MENU

5 de janeiro de 2017 - 18:43Rali Dakar

Despres conquista primeira especial da carreira… e liderança geral nos carros

800

O dia foi ruim para quase todos os pilotos da Peugeot, menos… para Cyril Despres, que agora faz parte do seleto time dos pilotos vencedores de especiais do Rali Dakar em duas e quatro rodas

RIO DE JANEIRO - Cinco vezes campeão do Rali Dakar entre os motociclistas, Cyril Despres faz história agora sobre quatro rodas: o francês de 42 anos foi o que menos teve problemas numa especial difícil, repleta de dunas, fesh-fesh e pontos extremamente traiçoeiros. Ele e seu navegador David Castera, antigo diretor esportivo do ASO, conquistaram a 1ª vitória da dupla na competição, após uma estreia difícil em 2015 e um 7º lugar bem razoável ano passado.

Com o tempo de 4h22min55seg para os 416 km do percurso cronometrado entre San Salvador de Jujuy e Tupiza, na chegada do evento à Bolívia, Despres e Castera também conseguem a liderança na classificação geral dos carros – com vantagem de 4min08seg para Stéphane Peterhansel/Jean-Paul Cottret.

Foi uma quinta-feira ruim para muita gente, a começar pela véspera: Nasser Al Attiyah e seu navegador Matthieu Baumel nem largaram. O Toyota Hilux da dupla teve a roda traseira direita completamente arrancada após uma batida numa pedra e num enorme buraco. O catari dirigiu praticamente 80 km em três rodas até o fim da especial. O carro chegou com muitos danos ao acampamento e não havia como ser consertado. Game over.

“É muito frustrante”, disse o diretor esportivo da Toyota Jean-Marc Fortin. “Nos primeiros dias, provamos nossa força e que tínhamos condições de lutar pela vitória. E hoje (ontem), acontece isso.”

A Peugeot só teve motivos para sorrir graças a Despres. Todos os demais pilotos da marca francesa tiveram problemas: Stéphane Peterhansel perdeu 15 minutos e terminou o estágio em quarto. Sébastien Loeb também se complicou nas dunas, atrasou-se cerca de 22 minutos e ainda se recuperou o suficiente para completar o dia em 5º.

Mas ninguém pior do que Carlos Sainz e Lucas Cruz em termos de falta de sorte. Uma história que se repete.

“El Matador” vinha com a 3ª melhor marca do dia até o nono waypoint, quando seu Peugeot 3008 DKR capotou numa ravina . O veterano piloto espanhol chamou a assistência e, mesmo com o carro muito destruído, conseguiu terminar a especial a mais de 2h de Despres.

Será uma noite longa para os mecânicos da equipe Peugeot Total… e um milagre se a dupla do #304 prosseguir na disputa.

A Mini também perdeu um de seus pilotos: Yazeed Al Rajhi e seu navegador Timo Gottschalk foram forçados a desistir no meio da etapa. Mas Mikko Hirvonen, graças ao excepcional trabalho do veterano e experiente Michel Périn na copilotagem, conseguiu a 2ª colocação, a 10min51seg de Despres. Nani Roma foi o terceiro, dois minutos atrás do tempo do finlandês.

Giniel De Villiers fez uma especial regular e fechou os seis primeiros com mais um Toyota Hilux, enquanto o chileno Boris Garafulic foi destaque com um forte início, chegando a marcar o 3º melhor tempo. Depois, o piloto da Mini perdeu terreno e acabou em nono. Mesmo assim, prevaleceu diante de Orlando Terranova como o melhor piloto sul-americano, embora o argentino esteja à frente dele na geral.

Os brasileiros Sylvio Barros e Rafael Capoani mais uma vez foram bem: a dupla do Mini All4Racing #339 concluiu a especial no tempo de 5h31min16seg. Com os abandonos e os problemas dos adversários, eles já ocupam a décima-primeira posição na classificação geral – a meia hora do carro que ocupa a 10ª posição.

Resultado da etapa #4
San Salvador de Jujuy-Tupiza
Total: 416 km cronometrados – 521 km

1. #307 Cyril Despres/David Castera (Peugeot) – 4h22min55seg
2. #303 Mikko Hirvonen/Michel Périn (Mini) – a 10min51seg
3. #305 Nani Roma/Alex Haro (Toyota) – a 12min51seg
4. #300 Stéphane Peterhansel/Jean-Paul Cottret (Peugeot) – a 15min15seg
5. #309 Sébastien Loeb/Daniel Elena (Peugeot) – a 22min13seg
6. #302 Giniel De Villiers/Dirk Von Zitzewitz (Toyota) – a 24min04seg
7. #316 Kuba Przygonski/Tom Colsoul (Mini) – a 24min23seg
8. #310 Erik Van Loon/Wouter Rosegaar (Toyota) – a 27min02seg
9. #314 Boris Garafulic/Filipe Palmeiro (Mini) – a 32min48seg
10. #308 Orlando Terranova/Andreas Schulz (Mini) – a 42min33seg

Classificação geral:

1. #307 Cyril Despres/David Castera – 11h33min16seg
2. #300 Stéphane Peterhansel/Jean-Paul Cottret – a 4min08seg
3. #303 Mikko Hirvonen/Michel Périn – a 5min04seg
4. #309 Sébastien Loeb/Daniel Elena – a 6min48seg
5. #305 Nani Roma/Alex Haro – a 10min30seg
6. #316 Kuba Przygonski/Tom Colsoul – a 36min35seg
7. #302 Giniel De Villiers/Dirk Von Zitzewitz – a 43min59seg
8. #308 Orlando Terranova/Andreas Schulz – a 48min37seg
9. #314 Boris Garafulic/Filipe Palmeiro – a 1h21min20seg
10. #322 Mohammed Abu-Issa/Xavier Panseri – a 1h35min50seg

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>