MENU

1 de maio de 2017 - 18:16International GT Open

GT Open: irmãos Farnbacher dominam e Lexus vence de novo no Estoril

hi_560_0817 36 255

Foi fácil: os irmãos Mario e Dominik Farnbacher dominaram neste domingo a prova #2 do GT Open no Estoril, assumindo a liderança do campeonato

RIO DE JANEIRO - Os Lexus RC-F estrearam mesmo em grande estilo no International GT Open nesta rodada inaugural disputada em Portugal, no Circuito do Estoril. Após o triunfo de Albert Costa/Philip Frommenwiler no sábado, os irmãos Dominik e Mario Farnbacher foram simplesmente absolutos na prova que encerrou a programação neste domingo. Os alemães do carro #55 triunfaram para assumir a liderança do campeonato com 23 pontos.

A prova começou com pista um pouco úmida por conta de uma garoa que caiu entre o término da corrida do Euroformula Open e a abertura dos boxes para os 22 carros do GT Open darem a largada. O pole position Duncan Tappy manteve a dianteira, seguido por Dominik Farnbacher e Michael Meadows, com Antônio Félix da Costa na pressão aos adversários. Flávio Nonô Figueiredo, que fez um ótimo treino classificatório com a Mercedes-AMG da Sports & You, manteve no início a 7ª colocação.

Na 6ª volta, o “Formiga” teve que desistir por quebra de sua BMW e Tappy manteve a dianteira até a décima-quinta volta, quando foram abertos os boxes para as trocas de pilotos e pneus. Aí a estratégia da Farnbacher Racing revelou-se perfeita: Dominik entregou o volante a “Super Mario” e o alemão só fez abrir vantagem. Ao cabo de uma hora de corrida e 35 voltas, o Lexus RC-F #55 cruzou com nada menos que 23″115 de vantagem para Thomas Biagi/Giovanni Venturini, com o Lamborghini Huracán da Imperiale Racing.

Michael Benham/Duncan Tappy conquistaram a 3ª posição – vencendo na divisão Pro-Am, enquanto Shaun Balfe/Rob Bell ficaram em quarto, já que o Lamborghini de Hiroshi Hamaguchi/Vitantonio Liuzzi teve problemas com a quebra de um disco de freio, provocando uma saída de pista de “Tonio”, que foi obrigado a desistir. Miguel Ramos/Mikkel Mac Jensen fecharam o top 5 com a Ferrari da Spirit of Race. Vencedores na véspera, Costa/Frommenwiler terminaram em oitavo.

Apesar do ótimo início, quando chegou a ser inclusive o 5º colocado, Flávio Nonô Figueiredo entregou o carro #12 a Márcio Basso e o rendimento da Mercedes não foi mais o mesmo: a dupla terminou a disputa em 18º lugar, pelo menos salvando mais um pódio na classe Am.

Marcelo Hahn/Allam Khodair não foram além da 13ª posição, vindo de décimo-nono no grid. Pelo menos a dupla do #16 da Drivex School salvou os dois primeiros pontos do campeonato na pontuação paralela da classe Pro-Am, já que concluíram a disputa entre os carros dessa divisão com o quinto lugar.

A próxima etapa do International GT Open será em Spa-Francorchamps, no último final de semana de maio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>