MENU

11 de abril de 2017 - 02:07European Le Mans Series

Guia ELMS 2017 – equipes LMP3

RIO DE JANEIRO - Seguimos com o guia de apresentação dos times do European Le Mans Series com a divisão LMP3 de protótipos, que ganhou muito em popularidade no segundo ano de existência após um primeiro ano de poucos carros. O domínio dos Ginetta foi deixado de lado e a Onroak Automotive faturou muito em vendas e em prestígio – praticamente TODAS as equipes optaram por comprar os chassis Ligier JS P3.

Para 2017, pelo menos duas escuderias apostam num novo carro: o Norma M30, construído pela marca fundada por Norbert Santos na França. Uma das equipes é a do tetracampeão do WTCC, Yvan Muller – que também aposta num Ligier. O Oregon Team, da Itália, também comprou um chassi Norma para disputar o campeonato.

A United Autosports larga em busca do bicampeonato do ELMS e a série LMP3 se tornou um trampolim de fato para vários times – tanto que a própria United Autosports alinha também um LMP2 neste ano, assim como a Cetilar Villorba Corse, a Graff e a Tockwith Motorsports, que fizeram desta classe um rito de passagem para a turma principal do certame.

Quem abre o guia dos 13 times da LMP3 é, logicamente, a campeã United Autosports.

UNITED AUTOSPORTS
Team Principal: Richard Dean
Carro: Ligier JS P3
Motor: Nissan VK50 5 litros V8
Potência: 420 HP
Câmbio: X-Trac 6 marchas com acionamento sequencial paddleshift
Pneus: Michelin
Peso mínimo: 930 kg

elms-2017-monza-prologue-finish-order-14

A United Autosports quer levar tudo de novo na LMP3

Campeã do ELMS ano passado com uma performance dominante nas três primeiras corridas, a United Autosports renova as esperanças para em 2017 faturar mais um caneco da classe LMP3. A equipe de Richard Dean e Zak Brown (sim, o mesmo que é o CEO da McLaren) volta a apostar em dois carros para cumprir uma boa campanha e larga com o favoritismo para a prova inaugural em Silverstone por conta do melhor tempo do Prólogo em Monza. O carro #2 será guiado por Sean Rayhall e John Falb, que ano passado competiram pela Graff Racing. O #3 terá praticamente o mesmo trio de 2016: a única exceção é que Matt Bell dará lugar a Christian England, formando a tripulação com Mark Patterson e Wayne Boyd.

COOL RACING BY GPC
Team Principal: Patrick Barbier
Carro: Ligier JS P3
Motor: Nissan VK50 5 litros V8
Potência: 420 HP
Câmbio: X-Trac 6 marchas com acionamento sequencial paddleshift
Pneus: Michelin
Peso mínimo: 930 kg

elms-2017-monza-prologue-finish-order-32

A novata Cool Racing by GPC, inscrita de última hora na temporada, só quer “aprender”

Um ano de aprendizado. É esse o objetivo da Cool Racing by GPC em sua campanha de estreia no ELMS, para o qual se inscreveu praticamente de última hora. A equipe não fora anunciada em fevereiro na coletiva de imprensa do ACO, mas fez o dever de casa direitinho. A organização francesa, chefiada por Patrick Barbier, está pronta para disputar a série de seis etapas com – adivinhem? – um Ligier JS P3. Entre os pilotos, aparece o experiente Iradj Alexander-David, presente em diversas outras categorias. Completa a tripulação do carro #4 o suíço Gino Forgione.

