MENU

12 de janeiro de 2016 - 13:53Rali Dakar

Dakar 2016: calor faz ASO antecipar fim da 9ª etapa; Price vence e dispara

Toby-Price-dakar-2016-1024x682

Price caminha para a vitória no Rali Dakar entre os motociclistas

RIO DE JANEIRO - O calor “ensurdecedor” na região da Província de Catamarca foi o responsável direto pela antecipação do fim da 9ª etapa do Rali Dakar – a primeira perna da segunda etapa Maratona (só para as motos), em Belén. Com 285 km previstos, a especial foi interrompida e válida após a passagem pelo segundo checkpoint para os competidores.

A terça-feira pode ter inclusive decidido o panorama da classificação entre os motociclistas. O português Paulo Gonçalves, rival direto do líder geral Toby Price, bateu num arbusto, que furou o radiador de sua Honda CRF450 Rally. Como consequência, o motor travou e o vice-campeão da prova ano passado estaria fora de combate.

Mas como a especial foi interrompida antes de seu término e Gonçalves – que chegará rebocado pelo italiano Paolo Ceci – poderá prosseguir na prova, desde que companheiros que usem motos do fabricante japonês cedam as peças. Ou seja: motor e radiador poderão ser trocados, desde que sejam de modelos CRF450 Rally – e sem a assistência de mecânicos.

Caso continue, Gonçalves será carta fora do baralho na luta pela vitória, face o atraso que sofreu na etapa, o que o fará despencar para além do top 10 da classificação geral. O que é uma pena, pela atitude do piloto com o colega Mathias Walkner no sábado e pela valentia de ontem, quando Paulo levou um tombaço com sua Honda e continuou na 8ª etapa.

Enfim… Toby Price levou a especial do dia de lavada. O australiano abriu 7min10seg para o argentino Kevin Benavides e completou em 2h24min19seg. Na geral, o piloto da KTM agora soma quase 25 minutos de frente para o eslovaco Stefan Svitko e mais de meia hora para o chileno Pablo Quintanilla, da Husqvarna. Conclusão: só perde para ele mesmo. E a Honda, que persegue insistentemente a vitória na prova após seu regresso, vê o jejum aumentar mais um ano. O último triunfo foi… com Gilles Lalay, ainda na época que o Rali era Paris-Dakar, na África e em 1989!

Resultado da 9ª etapa do Rali Dakar nas motos
Belén-Belén (285 km, interrompida no CP2)

1. Toby Price (KTM) – 2h24min19seg
2. Kevin Benavides (Honda) – a 7min10seg
3. Stefan Svitko (KTM) – a 10min33seg
4. Pablo Quintanilla (Husqvarna) – a 10min48seg
5. Ricky Brabec (Honda) – a 11min03seg
6. Antoine Meo (KTM) – a 11min53seg
7. Adrian Van Beveren (Yamaha) – a 14min23seg
8. Gérard Farres Guell (KTM) – a 14min38seg
9. Hélder Rodrigues (Yamaha) – a 16min00seg
10. Armand Monleon (KTM) – a 16min38seg

Classificação geral extra-oficial

1. Toby Price – 29h53min15seg
2. Stefan Svitko – a 24min47seg
3. Pablo Quintanilla – a 32min14seg
4. Kevin Benavides – a 33min05seg
5. Antoine Meo – a 40min37seg
6. Hélder Rodrigues – a 46min51seg
7. Gérard Farres Guell – a 52min10seg
8. Ricky Brabec – a 1h02min42seg
9. Adrien Van Beveren – a 1h08min10seg
10. Alessandro Botturi – a 1h17min17seg

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>