MENU

18 de setembro de 2016 - 15:11Asian Le Mans Series

AsLMS: excelente plantel para a temporada 2016/17

12493858_950071091748418_208753101866111047_o

Mais que o dobro: o grid do Asian Le Mans Series terá muito mais carros na próxima temporada, mostrando que a categoria evolui a cada campeonato

RIO DE JANEIRO - Foi divulgada neste domingo a lista de inscritos “full season” para a temporada 2016/17 do Asian Le Mans Series (AsLMS), com início previsto para o último fim de semana de outubro no circuito chinês de Zhuhai. As equipes e os construtores começam a aderir ao certame asiático de Endurance, que oferece aos pilotos a possibilidade de disputar cinco categorias diferentes, sendo três de Protótipos (LMP2, LMP3 e CN) e duas de Grã-Turismo (GT e GT Cup).

E o CEO do AsLMS, o francês Cyrille Taesch-Wahlen, tem motivos de sobra pra comemorar: a lista oficial de inscritos para todo o certame já tem, disparadamente, o dobro de carros que foi visto em Sepang, na última etapa do campeonato 2015/2016. São aguardados 31 carros, podendo vir outros mais, de corrida a corrida – o que sem dúvida é um avanço.

As classes LMP3 e GT contribuem para o aumento de competidores em relação à temporada passada. A divisão dos Protótipos que correm com motor Nissan V8 terá nada menos que nove equipes inscritas e 10 carros: só a ARC Bratislava, da Eslováquia, será a única com dois bólidos – modelo Ginetta LMP3. O construtor britânico será representado também pela PRT Racing, das Filipinas e pelos malaios da Alyezo Racing.

O Team AAI desistiu da LMP3 – e consequentemente, do modelo Adess 03. Mas o carro construído por Stephane Chosse será visto na temporada através da PS Racing, equipe finlandesa que disputou a Asian Le Mans Sprint Series e é uma das únicas a definir seus pilotos até aqui na categoria. Cinco Ligier JS P3, incluindo o da equipe campeã do ano passado, de propriedade de David Cheng e agora em parceria com o ator Jackie Chan, estão confirmados.

O total de inscritos na divisão GT impressiona: serão 15 bólidos, de dez equipes diferentes, representando Bentley, Audi, Ferrari, BMW, McLaren, Mercedes-Benz e Lamborghini, num total de sete construtores. As principais escuderias do continente estarão representadas e o Team AAI vem com nada menos que quatro carros, sendo duas McLaren 650S GT3 e as novíssimas BMW M6 GT3 e Mercedes-Benz AMG GT3. Um terço dos 15 inscritos na divisão são Ferrari 488 GT3.

As classes CN e GT Cup terão apenas um carro “full season” e a LMP2, a classe principal, vai com quatro carros e três equipes – por enquanto. Campeã do ano passado, a Race Performance vai tentar o bi com uma nova dupla de pilotos, formada por Giorgio Maggi e Struan Moore. A Algarve Pro Racing reforça o campeonato com duas Ligier JS P2 Nissan e até a DC Racing, na parceria com Jackie Chan, conseguiu um carro: vai de Oreca 03R Nissan para Ho-Pin Tung e Thomas Laurent.

A lista completa de inscritos do AsLMS está aqui

3 comentários

  1. Fernando Silva disse:

    Agora tomou corpo e a tendência é que fique tão forte quanto o ELMS…enquanto isso, somente a América do Sul fica sem um campeonato continental no modelo ACO/Le Mans Series Series…não há um promotor sequer que tenha interesse e capacidade, o que é lamentável.

    • Rodrigo Mattar disse:

      Capacidade conheço um: Carlos Col.

      Interesse? Só se a CODASUR topar. Seria do caralho fazer um AmLMS com provas em Interlagos, Curitiba, Termas de Río Hondo, Buenos Aires e até em Rivera (Uruguai) ou Codegua (Chile).

      • Fernando Silva disse:

        Concordo em relação ao Carlos Col, principalmente no que ele transformou a Stock Car naquele período entre 2005 a 2007.
        Mas acho que seria interessante até mesmo para o ACO, principalmente depois da criação WTSCC nos USA, mercado que o ACO praticamente perdeu…
        E pelo que vejo no AsLMS ainda correm com carros GT3 e protótipos Spider como Oreca 03…na Europa vários times se desfizeram desses Oreca, Morgan e Gibson…então os donos de equipes sulamericanos podiam adquirir alguns desses “usados” , até por questão de custo…tinhamos um campeonato de GT3 até 5 anos atrás…onde estão os donos destes carros??
        Basta ver a experiência do AsLMS e do ELMS…ainda que patine no começo, a receita não tem erro…e que seja um promotor com culhões para encarar a Vicar, que atualmente age contra categorias de outros promotores…vide o caso da F Truck em SP ano passado…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>