MENU

27 de agosto de 2016 - 17:14Super GT

Mutoh e Honda na pole dos 1000 km de Suzuka

DSC_2746

Com este Honda, Hideki Mutoh cravou a pole position para os 1000 km de Suzuka, que acontecem na madrugada deste domingo, pelo horário brasileiro

RIO DE JANEIRO - Nada como não ter lastro adicional em excesso: a pole para os 1000 km de Suzuka é do Honda NSX da equipe Drago Modulo – e com novo recorde para o Super GT. O experiente piloto japonês Hideki Mutoh cravou o melhor tempo do treino oficial para a tradicional prova, que será disputada neste domingo pela 45ª vez em sua história. Com 1’47″456, ele superou por 0″131 o veterano Satoshi Motoyama – que também abaixou o antigo recorde extra-oficial da pista com o Nissan GT-R da equipe MOLA.

Apesar dos 56 kg extras, o carro #12 da equipe Calsonic Team Impul teve ótima performance no treino e o brasileiro João Paulo de Oliveira larga da 2ª fila do grid: Hironobu Yasuda melhorou o tempo do “Oribeira”, que fora o terceiro melhor do Q1 e ratificou a posição no Q2, sendo o terceiro e último piloto a baixar de 1’48″ na qualificação. Yuhi Sekiguchi, da equipe WedsSport, ficou em quarto com o melhor Lexus RC-F do grid, equipado com pneus Yokohama.

Como era de se esperar, o Nissan #1 dos líderes e atuais bicampeões Tsugio Matsuda/Ronnie Quintarelli pagou o preço por carregar 100 kg de lastro adicional: o carro da dupla não passou do 12º lugar no grid e – evidentemente – não avançou ao Q2, assim como os vice-líderes Heikki Kövalainen/Kohei Hirate, que ficaram com o 15º e último tempo entre os GT500.

DSC_2528

O “Mother Chassis” da equipe Upgarage Bandoh foi o mais rápido da classe GT300

Na GT300, a pole ficou com o Toyota 86 MC “Mother Chassis” da equipe Upgarage Bandoh. Mesmo com 24 kg adicionais de lastro, o carro guiado por Shinosuke Yamada no Q1 e depois por Yuhki Nakayama no Q2, teve bom desempenho e ficou com a melhor marca da sessão – 1’57″876 (novo recorde extra-oficial da categoria para o circuito), a 0″216 do Toyota Prius da dupla Yuichi Nakayama/Koki Saga.

Outro “Mother Chassis” que teve bom desempenho foi o Lotus Evora da equipe Syntium Apple: Tadasuke Makino fez o melhor tempo do Q1 e também andou abaixo do recorde, virando 1’57″811. Mas como não é piloto regular da GT300, seu tempo não prevaleceu para a formação do grid e Hiroki Katoh – outro que igualmente superou a melhor marca anterior da GT300, ficou com o 3º lugar do grid, em 1’58″127. Hideki Yamauchi colocou o Subaru BRZ da R&D Sport em quarto na classe, seguido por Takamitsu Matsui noutro Toyota “Mother Chassis” e pelo português André Couto, atual campeão da categoria.

O brasileiro Augusto Farfus reforça a tripulação da BMW M6 GT3 da equipe Studie, dividindo a pilotagem com Jörg Müller e Seiji Ara. Mas o desempenho do carro #7 não foi bom na qualificação: Ara marcou apenas o 20º tempo entre os 25 carros inscritos para a prova na GT300, com o tempo de 2’00″654. A trinca terá que fazer uma corrida de muita paciência ao longo das 173 voltas previstas ou, no máximo 5h45min de tempo.

A largada para os 1000 km de Suzuka está prevista para 0h30 pelo horário de Brasília, 12h30 locais. O A Mil Por Hora terá o streaming da corrida AO VIVO.

2 comentários

  1. Andre disse:

    Rodrigo….Tem alguma limitação de numero de pilotos na GT500?
    Quando eu fui em 2006,2007 e 2008, muitos carros andavam com 3 pilotos, igual o Farfus esta andando este ano na GT300. Em 2006, o Fabio Carbone de Nissan e o Adrian Sutil de Toyota, participaram como pilotos convidados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>