MENU

11 de novembro de 2014 - 13:42Automobilismo Internacional, Vídeos

Previsão de recorde de inscritos para as 24h de Dubai

Overall-and-A6-PRO-winner_800pix

A Stadler Motorsport defenderá no próximo ano a conquista nas 24h de Dubai com um Porsche inscrito com o dorsal #1

RIO DE JANEIRO - Os organizadores das 24h de Dubai, que serão disputadas pela 10ª vez em 2015 entre os dias 8 e 10 de janeiro, já têm muito o que comemorar. O total de inscritos para a corrida é um dos maiores da história: nada menos que 86 bólidos estão confirmados para a prova e o total de carros poderá chegar a 90 nos próximos dias.

Aliás, a 24h Series, englobando um conjunto de seis provas longas – três de 24h (Dubai, Paul Ricard e Barcelona) e mais outras três com 12h (Mugello, Hungaroring e Zandvoort) caminha a passos largos para se tornar uma interessante opção internacional de Endurance. Com regulamento mais aberto, as provas permitem a participação de modelos GT3, dos Porsche Cup e também carros de Turismo com preparação e diferentes níveis de cilindrada.

Por conta da vitória neste ano, a Stadler Motorsport vai disputar as 24h de Dubai em 2015 com o dorsal #1 no Porsche que terá os irmãos suíços Mark e Rolf Ineichen, além do compatriota Adrian Amstutz e o alemão Christian Engelhart. Entre as principais adversárias dos atuais campeões da prova está a Black Falcon, com duas Mercedes-Benz SLS AMG GT3. Outra atração da prova será a presença da equipe Nissan GT Driver Academy, com as caras novas do programa: o mexicano Ricardo Sanchez, o saudita Ahmed Bin Khanen e o francês Gaetan Paletou. Ainda haverá um piloto dos EUA, ainda não confirmado. O mais experiente da turma é o belga Wolfgang Reip.

A lista completa de inscritos das 24h de Dubai está aqui.

6 comentários

  1. TARCISIO FRASCINO FONSECA disse:

    Enquanto a FIA fica no nheco nheco, tem gente trabalhando sério para o bem do automobilismo de longa distância.

    • Ricardo disse:

      Isso é mau de esporte que fica na mão de Federaçao e confederacao. Aqui em SC fui ligado a uma federaçao (nao de esporte a motor) e nhenhe nhenhe nhenehe é o que mais tem. É trágico e bem longe de ser comigo…
      Nessa linha, penso que o WEC perde muito. PAra falar a verdade, eu fico meio abismado de nas ultimas 24 h de Le mans tem tanto protorito e tao poucos GT… pelo logica tinha que tem um monte de GT sobrando…
      Na minha muito humilde e novata opniao, Endurance tem que tem pista lotada, muito trafego e nada de bandeira azul. rssrsr

  2. Fernando Lima disse:

    Bons exemplos aqui (no Sul….) e lá fora a serem vistos e seguidos…

  3. Diogo disse:

    Mattar, as 24 Horas de Bathurst não faziam parte desse circuito de provas?

    Até o regulamento em relação às categorias era igual (ou muito parecido).

  4. Robertom disse:

    O problema é que existem muitos campeonatos de GT. (demais, é um absurdo)
    A turma fica dividida e enfraquecida.
    E é porque alguém está ganhando miuto com i$$o.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>