BY SPEED FACTORY
Team Principal: Dalius Steponavicius
Carro: Ligier JS P3
Motor: Nissan VK50 5 litros V8
Potência: 420 HP
Câmbio: X-Trac 6 marchas com acionamento sequencial paddleshift
Pneus: Michelin
Peso mínimo: 930 kg

elms-2017-monza-prologue-finish-order-28

Com 100% de pilotos novos em relação ao ano passado, a By Speed Factory quer esquecer a última temporada e fazer um bom papel em 2017

Com sede na Espanha, mas chefiada por um lituano (Dalius Steponavicius), a By Speed Factory é uma das raras equipes que restaram da classe LMP3 desde seu ano de estreia em 2015. Portanto, é a equipe mais rodada do grid – sem garantias, porém, de grandes desempenhos. Ano passado, a equipe só conquistou um solitário ponto e ficou em 20º lugar na competição, sem disputar a totalidade do calendário. Para este ano, o plantel de pilotos foi renovado: nenhum dos pilotos que disputou ao menos uma corrida pelo time permaneceu. Chegam o alemão Jürgen Krebs, o suíço Tim Müller e o estoniano Tristan Viidas. Não devem fazer muito melhor do que o pessoal que defendeu a escuderia ano passado.

360 RACING
Team Principal: Mark Owen
Carro: Ligier JS P3
Motor: Nissan VK50 5 litros V8
Potência: 420 HP
Câmbio: X-Trac 6 marchas com acionamento sequencial paddleshift
Pneus: Michelin
Peso mínimo: 930 kg

elms-2017-monza-prologue-finish-order-22

Vizinha à pista de Silverstone, a 360 Racing pretende disputar uma temporada mais competitiva que a última

Com sede bem próxima ao local da prova de abertura, a escuderia britânica 360 Racing tem alcançado mais sucesso na série Radical Masters do que no ELMS. Mas até que a última temporada não foi ruim, com cinco classificações no top 10 e um pódio obtido no Red Bull Ring. Os resultados deixaram os pilotos em 7º lugar na classificação final da LMP3. E para 2017, houve uma única mudança: James Swift saiu e chegou Anthony Wells, que já teve experiência com protótipos LMP2.

DUQUEINE ENGINEERING
Team Principal: Gilles Duqueine e Yann Belhomme
Carro: Ligier JS P3
Motor: Nissan VK50 5 litros V8
Potência: 420 HP
Câmbio: X-Trac 6 marchas com acionamento sequencial paddleshift
Pneus: Michelin
Peso mínimo: 930 kg

elms-2017-monza-prologue-finish-order-16

Um dos destaques do ano passado, a Duqueine Engineering vem forte para 2017

Com sede em St. Martin de Valgagues, cidade francesa que abriga um pólo mecânico, a Duqueine Engineering é uma organização nova, de apenas três anos de existência. Chefiada pelos engenheiros Gilles Duqueine e Yann Belhomme, a equipe fez boa figura no ELMS ano passado, alcançando dois pódios na classe LMP3 e o 3º lugar entre as escuderias. David Hallyday e Dino Lunardi, que competiram num dos carros durante toda a temporada, fecharam o ano na quarta posição entre os pilotos. Com mais experiência, querem incomodar o favoritismo da United Autosports. Vão com dois carros e novas formações, com destaque para Vincent Beltoise, neto de Jean-Pierre Beltoise, antigo piloto de Fórmula 1 dos anos 1960 e 1970 e que já tem pelo menos cinco anos de carreira no automobilismo.

AT RACING
Team Principal: Aliaksandr Talkanitsa
Carro: Ligier JS P3
Motor: Nissan VK50 5 litros V8
Potência: 420 HP
Câmbio: X-Trac 6 marchas com acionamento sequencial paddleshift
Pneus: Michelin
Peso mínimo: 930 kg

elms-2017-monza-prologue-finish-order-15

Estreante com pedigree, a AT Racing pode ser a boa surpresa do ano

Outro braço da italiana AF Corse, a AT Racing é a única equipe que sai da classe LMGTE e tenta a sorte na LMP3 nesta temporada. Tiveram uma performance sólida no Prólogo em Monza e o carro #9 apareceu muito bem nos treinos, alcançando o 2º melhor tempo após os dois dias de testes. Neste ano de estreia, os Talkanitsa pai e filho estarão a bordo, dividindo a pilotagem com o dinamarquês Mikkel Mac Jensen, outro egresso das provas da LMGTE, já que defendeu em duas temporadas a Formula Racing.

