MENU

5 de maio de 2016 - 08:24Fórmula 1

Babou!

2016559210_GettyImages-526778840_II

É, Kvyat… ficou “russo” pra ti, meu filho… (Foto: Getty Images/Grande Prêmio)

RIO DE JANEIRO - Ontem não passava de um rumor. Hoje, é oficial: a Red Bull, já para o GP da Espanha, promove uma troca entre os seus pilotos. E sobrou para Daniil Kvyat.

O russo foi posto de castigo pela cagada no GP da Rússia – e isso porque vinha de pódio no GP anterior, na China. E volta para a Toro Rosso, equipe pela qual estreou na Fórmula 1. Na equipe principal dos rubrotaurinos, quem assume o segundo carro é Max Verstappen. É Helmut Marko fazendo valer o dito que um piloto é tão bom quanto o seu último resultado – ou quanto a sua última besteira.

Conjecturávamos nas redes sociais se Marko seria capaz de fazer isso. E eu não duvidei. Ele bota quem quiser na fogueira e incinera sem dó, nem piedade. Fez isso com Scott Speed, Vitantonio Liuzzi, Sebastién Bourdais, Jaime Alguersuari e Sebastién Buemi. Por que não faria o mesmo com qualquer outro de seus contratados?

20165595355_GettyImages-526771490_II

Max Verstappen deve estar pensando em como não desagradar Helmut Marko para não fazer parte da fogueira da inquisição do austríaco (Foto: Getty Images/Grande Prêmio)

E, não sei não… mas o Jos Verstappen, pai do Max, pode ter feito a cabeça do dirigente, enchido a cuca do Marko um monte, alegando que o filho de apenas 18 anos já está pronto para servir ao time principal da empresa de Dietrich Mateschitz. Pai de piloto, quando quer, é pior que mãe de miss.

O Grande Prêmio já trouxe a notícia e ao longo do dia, os detalhes desse troca-troca que sacudiu a manhã desta quinta-feira.

8 comentários

  1. Marchi disse:

    Algo que seria natural no final da temporada e talvez seja por isso que o russo ficou tão agressivo, queria mostrar serviço já que Riccardo começou a temporada em outro patamar.

    Para Kvyat, talvez seja uma boa. Fim do ano ele iria sair da Red Bull para onde? Está tendo uma chance de mostrar novamente para outras equipes que não é mais um, apesar de eu acho que é.

    Agora basta saber como Verstappen vai se comportar ao lado do australiano. Eu acho que vamos ouvir muitos piiiii’s no rádio da equipe austríaca. Se falta potência no motor, não faltará ímpeto nos cockpits.

    Os bastidores da F1 estão mais interessantes que as corridas. kkkkkk

  2. ROGÉRIO CARVALHO disse:

    Concordo com tudo que você disse, agora uma coisa que me ocorreu é, será que na telemetria a equipe viu que ele bateu de propósito no Vettel, olha para ter esse tipo de punição teria que ser algo dessa natureza.

  3. Claudio disse:

    Fritaram o russo, que na minha avaliação é um bom piloto. Aproveitaram o momento na minha opinião para segurar o Verstappen na equipe, depois do assédio de Ferrari e Mercedes. Vai ser interessante ver como os dois pilotos vão reagir na pista

  4. Gabriel Medina, O outro disse:

    Nada como ficar 5 dias de férias do automobilismo e ser recebido com uma noticia dessas.

    Kvyat é produto da mesma filosofia que coloca agora o arrogante Verstappen em seu lugar. O russo foi um bom competidor nas categorias menores, fez uma excelente temporada na GP3, dois anos depois já era piloto da Red Bull.

    O caso do holandês é ainda mais bizarro, de gênio do kart a piloto de equipe de ponta em meros 29 meses. Se fizermos a média de tempo de preparação e compararmos com os resultados, veremos que a grande maioria dos pequenos gênios da Red Bull se lascou de verde e amarelo, isso sim.

    Mas a estratégia de Marko é justamente essa, destrói-se a carreira de 10 e revela-se 1. Afinal para cada Ricciardo e Vettel temos vários e vários pilotos que foram simplesmente defenestrados de forma expressa. Isso é errado e a FIA demorou muito para tomar uma medida contra e só o fez depois do caso Verstappen.

    Raikkonem é outro bom exemplo disso, um gênio, mas queimou etapas. Tem talento o suficiente para ser campeão e continuar na Ferrari até hoje, mas vive esbanjando um desinteresse de dar gosto – isso fora seus anos de Rali e saco cheio da F1.

  5. Felipe disse:

    Achei desnecessário essa troca, isso depois de um pódio na China e de ter ficado a frente do Ricciardo em 2015!!

  6. caio disse:

    helmut marko é´um velho ranziza, mal humorado e infeliz,dificilmente sorrir, despeja sua ira dos acontecimentos da vida sendo prepotente e orrogante,sua bola vai baixar quando os acontecimentos começarem a dar errado,ele precisa entender que existe um piloto ser humano e uma maquina,n duas maquinas,o ser humano é dotado de reaçoes motoras,cognitivas e afetivas e precisa de apoio e respeito em vez de humilhaçao,kvyat é um piloto promissor, em seu primeiro ano na red bul(2015) venceu o badalado ricciardo ( 95 a 92 pontos), na corrida anterior a russia obteve um podio, por sinal o unico podio em 2016, é como button disse,a red bull tem memoria curta, e o helmut marko ja passou da hora de se aposentar.

  7. Alvaro Ferreira disse:

    O Helmut Marko é prepotente, arrogante e se acha o dono da verdade. Tendo a não concordar com pessoas assim. E mais uma vez acho que ele extrapolou, isso não se faz, é queimar a carreira de um piloto esforçado e dedicado. Errar é do jogo, do processo de aprendizagem de um jovem. Não é assim que se administra uma equipe.

    • Pdr Rms disse:

      Concordo. Esse Helmut Marko eh um babaca mesmo. E essa punicao foi só pretexto para fazer a vontade do Verstappen pai para não perder o filho para um concorrente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>