MENU

24 de março de 2017 - 19:39Endurance

Endurance: MCR #71 é o mais rápido no primeiro dia em Tarumã

17309532_599683980223361_4446775126162794602_n

O protótipo MCR Turbo de Ian Jepsen Ely/Daniel Claudino foi o mais rápido em Tarumã na sexta-feira. A pintura homenageia Ronaldo Ely, pai de Ian e campeão brasileiro de Fórmula 2 em 1982. Merecido!

RIO DE JANEIRO - O Campeonato Brasileiro de Endurance – agora chamado Dopamina Endurance – começa neste sábado com as 3h de Tarumã, válidas também pelo Gaúcho da modalidade. A tradicional pista de 3,039 km de extensão, uma das mais velozes do país, foi ocupada hoje pelos carros que vão participar da corrida e que realizaram os primeiros treinos livres visando a preparação para o treino que define o grid de largada para a corrida, cujo início será às 15h.

Vinte e nove carros tomaram parte dos treinos e o protótipo MCR Turbo #71 da Satti Racing foi o destaque: Ian Jepsen Ely/Daniel Claudino, que estão juntos para a segunda temporada no Endurance, ficaram com a volta mais rápida do dia – 1’02″383. Além do bom desempenho, o carro da dupla se destaca por uma bem sacada homenagem ao pai de Ian – ninguém menos que o grande Ronaldo Ely, campeão brasileiro da Fórmula 2 em 1982. A pintura é alusiva à decoração do Muffatão com que o piloto nascido em Nova Prata conquistou o campeonato há 35 anos.

O MC Tubarão IX dos atuais campeões Franco Pasquale/Tiel Andrade também foi rápido: ficou em 2º com 1’02″523, seguido pelo Porsche 911 GT3-R de Marcel Visconde/Ricardo Maurício, uma das grandes atrações da temporada que se inicia. O carro é alinhado pela Stuttgart Motorsport e foi o mais rápido em dois dos treinos disputados hoje em Tarumã. A melhor marca do bólido alemão foi 1’02″850.

unnamed (6)

Marcel Visconde e Ricardo Maurício trazem de volta a Porsche e a Stuttgart Motorsport às provas de Endurance: o 911 GT3-R foi o 3º mais rápido da sexta-feira de treinos livres em Tarumã

“O potencial deste carro é muito grande, mas nesta primeira corrida nosso principal objetivo é conhecê-lo melhor”, afirma Visconde. “É difícil avaliar possibilidades antes dos treinos, porque o Sul tem muitos carros competitivos e pilotos experientes”, avalia Ricardo Maurício. Para ele, será importante ter paciência e optar por uma estratégia correta: “O traçado tem poucos pontos de ultrapassagem e não vai ser tão fácil passar os carros das categorias mais lentas. Além disso, a pista é muito exigente com os pneus e, por regulamento, há limitação de jogos por carro”.

Fecharam os cinco mais rápidos o protótipo MRX #65 da NC Racing, com Nílson e José Roberto Ribeiro marcando 1’03″015 e o Lamborghini Gallardo #31 de Marcelo Sant’Anna/William Freire cravando 1’03″755. O aguardadíssimo protótipo AJR – a nova criação da Metalmoro – dotado de motor Honda Turbo, pouco andou nesta sexta-feira: o melhor tempo do novo bólido foi 1’06″046. O carro foi para a oficina durante os treinos e deve voltar ao autódromo para participar da classificação e da corrida deste sábado.

Atualizando: o Enzo Brocker avisa que o AJR Honda #28 virou na casa de 1’00″ logo no primeiro tempo livre de hoje. Pena que a Cronomap, do meu querido Aldo Pastore, não disponibilizou os tempos em seu site…

2 comentários

  1. Enzo Brocker disse:

    AJR virou 1’00 no primeiro treino livre, pena que a Cronomap não tem esses tempos no site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>