MENU

14 de abril de 2016 - 14:28Túnel do Tempo

Direto do túnel do tempo (323)

1f2ae18cbb0ee617ea7e6fde3a642aad

RIO DE JANEIRO - Ontem, 13 de abril, uma lenda viva do automobilismo completou 85 anos. Como piloto e construtor, Dan Gurney fez história e foi elevado ao status de um dos nomes mais importantes da história do esporte a motor nos EUA. Nas pistas, era o único rival que Jim Clark realmente temia. Não é pouco.

Ano passado, o blog já falara de sua trajetória nas pistas. Mas nunca é demais lembrar que ele faz parte de um seleto time junto a outros dois monstros sagrados, Jack Brabham (1926-2014) e Bruce McLaren (1937-1970): o dos pilotos vencedores de provas de Fórmula 1 com suas criações.

Com o Eagle T1G de motor V12 Weslake desenhado por Len Terry, outro do qual já falei noutro post, Gurney disputou 17 provas da categoria máxima. O ponto mais alto da sua trajetória como construtor e de sua equipe – a Anglo American Racers – foi no dia 18 de junho de 1967 (uma semana após o triunfo nas 24h de Le Mans, em dupla com outro mito, A. J. Foyt), na pista belga de Spa-Francorchamps.

Largando em 2º num grid de 18 pilotos, Gurney caiu para terceiro, atrás do pole position Jim Clark com sua Lotus 49 Cosworth e de Jackie Stewart, então na BRM. O Escocês Voador atrasou-se na 13ª passagem, Stewart herdou a ponta e Dan, feroz, vinha em seu encalço. Na 21ª volta de um total de 28, Gurney ultrapassou o rival e foi embora. Venceu com 1min03seg de vantagem, à média de 234,946 km/h. De quebra, fez a melhor volta da corrida – 3’31″9, média de 239,547 km/h, quando perseguia Stewart pela liderança.

Congrats, Dan Gurney!

Há 49 anos, direto do túnel do tempo.

5 comentários

  1. Alvaro Ferreira disse:

    Bela lembrança, Rodrigo! Longa vida ao Big Dan, o piloto que Jim Clark mais respeitava.
    Acho que já disse isso, mas prá mim esse Eagle foi o F1 mais bonito de todos os tempos. E que foto!

  2. Vinicius disse:

    Essas baratas fazendo a Eau Rouge a sei lá quantos por hora!!!!!!!!!!!!!

  3. Robertom disse:

    Um grande piloto, talvez o maior da F1 em todos os tempos (em estatura).
    Ganhou Le Mans, ganhou corrida de F1 com o próprio carro, e foi um dos melhores pilotos do mundo na sua época.
    As estatísticas não dão o devido valor ao cara que Clark mais respeitava, e temos que considerar que Stewart e Rindt, embora mais novos, já estavam no circo…

  4. Carlos Pereira disse:

    O cara ganha em LeMans e Spa em apenas uma semana ????
    Gênio é pouco !!! Esses sabiam se divertir !

  5. Carlos Eduardo Nogueira disse:

    Pode ser que devido ao motor weslake V12 3 litros a equipe se chamava Anglo….. Mas a equipe de Dan Gurney sempre se chamou All American Racers, até os tempos da F Indy/ Cart aqui no Brasil transmitida pela Band. Esse mesmo chassi disputou a Indy 500 com motor Ford, o Olsonite-Eagle #48. Antes da vitória em SPA, Dan Gurney deu a Porsche sua primeira vitória na F1, pilotando o Porsche 804 boxer 8 cilindros 1,500cc. Dan também foi candidato a presidência do USA, em 1965, seu Cobra-Daytona Ford 427 tinha sticker da campanha na lateral traseira. Com esse carro em parceria com Bob Bondurant, Gurney foi campeão mundial de GT em 1965, e ganhou a categoria GT nas 24 H Le Mans, sendo décimo colocado na geral e batendo as Ferraris 250 GTO. O início do programa Ford de vencer em Le Mans com o carro de 40 polegadas de altura produzido pela Lola Cars. Nos V8 Ford dos Ford GT haviam cabeçotes de alumínio produzidos por Dan Gurney

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>