MENU

19 de maio de 2015 - 15:03Miniaturas

Pequenas maravilhas, especial Le Mans: Jaguar XJR-9 LM(1988)

322

RIO DE JANEIRO - O blog traz mais uma contribuição para a série especial de miniaturas das 24 Horas de Le Mans. O amigo Ike Nodari mandou fotos do sensacional esporte-protótipo Jaguar XJR-9 LM, que venceu as 24 Horas no ano de 1988, com Johnny Dumfries/Andy Wallace/Jan Lammers.

A marca britânica do felino voltara a Sarthe em meados daquela década, primeiro com a equipe Group 5 dos EUA, chefiada pelo lendário Bob Tullius e depois com a Tom Walkinshaw Racing, do polêmico e igualmente competente Tom Walkinshaw. Foi ele quem deu emprego a Raul Boesel quando o brasileiro ficara a pé na Fórmula Indy, retribuído com a conquista até hoje inédita do título mundial de pilotos do World SportsCar Championship em 1987. Como construtora, a Jaguar vencera cinco vezes as 24 Horas entre 1951 e 1957. E perseguia muito a conquista desde o seu retorno.

Para 1988, a TWR preparou a evolução do modelo XJR-8, com o mínimo de carga aerodinâmica para fazer o retão Les Hunaudières a toda velocidade, aproveitando a potência do motor V12 7 litros que impulsionava o bólido, rebatizado XJR-9 LM. Após a derrota do ano anterior, a Jaguar se empenhou como nunca para alcançar a vitória que não vinha havia 31 anos e inscreveu cinco carros: o #1 para Martin Brundle/John Nielsen, o #2 para Johnny Dumfries/Andy Wallace/Jan Lammers, o #3 para Raul Boesel/Henri Pescarolo/John Watson, o #21 para Danny Sullivan/Price Cobb/Davy Jones e o #22 para Derek Daly/Larry Perkins/Kevin Cogan. Catorze pilotos e um esquadrão de respeito para bater Porsche, Nissan, Toyota e Sauber-Mercedes, as rivais da época.

lm884

A trinca do #2 foi a grande surpresa daquela corrida. Afinal de contas, Johnny Dumfries tinha sido um piloto de passagem obscura na Fórmula 1, assim como Jan Lammers. Andy Wallace ganhara o título inglês de Fórmula 3, tinha ótima reputação em seu país, mas não passava disso. Sexto no grid com o tempo de 3’23″74, o carro passou já na primeira hora simplesmente na liderança. Após oscilar entre segundo e terceiro, o trio pegou de novo o primeiro lugar na 10ª hora e de lá não saiu mais. A vitória veio após um total de 394 voltas completadas, perfazendo 5.332,790 km, média de 221,665 km/h – uma das mais altas da história.

A miniatura desta joia do automobilismo é da Ixo Models, escala 1:43. Aguardo ansiosamente pelas próximas!

6 comentários

  1. Pedro Migão disse:

    Foi nesse ano que as Sauber/Mercedes saíram voando na Mulsanne?

  2. Carlos Eduardo Nogueira disse:

    Rodrigo, Parabéns pelo aniversário! Te encaminhei várias miniaturas para seu e-mail no domingo, 17 /maio.

    • Rodrigo Mattar disse:

      Recebi todas. Vou tentar publicá-las. E obrigado pelos votos de parabéns!

      • Carlos Eduardo Nogueira disse:

        Ok, obrigado. Exagerei, mandei 7 e-mails e o seu blog deve intercalar as miniaturas entre os habituais excelentes textos seus. E como cada miniatura Você produz texto detalhado, deve dar muito trabalho e tomar bastante tempo de alguém dedicado e ocupado como você . Devo ter em torno de 60 modelos que competiram nas 24 H Le Mans, aí seria demais. Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>