OREGON TEAM
Team Principal: Giorgio Testa e Jerry Canevisio
Carro: Norma M30
Motor: Nissan VK50 5 litros V8
Potência: 420 HP
Câmbio: X-Trac 6 marchas com acionamento sequencial paddleshift
Pneus: Michelin
Peso mínimo: 930 kg

Oregon-Team-Norma-2017-ELMS-Damage-Monza-Prologue

O visual “cheguei” do Norma M30 do Oregon Team foi o que chamou mais a atenção no Prólogo em Monza

Conhecida na Itália pelo visual chamativo de seus carros, mesclando cor de rosa com amarelo e verde, o Oregon Team tem sua sede bem próxima ao santuário de Caravaggio, na região da Lombardia. A equipe, que já tem experiência de sobra em competições com os modelos Renault, chega ao ELMS logo na LMP3, metendo o pé na porta para incomodar. Os chefes Giorgio Testa e Jerry Canevisio não podem cobrar resultados imediatos, mas confiam no bom papel de seus pilotos: o colombiano Andrés Mendez, de 24 anos e os italianos Dario Capitanio e Davide Roda – este último estava fora das pistas há vários anos e é o irmão mais novo de Gianluca Roda, que estará no ELMS pela Spirit of Race.

EUROINTERNATIONAL
Team Principal: Antonio Ferrari
Carro: Ligier JS P3
Motor: Nissan VK50 5 litros V8
Potência: 420 HP
Câmbio: X-Trac 6 marchas com acionamento sequencial paddleshift
Pneus: Michelin
Peso mínimo: 930 kg

elms-2017-monza-prologue-finish-order-17

Giorgio Mondini é o principal piloto na campanha da Eurointernational em busca do título da LMP3

A interminável escuderia de Antonio Ferrari já esteve competindo onde vocês tentarem imaginar – não, não imaginem a Fórmula 1, mas saibam que a Eurointernational foi da Fórmula Indy – só para deixar claro que a organização tem experiência de sobra para disputar o ELMS em mais uma temporada, que será a segunda do time anglo-italiano na competição. É uma das poucas equipes que aposta em dois chassis Ligier JS P3 para o próximo campeonato, bem como na experiência de Giorgio Mondini, antigo piloto de testes da Jordan e da Midland na Fórmula 1. Ano passado, apesar de um belo pódio conquistado em Imola, não tiveram sorte no resto do ano. Um dos carros fechou a temporada na 12ª posição e o outro não ficou muito atrás, em décimo-quarto.

INTER EUROPOL COMPETITION
Team Principal: Michael Keese
Carro: Ligier JS P3
Motor: Nissan VK50 5 litros V8
Potência: 420 HP
Câmbio: X-Trac 6 marchas com acionamento sequencial paddleshift
Pneus: Michelin
Peso mínimo: 930 kg

elms-2017-monza-prologue-finish-order-25 (1)

Campeã do VdeV no ano passado, a Inter Europol Competition aposta nos mesmos pilotos de 2016 para fazer uma boa campanha no ELMS

Com base na Alemanha, porém representando a Polônia, a equipe Inter Europol Competition progride para seu segundo ano no ELMS, repartindo atenções com o VdeV, certame de Endurance em que conquistou o título na temporada passada. Na série organizada pela LMEO, acabaram na 10ª posição, com um quinto posto no Estoril como melhor resultado. Em 2017, querem ir mais além e para isso, o chefe de equipe Michael Keese conta com a mesma dupla de pilotos do ano passado – Jakub Smiechowski e Martin Hippe.

RLR MSPORT
Team Principal: Nick Reynolds
Carro: Ligier JS P3
Motor: Nissan VK50 5 litros V8
Potência: 420 HP
Câmbio: X-Trac 6 marchas com acionamento sequencial paddleshift
Pneus: Michelin
Peso mínimo: 930 kg

elms-2017-monza-prologue-finish-order-27

Os britânicos da RLR Msport não querem ser figurantes na classe LMP3 neste ano

Outra das escuderias que sobreviveu nos três anos de existência do LMP3 na ELMS foi a RLR Msport. Hoje, a organização britânica se divide em várias categorias, mas segue firme no European Le Mans Series com um protótipo Ligier JS P3. Ano passado, terminaram em 13º lugar e têm esperança de ir mais adiante. Morten Dons, único piloto do time que disputou todas as corridas em 2016, segue a bordo junto ao canadense John Farano e ao britânico Alex Kapadia.

