MENU

24 de maio de 2019 - 17:55Endurance Brasil

Vencedores em Curitiba saem na pole para a 2ª etapa do Endurance Brasil

bt1x3034_1_orig

Mais uma pole position para os protótipos AJR: em Goiânia, foi a vez do #88 de Vicente Orige e Tarso Marques (sem Carlos Kray desta vez) para liderar o pelotão e marcar também mais um recorde de pista para o Império Endurance Brasil (Foto: Bruno Terena)

RIO DE JANEIRO – Com moral elevada após a vitória na abertura do campeonato em Curitiba, o protótipo AJR Chevrolet #88 levou agora há pouco a pole position para a disputa das 4h de Goiânia, segunda etapa do Império Endurance Brasil que acontece neste sábado – na primeira passagem da competição pelo circuito de 3,835 km de extensão.

Devoradores de recordes, os carros construídos no Rio Grande do Sul cravaram mais um: 1’16″271 foi o tempo que deu a Vicente Orige e Tarso Marques a primazia de liderar o pelotão a partir das 14h. Um dos grandes vilões promete ser o calor, que é característico daquela região do país, mesmo no outono. No fim do dia, os termômetros estavam próximos de 30ºC e na pista, nem se fala. Será uma corrida que demandará esforço físico e mental de todos os competidores.

O protótipo #65 de Nílson e José Roberto Ribeiro, autor das melhores marcas do Endurance para três circuitos – Velo Città, Tarumã e Curitiba – larga na primeira fila com um tempo 0″424 pior que o adversário. A terceira posição ficou com o #175 da trinca Luiz Otávio Floss/Henrique Assunção/Fernando Fortes – este já a mais de um segundo da pole.

Os irmãos Wagner e Fábio Ebrahim, mais Pedro Aguiar, conquistaram o quarto lugar, superando o carro de Pedro Queirolo/David Muffato e também o AJR Chevrolet da MC Tubarão – que disputa sua primeira corrida do Brasileiro de Endurance (antes disso já correram no Gaúcho de Superturismo) sem a presença de Carlinhos de Andrade, a ser homenageado com um minuto de silêncio antes do ronco dos motores.

61158757_2358277724193901_8655193995837702144_o

Estreante na temporada, o Sigma P1 larga em 12º após longa revisão de aerodinâmica, peso e muitos testes (Foto: Bruno Terena)

O novo Sigma P1 com motor Audi Turbo V8 ficou um pouco distante dos demais carros de sua categoria – natural para um protótipo ainda em evolução. Felipe Bertuol e Jindra Kraucher largam em 12º com 1’22″964 – a missão da dupla será terminar a corrida ou dar mais horas de voo a um projeto que só está na pista pela terceira vez em dois anos. E vale observar que, antes de começar a ser competitivo, o AJR também quebrava. O que é normal quando é um carro em desenvolvimento.

A oposição aos protótipos P1 deverá vir – mais uma vez – do competitivo plantel de GT3, com Daniel Serra/Chico Longo marcando a pole com a Ferrari 488 GT3 da Via Itália Racing. Daniel fez 1’19″420 – 7º tempo geral, três décimos melhor que Júlio Campos. O Porsche, que classificou com Ricardo Maurício, rodou na casa de 1’20”, assim como a Mercedes-AMG de Xandy e Xandinho Negrão.

Nas demais classes, o protótipo Scorpion KTT com motor Suzuki Hayabusa Turbo fez a pole da P2 (10º tempo geral); na GT3 Light, deu a Ferrari 458 GT3 de Ricardo Mendes/Tom Filho/Cláudio Ricci com o 13ª posto; Carlos e Yuri Antunes surpreenderam a bordo do MRX #72 da Motorcar e cravaram o melhor tempo entre os protótipos P3 (14º no grid).

Alexandre Auler/Leandro Romera foram os melhores da GT4 (19º tempo) e na P4, Ricardo Haag/Mário Marcondes vão largar do 27º posto com o melhor tempo entre os participantes entre os protótipos de motores oito válvulas, com pneus nacionais. A pole da GT4 Light seria de Pietro Rimbano e Vinícius Kwong, mas a Pick-Up Montana da dupla foi desclassificada na vistoria pós-treino e o melhor tempo foi herdado por Júnior Victorette e Marcelo Karam.

Do total de 34 carros presentes em Goiânia, não marcaram tempo o AJR Honda K24 de Emílio Padron/Thiago Marques/Marcelo Vianna e o Peugeot Stock de Roberto Rossati/Reinaldo Rena.

O blog vai replicar neste sábado o vídeo ao vivo da transmissão das 4h de Goiânia, que será feita no canal de YouTube do Império Endurance Brasil, a partir de 13h30.

Grid de largada para as 4h de Goiânia

1. #88 Vicente Orige/Tarso Marques
Protótipo AJR Chevrolet V8 – categoria P1
1’16″271 – média de 181,012 km/h

2. #65 Nílson Ribeiro/José Roberto Ribeiro
Protótipo AJR Chevrolet V8 – categoria P1
1’16″695

3. #175 Luiz Otávio Floss/Henrique Assunção/Fernando Fortes
Protótipo AJR Chevrolet V8 – categoria P1
1’17″552

4. #20 Wagner Ebrahim/Fábio Ebrahim/Pedro Aguiar
Ginetta G57 Chevrolet V8 – categoria P1
1’17″793

5. #113 Pedro Queirolo/David Muffato
Protótipo AJR Chevrolet V8 – categoria P1
1’18″445

6. #5 Tiel Andrade/Júlio Martini/Andersom Toso/Marçal Müller
Protótipo AJR Chevrolet V8 – categoria P1
1’19″085

7. #19 Daniel Serra/Chico Longo
Ferrari 488 GT3 – categoria GT3
1’19″420

8. #8 Júlio Campos/Guilherme Figueroa
Mercedes-AMG GT3 – categoria GT3
1’19″757

9. #55 Ricardo Maurício/Marcel Visconde
Porsche 911 GT3-R – categoria GT3
1’20″761

10. #9 Xandy Negrão/Xandinho Negrão
Mercedes-AMG GT3 – categoria GT3
1’20″993

11. #37 Thiago Riberi/Stuart Turvey
Protótipo Scorpion KTT Suzuki Hayabusa Turbo – categoria P2
1’22″076

12. #4 Felipe Bertuol/Jindra Kraucher
Protótipo Sigma P1 Audi V8 Turbo – categoria P1
1’22″964

13. #155 Ricardo Mendes/Tom Filho/Cláudio Ricci
Ferrari 458 GT3 – categoria GT3 Light
1’23″119

14. #72 Yuri Antunes/Carlos Antunes
Protótipo MRX Volkswagen 16V – categoria P3
1’24″948

15. #32 Mauro Kern Jr./Paulo Sousa
Protótipo MC Tubarão X Ford Duratec Turbo – categoria P2
1’24″985

16. #75 Henrique Assunção/Fernando Fortes/Emílio Padron
Protótipo MRX Cosworth – categoria P3
1’25″120

17. #25 Ney Faustini/Ney de Sá Faustini
Protótipo GeeBee R1 Chevrolet – categoria P2
1’25″794

18. #18 Fernando Poeta/Beto Giacomello
Lamborghini LP560-4 – categoria GT3 Light
1’26″333

19. #3 Alexandre Auler/Leandro Romera
Mercedes-AMG GT4 R – categoria GT4
1’26″515

20. #22 Leandro Ferrari/Flávio Abrunhoza
Mercedes-AMG GT4 R – categoria GT4
1’27″380

21. #16 Kreis Jr./Renan Guerra/Renato Braga
Ginetta G55 GT4 – categoria GT4
1’27″525

22. #64 Henry Visconde/Márcio Basso/Guilherme Salas
Audi RS3 LMS TCR – categoria GT4
1’27″625

23. #89 Renato Stumpf/Matheus Stumpf
Protótipo Radical SR3 Suzuki Hayabusa – categoria P3
1’29″138

24. #7 Aldoir Sette/Marcelo Campagnolo
Protótipo MRX Sette Honda 20V – categoria P3
1’29″532

25. #76 Leandro Totti/José Villela
Protótipo MRX Volkswagen 16V – categoria P3
1’31″244

26. #00 Ésio Vichiese/Michael Simpson
Ginetta G55 GT4 – categoria GT4
1’31″673

27. #34 Ricardo Haag/Mário Marcondes
Protótipo MRX Volkswagen 8V – categoria P4
1’33″484

28. #14 Júnior Victorette/Marcelo Karam
Mercedes CLA 45 AMG – categoria GT4 Light
1’34″936

29. #21 Arthur Caleffi/Rodrigo Lemke/Marcelo Lemke
Mercedes CLA 45 AMG – categoria GT4 Light
1’35″212

30. #46 Robbi Perez/José Córdova
Protótipo Roco 001 Suzuki Hayabusa – categoria P3
1’47″545

31. #74 Alejandro Cignetti/Leandro Totti
Protótipo Spyder Volkswagen 8V – categoria P4
3’16″921

32. #11 Marcelo Vianna/Thiago Marques/Emílio Padron
Protótipo AJR Honda K24 Turbo – categoria P1
sem tempo

33. #100 Reinaldo Rena/Roberto Rossati
Peugeot Stock Car – categoria GT4 Light
sem tempo

34. #28 Pietro Rimbano/Vinícius Kwong
Chevrolet Montana Pick-Up – categoria GT4 Light
sem tempo (desclassificado)

2 comentários

  1. Gustavo disse:

    Bom dia, rodrigo !!!

    Este tempo da pole, 1’16″271, é mesmo o novo recorde absoluto do circuito Goiano?

    Sei que é um tempo melhor que o melhor tempo já feito por um F-3, mas não tenho certeza que seja o tempo mais rápido já feito nesta pista.

Deixe uma resposta para Rodrigo Mattar Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *