MENU

26 de abril de 2017 - 16:16IMSA Weather Tech SportsCar Championship

IMSA: 40 carros na etapa do COTA

IMSA 2016:   IMSA WeatherTech SportsCar Championship Lone Star LeMans Sep 17

Adivinhe quem são os atuais vencedores do Weather Tech SportsCar Championship no Circuito das Américas…

RIO DE JANEIRO - O clima é de “todos contra os Irmãos Metralha”: e a IMSA vai ao Texas, no Circuito das Américas (COTA) para a disputa da quarta etapa do Weather Tech SportsCar Championship – o Advanced Auto Parts SportsCar Showdown, com duração prevista para 2h40min.

No dia 6 de maio, um sábado, 40 carros estarão na pista de Austin, com a volta da classe Prototype Challenge, ausente do grid em Long Beach. São 10 bólidos na Prototype, quatro na PC, nove na GTLM e dezessete na GTD.

Lista de inscritos para o COTA, aqui

Invictos após três etapas, Jordan e Ricky Taylor vão tentar o quarto triunfo do ano e assim ampliar a vantagem para Christian Fittipaldi e João Barbosa. A diferença entre a dupla da Wayne Taylor Racing e da Mustang Sampling/Action Express Racing é de dezesseis pontos no momento – 105 a 89.

Como única novidade em relação a Long Beach, a PR1/Mathiasen Motorsports promove a estreia do italiano Marco Bonanomi no Ligier JS P217 #52 ao lado do mexicano Jose Gutiérrez, ausente na prova da Califórnia. A Visit Florida Racing volta após o acidente que tirou René Rast/Renger Van der Zande da 3ª etapa da competição.

Na Prototype Challenge, a corrida é também pela permanência da invencibilidade da dupla James French/Pato O’Ward, que têm duas vitórias nas provas de Daytona e Sebring. A diferença é de 12 pontos para o vice-líder Sean Rayhall, cuja presença não é garantida no COTA – até porque a Starworks não definiu a dupla do seu único carro inscrito. A BAR1 Motorsports terá dois protótipos, mas apenas o #20 tem a confirmação de Buddy Rice e Don Yount a bordo. O #26 não tem pilotos confirmados.

A disputa na classe GTLM segue encarniçada como sempre e após três etapas a dupla Dirk Müller/Joey Hand chega a Austin com a liderança embaixo do braço. Os pilotos da Ford Chip Ganassi Racing somam 91 pontos – dois a mais que Antonio Garcia/Richard Westbrook. Até aqui, foram três vencedores diferentes nas primeiras corridas e a dupla campeã do ano passado, formada por Tommy Milner/Oliver Gavin ganhou de presente o triunfo em Long Beach, que tirou os pilotos da Corvette no sufoco após problemas em Daytona e Sebring. Eles estão em 6º lugar na tabela, com 78 pontos.

Mudança entre os pilotos, só uma: Wolf Henzler assume o carro #912 nesta etapa no lugar de Kévin Estre, que no mesmo dia disputará a 2ª etapa do Campeonato Mundial de Endurance em Spa-Francorchamps. Esse bólido será conduzido a partir do segundo semestre por Gianmaria Bruni, que se torna o novo companheiro do belga Laurens Vanthoor.

Na GTD, a novidade para o COTA é a estreia da Mercedes-AMG GT3 da Lone Star Racing para Dan Knox/Mike Skeen disputarem um total de quatro provas, começando por esta. O carro #80 aumenta o total de modelos da estrela de três pontas para quatro. A Alegra Motorsports, que assegurou presença no resto do campeonato, apresenta apenas Daniel Morad entre os pilotos confirmados – Michael Christensen também estará a serviço da Porsche no WEC. E Parker Chase é a cara nova na TRG, que não contará com Wolf Henzler no Texas.

De realçar que a Risi Competizione confirmou ter planos de alinhar uma Ferrari 488 GT3 num esquema de pilotos-clientes. Mas o chassis construído pela Michelotto na Itália não ficou pronto a tempo da equipe – que é do Texas – confirmar essa inscrição que poderá ser vista a partir do segundo semestre nas provas da série.

No mais, o campeonato é até aqui dominado por Ben Keating/Jeroen Bleekemolen, que somam três pódios com uma vitória nas 12h de Sebring e 21 pontos de vantagem para Alessandro Balzan/Christina Nielsen, da Scuderia Corsa. Morad e Christensen estão em 3º com 75. O brasileiro Oswaldo Negri é o sexto, somando 70 pontos com o Acura NSX-GT3 da Michael Shank Racing.

O Fox Sports 2 deve exibir a corrida do COTA em VT no sábado, dia 6 de maio, logo após a etapa de Talladega da Nascar Xfinity Series.

1 comentário

  1. Fernando Silva disse:

    Menos mal que o IMSA possui o Streaming liberado…Com a coincidência dos horários o canal teve de optar por uma das corridas…assim posso conferir a Xfinity na tv e Austin no computador.
    No mais, fico na torcida para que tenhamos um vencedor diferente na classe Pototype…nas demais, a disputa tá linda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>