MENU

9 de dezembro de 2012 - 11:00Stock Car

Um milhão na estratégia e Cacá é penta

RIO DE JANEIRO - Quem diria que uma corrida que chegou a ser monótona em grande parte de sua disputa teria o final que assistimos hoje em Interlagos? A decisão da Stock Car, com a Corrida do Milhão, foi cheia de emoção nos minutos finais, com vários carros ficando pelo caminho com falta de combustível. Foi o preço pago pelo risco de seguir na pista sem parar, pois hoje os carros da categoria fazem corridas de 40 minutos mais uma volta e a prova de hoje teve dez minutos a mais. E nem choveu, apesar do tempo bem fechado e ameaçador no circuito paulistano.

Mas houve três entradas do Safety Car e um único piloto não parou e conseguiu cruzar a linha final. E esse piloto, que esteve com o prêmio de 1 milhão de reais nas mãos, foi superado a 400 metros da quadriculada. Cacá Bueno, com o 3º lugar, levou o título – o quinto dele na Stock Car. Ficou sem combustível, de fato, poucos metros depois e, ao chegar nos boxes, soltou a pérola. “Dinheiro é papel. O penta é histórico.”

Pode até ser que dinheiro seja papel, mas vai dizer isso pro Thiago Camilo, que conquistou uma vitória incrível neste domingo. Largando de 20º após enfrentar um problema nos treinos classificatórios, o piloto da equipe Ipiranga RCM contou com uma estratégia que deu certo: parou cedo e veio escalando o pelotão até a vitória. Camilo torna-se também o segundo piloto a ganhar a Corrida do Milhão.

Ricardo Maurício foi outro que também veio ganhando posições com os problemas de pane seca dos adversários e chegou em segundo. Se tivesse parado mais cedo, talvez tivesse vencido. Mas o “se” não corre.

Brilhante performance, a se ressaltar, do paranaense Júlio Campos. Largou de último – foi um dos que optou por sair dos boxes abastecendo quando a bandeira verde foi acenada – e fez uma corridaça. Chegou em 4º lugar, com Ricardo Zonta em quinto e Duda Pamplona em sexto. Entre os quatro convidados, Raphael Matos foi o melhor colocado. Terminou em nono, com Hélio Castroneves em décimo-quarto e Rubens Barrichello em 22º. Tony Kanaan não terminou.

No fim das contas, um resultado justo. Venceu um piloto aguerrido, que não desistiu nunca e que é do ramo. Foi campeão mais uma vez aquele que hoje é um dos melhores, senão o melhor, entre os pilotos que correm aqui no país.

O resultado final:

1. Thiago Camilo, 27 voltas em 52’08″475, média de 134,03 km/h
2. Ricardo Maurício, a 0″081
3. Cacá Bueno, a 0″564
4. Júlio Campos, a 2″395
5. Ricardo Zonta, a 2″635
6. Duda Pamplona, a 5″114
7. Denis Navarro, a 7″747
8. Átila Abreu, a 8″081
9. Raphael Matos, a 12″792
10. Antonio Pizzonia, a 14″140
11. Popó Bueno, a 16″531
12. Daniel Serra, a 17″156
13. Rodrigo Sperafico, a 17″563
14. Hélio Castroneves, a 18″669
15. Luciano Burti, a 19″589
16. Pedro Boesel, a 21″654
17. Ricardo Sperafico, a 25″781
18. Tuka Rocha, a 26″482
19. Eduardo Leite, a 31″742
20. Allam Khodair, a 32″803

4 comentários

  1. Leo Pereira disse:

    Rodrigo… Permita-me algumas considerações:

    - Caca Bueno é o melhor piloto brasileiro de carros de turismo. De longe. Merece muito esse quinto titulo. Mas acredito que deveria buscar coisas novas na carreira. Aproveitar que a Mercedes esta com vagas abertas e negociar uma temporada no DTM. No WTCC ele ja andou e mostrou que esta no mesmo nivel dos europeus. Ou… fazer a temporada completa do TC200 argentino, onde chegou a ganhar corridas. A stock ficou “pequena” pra ele.

    - Thiago Camilo fez mesmo grande corrida, e venceu na estrategia. Parou para reabastecer no inicio e veio escalando o pelotao.

    - Lamentei pelo Khodair e principalmente pelo Galid, que mereciam melhor sorte.

    - Alguem viu o Helio Castroneves na pista?

    - Ficou provado que esse formato de 50 minutos + 1 volta é muito mais interessante do que os normais 40 minutos. A Vicar precisa rever esse negocio de corridas curtinhas as 9:30 da manha…

  2. Fernando disse:

    Por um pequeno imprevisto não compareci hoje em Interlagos para assistir a corrida..quebrando uma “tradição” minha de sempre ir as corridas aqui em SP…pelo que vi na tv, Cacá controlou a corrida o tempo todo, se mantendo numa posição confortável de quarto lugar e arriscou no final para tentar ganhar o milhão…concordo que ele deveria buscar novos ares, pois não tem mais nada a provar na Stock Car.

    Quanto aos convidados, considero o Barrichello muito concervador na corrida…com medo dos contatos e sempre sendo ultrapassado…Hélio discretíssimo também e apesar do pouco tempo em que ficou na pista achei o Tony o melhor…várias ultrapassagens na largada e não “arregou” nas disputas por posições…acabou se envolvendo em acidente…o que sempre pode ocorrer no meio do pelotão.

    Quanto à categoria em si, mostrou que ainda é capaz de atrair grande público, principalmente aqui em SP onde tinha caído bastante, mas precisa urgentemente rever seu pacote de mídia. Qualquer categoria nacional que se preze larga as 12 ou 13h. E ainda que saia da Globo, se for o caso, creio ser muito melhor a Copa Caixa, principal categoria do evento da Stock, largar depois das categorias de acesso, seja lá qual for porque Mini e Montana “morreram” este ano.

    Acorda Vicar!!!!!

  3. Tio Ge disse:

    Me surpreendi com o final emocionante, pq, no mais, a corrida foi bem mais-ou-menos.

    Eu tbm não gosto do formato atual das corridas da Stock, acho elas curtinhas demais, em um horário que pode ser bom para a TV, mas que é ruim para o público que costuma frequentar os autódromos. O formato anterior, que foi usado hoje, tbm me parece mais interessante.

    A Corrida do Milhão, que tem regulamento e características próprias, na minha opinião, tbm é curtinha demais: deveria ter, pelo menos, uns 90 minutos.

    E essa parceria com a emissora global? Ela trouxe a visibilidade que a categoria sempre procurou, mas, em contra partida, tbm a obriga a se adequar não pensando em critérios esportivos, mas meramente de grade de transmissão. Será que não está na hora de rever isso?

  4. Uma puta corrida hoje. A Stock Car é uma categoria boa, uma pena que muitos ainda tem certos preconceitos com ela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>