem que, repito, os artificialismos poderiam ser varridos do mapa. Sigamos em frente, pois. E que o GP do Bahrein de hoje...

Um novo fôlego

U

RIO DE JANEIRO – O baile do GP da Inglaterra já ficou para trás. Na Hungria, foi a vez da Ferrari e de Sebastian Vettel. O alemão conseguiu um novo fôlego e, após ver a diferença cair para apenas um ponto, consegue uma vantagem significativa frente a Lewis Hamilton. A conquista da pole position para o GP da Hungria – 48ª de sua carreira, com direito a novo recorde da pista com o tempo...

A felicidade é vermelha?

A

RIO DE JANEIRO – Parece que sim: após um longo e tenebroso inverno de quase nove anos e mais de 100 GPs de Fórmula 1, finalmente a Ferrari alcançou uma façanha que os carros vermelhos não executavam desde o GP da França de 2008 – monopolizar a primeira fila de um grid de largada em qualquer corrida da categoria máxima do automobilismo. E não só isso: a pole de Sebastian Vettel em...

Hamilton, 62 vezes pole

H

RIO DE JANEIRO (Gostamos!) – Olha… até que para um primeiro treino que parecia fadado à monotonia, a sessão de classificação que definiu o grid de largada do GP da Austrália, abertura do Mundial de Fórmula 1 em 2017, foi até bastante interessante. Considerando a sexta-feira, parecia que a Mercedes daria uma lavada no resto, mas a Ferrari cresceu, Vettel fez o melhor tempo do último...

Absolut

A

RIO DE JANEIRO – Na terra da vodka e da Perestroika, a Fórmula 1 tem uma nova campeã mundial de Construtores. Pela primeira vez em sua rica história como montadora, a Mercedes-Benz levou o título entre as equipes, num ano onde os alemães – inegavelmente – foram muito superiores ao resto. Neste novo regulamento com motores 1,6 litro e turbocompressor, a estrela de três pontas...

Risadaria e pancadaria

R

RIO DE JANEIRO – A Fórmula 1 voltou das férias de verão bem mais animada do que estava quando entrou em recesso. O GP da Bélgica e o maravilhoso circuito de Spa-Francorchamps, pista de verdade, para pilotos com P maiúsculo, deram os ingredientes necessários para um domingo cheio de polêmicas que vão render discussão pelo menos até a próxima corrida, em Monza. A Mercedes-Benz, líder absoluta...

Quatro ases e um coringa

Q

RIO DE JANEIRO – Raras foram as corridas na Hungria que foram realmente boas. Desde 1986, contamos nos dedos que provas naquele circuito travado e hoje superado para a Fórmula 1 ficaram na memória dos aficionados. Para os brasileiros, talvez a corrida inaugural em que Piquet passou Senna por fora tenha esse caráter. Os espanhóis sempre se lembrarão da primeira vitória de Alonso, enquanto os...

Barbada

B

RIO DE JANEIRO – Não teve a menor graça: bastou um incêndio na Mercedes-Benz do britânico Lewis Hamilton, no começo do Q1, para a pole position do GP da Hungria se decidir. Ou alguém acreditou – mesmo – que outro piloto seria capaz de superar Nico Rosberg? Pois é: ninguém conseguiu bater o alemão, que obteve assim a décima pole position de sua carreira. A chuva que caiu quando a...

De volta ao jogo

D

RIO DE JANEIRO – Sem ter para quem torcer na Copa do Mundo, os ingleses tiveram pelo menos um motivo para comemorar neste domingo: Lewis Hamilton venceu sua quinta corrida em 2014 e está de volta ao jogo do título mundial de pilotos. Muito deste triunfo, o 27º da carreira (igualando Jackie Stewart) se deve ao abandono de Nico Rosberg – só que Lewis estava no lugar certo, na hora...

Sorte de campeão?

S

RIO DE JANEIRO – Parece que os ventos sopram a favor de Nico Rosberg na temporada 2014 de Fórmula 1. A esta altura do campeonato, derrotar Lewis Hamilton na corrida caseira do rival e colega de Mercedes-Benz é tudo que o alemão podia querer. E num treino imprevisível como este do GP da Inglaterra, em Silverstone, o líder do campeonato mostrou força diante do britânico. Graças a uma volta...

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames