MENU

22 de outubro de 2016 - 09:51European Le Mans Series

ELMS: em treino com pista molhada, Lapierre crava a última pole do ano

GT7D6329

Pela 3ª vez na temporada, a pole position de uma prova do ELMS é de Nicolas Lapierre e da DragonSpeed – desta vez, em condições adversas no Estoril (Foto: Gabi Tomescu/AdrenalMedia.com)

RIO DE JANEIRO - Choveu neste sábado no Estoril – o que era previsto pela meteorologia – e isso atrapalhou o treino oficial de definição do grid para a última etapa do European Le Mans Series. A água que ficou na pista tornou o traçado português ainda mais difícil e traiçoeiro. Mas à medida que o tempo foi passando, os tempos melhoraram a ponto dos pilotos montarem pneus intermediários em seus bólidos.

Especialmente na classe LMP2, que entrou por último e pegou o circuito em condições um pouquinho melhores. E quem se deu melhor foi Nicolas Lapierre: o francês da DragonSpeed arrancou das mãos do compatriota Olivier Pla a pole position, e com larga vantagem em relação ao piloto da Krohn Racing – 1’44″146, melhorando em mais de um segundo para conquistar o ponto extra relativo ao melhor tempo da sessão.

Pla ainda foi superado por mais dois pilotos: Paul-Loup Chatin, que até a metade do treino ficou com a melhor marca do grid, acabou em 2º lugar a 0″407 de Lapierre, numa primeira fila “bleu-blanc-rouge”, podemos dizer assim. E até o holandês Giedo Van der Garde, num último esforço, ganhou a terceira posição a 0″612 da pole. Escolhas certas que renderam dividendos.

A surpresa negativa foi o 7º tempo do Oreca #46 da Thiriet by TDS Racing, líder do campeonato e provável campeão de 2016: Mathias Beche conseguiu apenas o tempo de 1’47″125 e abre portanto a quarta fila do grid de 36 carros.

Na divisão LMP3, o #2 da United Autosports, já campeão, somou mais um pontinho extra: Alex Brundle foi escudado pelo companheiro de equipe Wayne Boyd, estabelecendo 1’50″355, menos de dois décimos mais rápido que o outro carro do time de Richard Dean e Zak Brown. Dino Lunardi fez o tempo de referência no início e acabou caindo para 3º, seguido por Antonin Borga e Simon Gachet. A sessão dos protótipos Ligier JS P3 (todos os 18 carros presentes são desta marca) foi um show de saídas de pista e rodadas, especialmente do #4 guiado por Erik Maris que, para nenhuma surpresa, foi mais lento que vários LMGTE.

E na classe dos Grã-Turismo, Ben Barker foi o mais rápido quando a pista ainda estava mais encharcada e muito mais traiçoeira. Com o Porsche #88 da Proton Competition, o piloto britânico fez a melhor volta em 1’54″754 e garantiu assim o ponto extra. Alessandro Pier Guidi ficou em segundo com a Ferrari #56 da AT Racing, seguido por Marco Cioci e Matt Griffin – ambos da AF Corse. A #66 da JMW Motorsport alcançou a quinta posição graças ao italiano Andrea Bertolini.

Então é isso: amanhã a partir de 10h30 de Brasília, fique ligado nas 4h do Estoril. O blog A Mil Por Hora transmite tudo AO VIVO via live streaming.

1 comentário

  1. Fernando Silva disse:

    Enfim consigo dar uma escapadinha para acompanhar alguma coisa de corridas…estou meio ausente por conta de um problema de saúde na familia,.
    Provavelmente a última apresentação também do Gibson 015s Nissan e das F458 da Ferrari, que devem ser substituídos pelos modelos atuais.
    Mais uma vez terei o prazer de acompanhar ao menos as 2 primeiras horas desta prova pelo streaming aqui no blog…valeu, Mattar!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>