PANIS BARTHEZ COMPETITION
Team Principal: Olivier Panis
Carro: Ligier JS P3
Motor: Nissan VK50 5 litros V8
Potência: 420 HP
Câmbio: X-Trac 6 marchas com acionamento sequencial paddleshift
Pneus: Michelin
Peso mínimo: 930 kg

elms-2017-monza-prologue-finish-order-24

Theo Bean é a cara nova na equipe de Olivier Panis e Fabién Barthez na divisão LMP3

Uma das grandes atrações do ELMS e da classe LMP3 é a equipe capitaneada pelo ex-goleiro Fabién Barthez e por Olivier Panis, antigo piloto de Fórmula 1. A Panis Barthez Competition é uma das únicas com protótipos nas duas categorias – a exemplo da United Autosports. O time francês salvou um pódio em seis corridas na última temporada e terminou o ano em sétimo lugar, o que não é mau. Novidade entre os pilotos: Valentin Moineault não segue para 2017 e o time terá o estreante Theo Bean, que vem dos EUA, junto aos franceses Eric Debard e Simon Gachet.

ULTIMATE
Team Principal: Jean-Baptiste Lahaye
Carro: Ligier JS P3
Motor: Nissan VK50 5 litros V8
Potência: 420 HP
Câmbio: X-Trac 6 marchas com acionamento sequencial paddleshift
Pneus: Michelin
Peso mínimo: 930 kg

elms-2017-monza-prologue-finish-order-26

A Ultimate Racing preferiu apostar na mesma trinca de 2016 para conseguir uma classificação melhor na temporada que se inicia em Silverstone

Em seu segundo ano no ELMS, a Ultimate tem como ambição fazer melhor campanha que em 2016, quando terminaram com a oitava melhor pontuação entre os times da LMP3. A equipe francesa, cuja gênese são as competições de protótipos do VdeV, mostrou evolução ao longo de sua campanha. E será dentre as organizações que ficaram a bordo para esta temporada, uma das únicas a repetir seu trio de pilotos, formado por Jean-Baptiste e Matthieu Lahaye – que são irmãos – além de François Hériau.

M. RACING-YMR
Team Principal: Yvan Muller
Carro: Ligier JS P3 e Norma M30
Motor: Nissan VK50 5 litros V8
Potência: 420 HP
Câmbio: X-Trac 6 marchas com acionamento sequencial paddleshift
Pneus: Michelin
Peso mínimo: 930 kg

elms-2017-monza-prologue-finish-order-20

A equipe de Yvan Muller aposta em dois bólidos diferentes na campanha de 2017 na LMP3

O tarimbado Yvan Muller mostrou que sabe das coisas na preparação de sua equipe para a temporada da LMP3: comprou um chassis Norma M30 para comparar seu desempenho com um dos Ligier JS P3 que manteve a bordo para 2017, sendo assim a única escuderia da divisão a atuar neste ano com dois carros distintos. No Prólogo, o Norma andou rápido, mas sofreu um tremendo capote e felizmente acabou reconstruído e pronto para a prova de abertura no próximo fim de semana. A equipe foi bem ano passado, com uma vitória no Estoril e o 6º lugar ao fim do certame. O sobrinho de Yvan, Yann Ehrlacher, é um dos que guiará o Norma ao lado do australiano Ricky Capo e do francês Erwin Creed. Alexandre Cougnaud lidera a tripulação do #18 que terá os recém-chegados Romano Ricci e Antoine Jung.

2 comentários

  1. Juba Bala disse:

    Pq vc não citou o Alex Brundle na United Autosport. Ele foi o campeão de 2016, se não me engano. Neste ano ele vai correr só no WEC na LMP2, ou pode aparecer no Europeu tb? Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>