MENU

15 de março de 2013 - 16:04American Le Mans Series

Fässler faz última pole da Audi em Sebring com recorde

Audi e-tron pole

RIO DE JANEIRO - Nenhuma surpresa: pole position e primeira fila inteira para a Audi com o R18 e-tron quattro nas 12 Horas de Sebring. Marcel Fässler fez o melhor tempo e Allan McNish foi o segundo mais rápido. O que pouca gente previa ou esperava é que, com um carro mais pesado que os LMP1 do antigo regulamento, o suíço fosse quebrar o recorde da categoria para a pista da Flórida.

E a quebra veio em altíssimo estilo: Fässler fez 1’43″886, superando em seis décimos a marca anterior que pertencia – desde 2007 – ao alemão Marco Werner, ex-piloto da Audi. E tem mais: ele ficou apenas nove milésimos de segundo à frente de Allan McNish, que qualificou o #2 onde correrá amanhã o brasileiro Lucas Di Grassi.

Aliás, foi até covardia o desempenho dos protótipos alemães em relação ao resto em ritmo de qualificação. O Lola Toyota #12 da Rebellion Racing, comandado por Nick Heidfeld, com décadas de experiência na Fórmula 1, ficou em terceiro lugar a mais de dois segundos e meio da pole de Fässler. Klaus Graf, da Muscle Milk Pickett Racing, foi o quarto, a apenas 0″022 do tempo do compatriota.

HPD Level5-pole

Na LMP2, duelo doméstico pela pole da classe entre os pilotos da Level 5: o campeão da Fórmula Indy Ryan Hunter-Reay e o australiano Ryan Briscoe, que até bem pouco tempo atrás era titular do Team Penske na mesma categoria. Briscoe, que tem mais ‘bagagem’ em provas de protótipos do que RHR, foi mais feliz em sua volta voadora e fez o melhor tempo da categoria – sem superar o recorde da pista, ainda pertencente a Timo Bernhard.

Briscoe virou em 1’51″159 contra 1’51″271 de Hunter-Reay, cabendo o 3º posto do grupo ao britânico Tom Kimber-Smith, com o Zytek da Greaves. Como era de se esperar, os HPD da Extreme Speed Motorsports, ainda em fase de desenvolvimento, ficaram com as últimas posições do grupo.

Oreca CORE-pole

Outra luta bastante acirrada pelo melhor tempo aconteceu na divisão LMPC, dos Oreca FLM09 com motor Chevrolet Katech e pneus Continental – que fizeram a diferença. Numa volta sensacional, Colin Braun quebrou o recorde da categoria para o circuito, rodando em 1’53″404 e deixando o antigo recordista, o brasileiro Bruno Junqueira, em segundo no grupo – 13º tempo na geral. Com o carro #81 da DragonSpeed, Pierre Kaffer deu trabalho, mas acabou mesmo em terceiro lugar na LMPC, seguido por David Ostella, Kyle Marcelli, Tristan Nunez e Rusty Mitchell.

Ferrari Risi-pole

O italiano Gianmaria Bruni é, pelo terceiro ano consecutivo, o autor da pole position na classe LMGT. No retorno da Risi Competizione às pistas, o piloto da Ferrari F458 #62 não deu chances a ninguém e fez 1’58″815, quatro décimos acima do recorde da categoria para o circuito – que é dele mesmo. Numa qualificação muito disputada – onde oito carros ficaram dentro do mesmo segundo, o Corvette #4 dos atuais campeões Oliver Gavin e Tommy Milner, aos quais se juntou Richard Westbrook neste fim de semana, ficou em segundo.

A terceira posição foi do Aston Martin #97 de Stefan Mücke – carro que poderá não ter Bruno Senna na pista amanhã. O brasileiro está “de molho” num quarto de hotel, acometido por uma virose estomacal. Se melhorar, participa da corrida. Caso contrário…

O português Pedro Lamy qualificou bem o Aston Martin #007, que não é spec 2013, diga-se, à frente de Antonio Garcia e do SRT Viper de Jonathan Bomarito, que chegou a liderar de forma provisória a qualificação dos LMGT. O melhor Porsche foi o de Marco Holzer, com o sétimo tempo do grupo. A nova BMW Z4 GTE estreou de forma modesta: 8º e 9º tempos, com Maxime Martin e Joey Hand a bordo, respectivamente.

Porsche Dempsey-Pole

Por fim, na LMGTC, a equipe Demspey Racing/Del Piero começou muito bem na divisão dos Porsche Cup: Andy Lally estabeleceu o melhor tempo e o novo recorde da classe para o circuito de Sebring, com 2’05″446 – aliás, os seis mais rápidos melhoraram o tempo anterior pertencente desde 2010 a Leh Keen. A segunda posição do grupo foi de Jeroen Bleekemolen e Sean Edwards, que cravou o mesmo tempo do holandês, foi o terceiro. Só que o piloto da Alex Job fez sua marca antes e vai largar à frente do rival.

A largada das 12h de Sebring acontece amanhã às 11h45 pelo horário de Brasília. O blog vai trazer informações de hora em hora com as notícias da disputa. Não percam!

2 comentários

  1. geraldo101 disse:

    Sei que em provas de endurance, tudo pode acontecer, mas espero uma vitória folgada da Audi… o que não significa que não teremos boas brigas nas demais posições!

  2. Topsy Kretts disse:

    Não entendi essa quebra de recorde. A própria Audi já tinha feito 1:43.195 em 2008, não?
    Estou confuso.

    Link do Qualifying de 2008: http://www.imsaracing.net/2008/events/sebring/ALMS_FinalGrid.pdf

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>