MENU

22 de março de 2014 - 16:42Túnel do Tempo

Direto do túnel do tempo (180)

577579_2207173436881_473329168_nRIO DE JANEIRO - O piloto cuja foto ilustra este post, segundo testemunhas, foi personagem de um dos diálogos mais insólitos da história do automobilismo, que aqui será reproduzido.

Marcus Zamponi, o saudoso Zampa, mestre do jornalismo, estava na Europa nos anos 70, quando Leonel Friedrich tentou a sorte na Fórmula 3 inglesa. O gaúcho corria com um March e estava no banheiro fazendo o famoso “pipi” quando chegou o companheiro de equipe, com quem o brasileiro tentou entabular o seguinte diálogo:

- Hi!

- Hi!

- Car good?

- Car good!

Consta que Leonel, que não era versado no inglês, trocou apenas estas únicas frases com o colega no ano inteiro de 1973. E esse colega, evidentemente, também não era do ramo no que diz respeito ao idioma universal.

76-FW05_WolfRacing_kuwasima_jap

O piloto em questão era Masami Kuwashima que, a todo custo, tentou e não conseguiu ser o primeiro piloto japonês a correr de Fórmula 1. Ele avançou da F-3 inglesa para o Europeu de F-2 e antes que ele ousasse estrear na categoria máxima, Hiroshi Fushida já tinha sido malsucedido em sua aventura com o Maki F101 em 1975.

Em 1976, Kuwashima, então com 26 anos, fechou com a equipe Wolf-Williams para obter um lugar no grid do GP do Japão, em Fuji. Não seria, contudo, o único piloto do seu país na pista: Masahiro Hasemi, Noritake Takahara e a lenda Kazuyoshi Hoshino também constavam entre os inscritos para a última etapa daquele campeonato.

Com o carro #21, Kuwashima registrou um dos piores tempos do primeiro treino oficial de classificação – 1’17″90. Suficiente para que os patrocinadores se retraíssem, obrigando o nipônico a desistir. O austríaco Hans Binder entrou em seu lugar e, numa prova de que o problema era o carro – não o piloto – foi apenas meio segundo mais rápido, não se classificando para a corrida.

Há 38 anos, direto do túnel do tempo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>