MENU

20 de abril de 2015 - 17:57Motovelocidade

O velho e bom Vale…

Rossi

É muito carisma esse Valentino…

RIO DE JANEIRO - Enquanto aguardávamos aqui no Fox Sports pelo reinício da corrida da Nascar em Bristol (em vão, pois fomos dispensados e o recomeço demoraria, vindo apenas à noite), pelo twitter eu fiquei sabendo de mais uma vitória de Valentino Rossi na MotoGP em 2015. Segunda em três corridas, é bom lembrar. E ele é o líder do campeonato, com 66 pontos.

Quem diria: o velho e bom Vale, 36 anos, nove títulos mundiais e agora 110 triunfos na carreira – a 12 do recorde absoluto de Giacomo Agostini – assombra como nos bons tempos. É como aquele vinho que envelhece nos barris de carvalho durante anos. Com o tempo, Rossi fica melhor. Impressionante como o piloto italiano veio de 8º no grid para brigar palmo a palmo pela vitória com Marc Márquez, que ao tentar manter a liderança, perdeu o prumo e caiu.


MotoGP 2015 Round 3 Argentina 720p [cut] por motogp2015diffusion

A corrida vale ser vista na íntegra, com ênfase na briga pela vitória e no triunfo do Doutor. Bem que alguns tentaram criar uma polêmica acerca do incidente, mas o chefe da Yamaha Lin Jarvis disse textualmente que Márquez errou e o próprio piloto espanhol admitiu que foi otimista demais na sua avaliação. “Nos tocamos e eu fui ao chão”, disse. “Assim são as corridas”, disse o chefão da Honda, Livio Suppo.

Não é a primeira e pelo visto nem será a última vez em que Valentino se envolve em duelos deste nível quando a discussão é por vitórias. Um clássico é a batalha contra Sete Gibernau em Jerez de la Frontera, 2005. O narrador espanhol no vídeo abaixo entrou em completo desespero. Coitado…


Rossi VS Gibernau à Jerez en 2005 por zetbox

Outro épico é o GP dos EUA em 2008, no circuito californiano de Laguna Seca. Rossi versus Stoner, uma luta para a história. E Valentino, claro, levou a melhor.


MotoGP Historic Battles – Rossi vs Stoner… por TorkTv

Mas talvez a mais lembrada de todas é esta: a briga entre o Doutor e Jorge Lorenzo, no GP da Catalunha em 2009. Inesquecível.


GP di Catalunya 2009 (Lezione di motociclismo… por cittaceleste

São estes momentos que fazem o esporte – ainda – valer a pena. Porque Valentino Rossi existe, está entre nós e é, sem nenhuma dúvida, o maior nome dos desportos motorizados nos últimos 30 anos. Que me desculpem os fãs de Michael Schumacher, Sébastien Loeb e Tom Kristensen, todos craques.

Mas não houve e nem nunca haverá alguém como Valentino.

5 comentários

  1. Vinicius disse:

    Mas que e certo afirmar que quando Rossi parar,já terá deixado um legítimo sucessor a sua altura que e justamente o piloto com quem ele se enroscou ontem,Marc Marquez.

    Rossi e uma lenda viva da MotoGP,um monstro sagrado.

    Gênio.

  2. Eduardo disse:

    Até agora estou abismado com o que eu vi. O que o Valentino fez ontem foi antológico.

    Eu ia vendo a corrida e não acreditava no que estava acontecendo. Até dei um grito na hora que o Marquez caiu, hahahaha. Comemorei a vitória do Vale como se fosse um gol do meu time.

  3. Vianas disse:

    Valentino é único. Ícone indelével do esporte. Diferente de outros nomes, Valentino transmite carisma. Que somado ao seu talento, potencializa sua imagem. Não vejo em nenhum outro esportista da atualidade as características de Rossi. Parece difícil imaginar que alguém torça para um sujeito que é 9 vezes campeão. Mas, Rossi consegue isso! Valentino é 10. Por isso, merece seu 10º titulo. Se depender da torcida, a taça desse ano já está em suas mãos. “The Doctor “.

  4. Wallace Michel disse:

    Fica até difícil comentar algo após uma devastadora demostração de técnica, valentia e motivação igual a que o Vale fez no domingo. O Marquez ficou tão sem reação que cometeu um erro grande. Estou na torcida para que a Galinha Velha conquiste o décimo título. O cara é estelar!

  5. Gustavo disse:

    A corrida da Argentina foi uma homenagem à altura aos deuses do esporte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>